RSSTwitter

terça-feira, 25 de maio de 2010


Absurdo

Encontrei uma notícia enquanto estava dando uma passada no Extra Online que me deixou totalmente sem cor, de tão estupefato que fiquei em ver como o ser humano ainda é tão pequeno em julgar assuntos que, sinceramente não deveriam estar em poder de pessoas desse naipe. Já que a idéia de algumas pessoas em assuntos que falam de respeito ao próximo não são devidamente tratados. Como vem a ser o caso da tal delegada do texto que irei reproduzir logo abaixo, que fez com que um ato de violência pelo qual uma estudante passou tivesse um significado de um absoluto nada.


Foto: Getty Images


Publicada em 25/05/2010 às 11:49

'Chamar só de negro safado não é crime', diz delegada da Paraíba

Marcelle Ribeiro - O Globo

SÃO PAULO - A delegada da 4ª Delegacia Distrital de João Pessoa, Juvanira Holanda, afirmou que o acusado de agredir uma estudante africana a chutes dentro da Universidade Federal da Paraíba e cometer ato de preconceito contra a estrangeira não responderá por racismo nem por lesão corporal. O vendedor de cartões de crédito está sendo investigado apenas por injúria e vias de fato. Para a delegada, chamar uma pessoa de negro não configura crime de racismo e chutar o abdômen não é lesão corporal. Segundo a delegada, uma testemunha afirmou que o acusado disse "pega essa negra-cão" durante a confusão que se formou no campus, quando a estudante foi tomar satisfação com o vendedor de cartões por um gesto obsceno que ele teria feito para ela.

- Não houve racismo. Para caracterizar racismo tem que ter uma série de coisas. Não é só chegar e falar "sua branca", "seu negro" ou "seu negro safado". Só caracteriza racismo quando, por exemplo, você impede o acesso de um negro a educação - afirmou a delegada.

De acordo com a delegada, o acusado negou ter chamado a estudante de negra, pois ele também diz ser negro. O vendedor afirma que a estudante o empurrou e correu atrás dele.

- O que houve foi uma discussão simples - disse a delegada.

Juvanira Holanda afirmou que a estudante foi internada no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena devido a seu estado emocional.

- Ela está bem. Está internada porque ficou preocupada, não tem família no Brasil, ficou com o estado emocional abalado. Mas vou mandar um perito fazer exames nela - afirmou a delegada.

O acusado foi ouvido na delegacia e liberado, pois, segundo a delegada, os delitos de injúria e vias de fato são de menor potencial ofensivo, e têm pena máxima de até 2 anos.
Fonte: Extra Online

Queria muito ver se isso acontecesse com um filho ou parente dessa delegada, se a atitude dela seria a mesma...

Postado por: Alessandro Araújo, às 19:00h

32 comentários:

Isis disse...

Inacreditável! Fico indignada e triste com esse tipo de notícia. Isso mostra a falta de preparo da polícia .

Ana Cristina disse...

é foda!
Outro dia eu a Kaira conversamos sobre isso....vimos no twitter uam declaração claríssma de racismo....coisa feia!
Beijão

Kaira disse...

Pois é, muito triste mesmo....

Cinara disse...

"...Ela está bem. Está internada..."
Então imagina se ela estivesse mal, aonde iria parar..Pelo menos ainda existem pessoas que ficam indignadas com este tipo de atitude.

Dea アンドレア disse...

Nossa que absurdo!!

Clarice Holanda disse...

É um ultramegaexcesso de preconceitos. NEGRA+MULHER+NORDESTINA(tudo isso vai pesar na vida desta vítima!!!)Não sabe como fico...quando sei que é com este tipo de polícia que nós contamos!!!

Anônimo disse...

Olha só.. Se a menina fosse branca e ele tivesse chamado a menina de diabo-branco, por exemplo.. iria ser preconceito? Discriminação racial? Acho que os nossos valores estão distorcidos demais. Só discordo com a delegada porque ele agrediu a menina fisicamente. Mas por que se pode chamar uma pessoa alta de girafa, uma pessoa gorda de baleia, um branco de lesma e quando chamam um negro de macaco, se vai preso? Eu sou contra chamar de qualquer nomes desses um ser humano. Então o que eu quero dizer é que há visivelmente um equívoco entre os que se dizem politicamente corretos. Mariah Carey que o diga! rs. É só pra se pensar. Direitos iguais pra todos ou o preconceito só cresce.

Alessandro disse...

Anônimo, o que me deixou passado nem foram os insultos, que acho que não devem ser ditos nem para brancos, nem para negros, nem mulatos, nem cafuzos, nem índios, nem para quem quer que seja. o que me deixou abismado foi ela tratar a agressão física como algo corriqueiro, e nisso a delegada com toda a certeza mostrou que foi um ato de puro racismo, já visto pelo o que ela comentou sobre o assunto tanto da violência física quanto a verbal.

Larissa de Sousa Araujo disse...

So concertando, ela eh de fora, eu sou daqui, da paraíba e eh por essa dentre muitas coisas que me envergonho de um estado querer ser tão desenvolvido e no fim se mostra pior que a cidadezinha que taxam (os pessoenses) de provinciana.
Absurdo...

Anônimo disse...

Olha só que falta de mão na cara dessa delegada de 5º...
Eu queria ver se eu chegasse dando uma voadora nela (delegada) se a mesma não configuraria crime de agressão.

E pra quem diz que 'taca' não resolve eu digo, não resolve pouco, pq muita mãozada resolve sim, até mata!
Tenha fé em Deus d'eu não te encontrar na rua, Juvanira Holanda.

A So Que Fez disse...

Tem horas que dá vergonha de morar aqui.
Bjs,So

Anônimo disse...

O pior de tudo nem é isso...que educação essa mulher teve em casa? levou muita porrada e achou que era normal.A pessoa faz faculdade,um concurso publico e se torna isso!
Lamentável declaração...Respeito vem de casa e Brasil peca nisso!o próprio país ter o maior indice de preconceito!

Luciana disse...

Gente vao estudar direito penal!!! Se a delegada, tomasse outra atitude seria punida por excessos! Antes de criticar a policia despreparada, olhem pra nossas leis incompetentes, essas sim, junto com seus criadores, dignas de todas as criticas!!!

Alessandro disse...

Luciana, o danado que toda a imprensa tem caído em cima da delegada. então significa que todos os jornais dos países desconhecem as leis? a delegada errou e feio, e foi super racista neste caso. não tem perdão a pessoa levar chutes na barriga e isso não ser considerado lesão corporal.

Ludh disse...

Nossa, realmente, triste demais essa história. Fico muito surpresa e decepcionada em saber que após tantos anos do fim da escravidão esse tipo de preconceito ainda exista.

Gente, mas sobre ser racismo ou não: só é racismo quando todo um grupo social sofre o preconceito. por exemplo, eu tenho uma loja.. e nela é proibido entrar muçulmanos ou negros ou pessoas com menos de 1.60m de altura. Quando uma pessoa específica é chamada de "negro" ou "negro safado" é injúria preconceituosa. Grave igual, tem pena mais grave que o homicídio culposo, mas não é racismo.

Marina disse...

Oi queridos!!!
O maior erro da delegada em questção foi minimizar a agressão que a jovem sofreu (afinal de contas ninguém vai parar no hospital por conta de uma discussão simples não é?) Acho que foi isso que o Alê enfatizou no post, a falta de seriedade e o descaso com que a delegada tratou o caso e uma certa ironia nas declarações..minha opinião!
Alê, gosto muito dos posts aqui do blog (inclusive estes que geram discussões mais acaloradas, afinald e contas, temos que perder de uma vez por todas este conformismo que nos acompanha por anos e anos e mostrar a indignação que sentimos sempre que nos deparamos com notícias deste tipo! Um beijo querido..um beijo pimentinhas!

Alessandro disse...

Marina, é exatamente isso que vc falou. Também curto esse tipo de post que dá para trocarmos impressões sobre um assunto mais sério. beijos.

nivea disse...

Alê, o mundo está acabando mesmo. Dá vontade de ficar na cama o dia todo, mesmo com trabalho a fazer, filho para criar... Que país é esse? É impressão minha ou todas as pessoas que deveriam zelar pelo país são burras até não poder mais? Pq são tão toscas a ponto de não saber nem falar? O que faz com que pessoas com o mínimo de lucidez não consigam dar sua contribuição para a sociedade?
Vou te falar, dá desânimo. Vontade de ir para um pólo e ficar lá quebrando gelo.

Alessandro disse...

nivea, pior é que dá mesmo vontade de morar numa selva, já que é bem mais civilizada do que esse mundo urbano em que vivemos. a foto que coloquei nesse post é bem elucidativa sobre o assunto, já que o ovo por dentro é igual, independente de sua casca.

lea disse...

Nada gente, racismo pra ela eh so qd amarra no tronco e da chicotada, mas me diz como um ser humano desses , pode ocupar um cargo de delegada, isso e ainda pior.

julianna disse...

fiquei horrorizada com cada frase desse texto... realmente esse é um Brasil de dar vergonha!;.

Lara disse...

Nossa! Sem noção essa mulher!
Realmente, em que mundo estamos vivendo??
Bjs!

Anônimo disse...

gente , sou daqui de joão pessoa e tbm fiquei horrorizada com isso tudo até pque estudo na UFPB. Só pra esclarecer: a menina é da África e faz intercâmbio aqui,e a delegada já foi afastasda do cargo, graças a deus pq uma pessoa como essa deveria ser excluída da face da terra.
Ah! e não tenho vergonha de morar aki pois pessoas ignorantes existe em todo lugar, não é por isso que vou desmerecer a Paraíba.
BJão pro cês!!!!!

Alessandro disse...

que bom saber que a delegada foi afastada do cargo. realmente, gente desse naipe não existe só no seu estado, estão espalhadas pelo mundo todo, o que é uma tristeza. beijos

Geórgena disse...

Oi Alessandro, amei o seu post. Entendi perfeitamente o seu recado. Alguns estão confundindo o que você quis passar. Sou branca (muito branca) os amigos falam que eu assusto, pareço fantasma, vai tomar sol, vela branca...e por aí vai, não me incomoda, não levo como racismo, levo na brincadeira. O erro da delegada foi minimizar a agressão fisíca, que poderia ser em uma branca, um índio, uma loira, tanto faz, agressão tem que ser punida. Como ela (a delegada) não puniu mereceu ser afastada do cargo. Parabéns pelo post.

Alessandro disse...

Geórgena, isso mesmo. Beijos e obrigado pelo comentário.

Thais melo disse...

Antes de falar besteira,que isso sim, é uma atitude de pessoas pequenas conheça o ordenamento jurídico de seu pais,pois,acredito que o senhor não tem nenhum conhecimento jurídico, e fico feliz por existir pessoas como a delegada que aplicou de forma precisa a lei, e para salientar o direito brasileiro é positivado,mas recomendo que leia e se informe!
BEIJOS QUERIDINHO;)

Thais melo disse...

Antes de falar besteira,que isso sim, é uma atitude de pessoas pequenas conheça o ordenamento jurídico de seu pais,pois,acredito que o senhor não tem nenhum conhecimento jurídico, e fico feliz por existir pessoas como a delegada que aplicou de forma precisa a lei, e para salientar o direito brasileiro é positivado,mas recomendo que leia e se informe!
BEIJOS QUERIDINHO;)

Thais melo disse...

Antes de falar besteira,que isso sim, é uma atitude de pessoas pequenas conheça o ordenamento jurídico de seu pais,pois,acredito que o senhor não tem nenhum conhecimento jurídico, e fico feliz por existir pessoas como a delegada que aplicou de forma precisa a lei, e para salientar o direito brasileiro é positivado,mas recomendo que leia e se informe!
BEIJOS QUERIDINHO;)

Alessandro disse...

Thais melo,te garanto que a única besteira aqui é seu comentário merda. sem beijos queridinha e vai pentear macaco que é melhor que tu faz!

Alessandro disse...

Outra coisa Thais Melo, que bom que você está do lado da delegada, portanto se algum dia acaso vc levar um chute na barriga de algum parceiro ou sei lá de quem, já sabe que nem precisa ir dar queixa, viu? ai você já nem perde a viagem. muito bom isso, né?

Alice disse...

Realmente, não resta caracterizado, nesse caso o crime de racismo. Quem estuda direito sabe que, para tanto, deve haver uma ofensa à uma "coletividade" de negros. Sendo o crime de injúria realmente caracterizado. Contudo, a luz de meu entendimento, fica claramente caracterizado o crime de lesão corporal leve.

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs