RSSTwitter

quinta-feira, 27 de maio de 2010


Shiloh

Semana passada li em algum desses sites sobre celebridades que a fofa da Shiloh Jolie-Pitt, que está aniversariando hoje, teria pedido aos seus pais uma festa com temática militar para a comemoração da data, pois seu irmão Maddox teve uma festa com o mesmo tema quando também fez 04 anos. Como é sabido as crianças se espelham nas pessoas mais próximas delas, e já que a Shiloh adora e tem estreita convivência com os irmão, fica tentando imitá-los em tudo.

Mas ao ler a notícia logo pensei: os sites e blogs sensacionalistas vão novamente cair em cima do assunto e fazer piadas com a menina, assim como crucificar seus pais por deixarem essa "coisas de meninos" continuarem a acontecer.

Acho de uma ignorância e de uma falta de sensibilidade tamanha alguém julgar uma criancinha que acaba de fazer 04 anos de uma forma vil, perjorativa e cínica como já li vários blogueiros e afins fazendo. Questionando uma sexualidade ainda inexistente na menina por conta de suas roupas.

E muito abismado fico eu ao ver que são as mesmas pessoas que dizem ter cultura, finesse, valores, mente aberta, respeito à individualidade, etc, terem uma atitude tão retrógada como essa. Já que muitos de nós quando crianças usamos roupas e atitudes obrigados por nossos pais, e isso não significou que na idade adulta tenhamos seguido o que os mesmos esperavam de nós nesse campo. Então, é muito louvável uma criação onde os pais conseguem ter respeito por seus filhos, não colocando limites em algo tão besta quando o vestir ou forma de brincar, como bem fazem o casal Brangelina. Afinal, não será colocando barreiras nisso que resultará em que exista futuramente uma dita transformação, visando o padrão de sexualidade requerido pela sociedade. Pois quem dita normas nesse mundo em que vivemos somos nós, e infelizmente ainda existe uma grande mediocridade na forma de tratamento de pessoas que não sigam o que o falso moralismo social dita, e finda por colocar no gueto pessoas que fogem desse estereótipo virgente.

Daí alguém pode dizer que eu sou apenas mais um gay defendendo a classe, e te digo que sim, eu realmente defendo a classe!Mas defendo a classe das pessoas de bom caráter, e não julgo pessoas por seu figurino ou por quem elas levam para a cama. Não adianta nada ser "it" se você só possui titica de galiha na cabeça e só consegue apontar fulano ou sicrano por não estarem usando a bolsa da moda ou qualquer outra merda fashionista.

Entendam que crianças não tem sexo, e que muitas caminhoneiras se vestiram como uma princesa na infância, e vice-versa, portanto vamos parar de julgar esses anjinhos, pois eles não merecem esses pensamentos porcos que os adultos tem para com eles!























Fotos: Getty Images

Ah, e um Feliz Aniversário para essa linda bonequinha!

Postado por: Alessandro Araújo, às 12:00h

43 comentários:

Pati disse...

olha vamos deixar a criança ser do jeito que ela é, até pq isso realmente não quer dizer nada. Quando eu era uma garotinha eu só gostava de coisas de menino e isso não influenciou em nada minha opção sexual já que hoje além das coisas de menino eu gosto dos meninos em si tb hehehehe

Nina disse...

Concordo plenamente com o q tu diz... acho q as pessoas hj em dia estão tão prontas pra julgar a sexualidade dos outras q acabam comentendo erros ridículos como o de pré julgar uma criança de 4 anos...
Parabéns Shiloh e parabéns pra mim tbem... hj tbem é meu aniversário gente... rsrsrsrs

Alessandro disse...

pois é Pati, as pessoas esquecem isso. beijos

Alessandro disse...

Nina, parabéns! Muitas felicidades, paz, saúde e alegrias para você. Beijos.

viajandoparaorlando disse...

Eu desejo a pequena que ela demore para crescer e entender este mundo dos adultos.
Ela tem mais exemplos masculinos dentro de casa e se identificou com eles, só isto. Pode ser que mais tarde ela tome gosto por outro estilo, ou misture os dois.
O povo é muito venenoso, e não enxerga é que uma criança.
E se ela gostasse de se embonecar como a filha do Tom, todo mundo iria cair matando também. ;)

Renée disse...

É isso aí Alê, apoiado! Eu tb quando era criança adorava coisas de meninos e nem por isso deixei de gostar deles!!! Bjo

lea disse...

Toda criança gosta de usar roupa de adulto e quase sempre gosta de usar o contrario do que é pra ser usado, faz parte do crescimento ne, tem algumas que trocam os brinquedos,mt saudavel, a unica coisa que nao e saudavel nisso td e um bando de adulto criticando uma criança ,peloamordedeus.

Marcia disse...

Adorei o post, é tudo verdade.... :)
E como o "ser humano" é hipócrita, não?
bjs

Camila disse...

Gente do ceu..esse mundo ta perdido...se for assim...Tadinha da lindinha...

Bjs

Anônimo disse...

Só o tempo dirá. Não pelo fato de se vestir de menino quando era criança, mas, porque de repente, ela pode gostar de menina quando crescer. Qual é o problema?

juliana disse...

Ainda bem que ainda existem pessoas valorizando a essência humana e não suas escolhas,roupas e "qualquer merda fashionista" como citou o Alê!
Muito bom este post!

Luana Réus disse...

Vc é meu idolo. Disse tudo..
quando eu era criança, odiava saias, vestidos e cor-de-rosa. Brincava de bola e odiava bonecas....
Hoje eu gosto de menino....isso não quer dizer nada. é essa sociedade que é preconceituosa. Quem foi q disse q rosa tem q ser de menina e azul so de menino?...odeio essa sociedade em que vivo

Anônimo disse...

Que absurdo ficarem insinuando coisas da menininha... concordo com vc Alê, adorei seu post. Seja muuuuuuuuito feliz Shiloh fofa;)

Renata Nogueira disse...

Adorei o post! É que o povo procura o que falar, já que a família é perfeita e feliz! Bjs!

Carol disse...

O tempo vai dizer se ela vai ser a thammy da gretchen ou não kkkkk

Mari Silva disse...

Tô contigo e digo mais: não entendo por que, quando publicam a foto de um menor infrator, ele aparece com tarja nos olhos, protegido pelo anonimato de uma abreviação do nome, mas na hora de publicar a foto do filho de algum famoso, todo mundo pode estampar na primeira página. Tipo, é criança, sabe? às vezes eu acho que rola uma piração nessas crianças, uma perseguição, e claro, um estímulo pelos pais deslumbrados. Sobre a menina ser autêntica e gostar de se vestir de um jeito ou de outro, e o povo ficar achando isso digno de comentário, de brincadeira, de qualquer coisa, como mãe, me revolta. Se nem na infância a gente puder ser autêntico, vai ser muito complicado viver nesse mundo.

Gabi disse...

Falo Tudo!!
assino em baixo!!
xx

Juliana J.A. disse...

Ninguém tem nada a ver com isso! Deixem que a criança viva, brinque, festeje e se vista do jeito que quiser!!!
Mããããsssss.... que parece um menino, ahh!! isso parece sim!!!!

Anônimo disse...

Otima a escolha de fotos. Essa menina é um absurdo de linda e é simplesmente uma criança brincando de ser criança!

disse...

Por isso q adoro o Pimenta!
Post lindo, tratando de forma delicada uma criança de apenas 4 anos. Bemmm diferente (infelizmente!) do post do Petiscos.
Parabéns Alê!

Raii disse...

Shiloh coisa linda como sempre "razando" muiiiiiito! Parabéns Lindinha! concordo com o Ale, a Pati, a Nina...

Alessandro disse...

Gente, obrigado pelos comentários. Beijos

Anônimo disse...

sobre a roupa não vejo nada demais, apesar de achar meio exagerado e feio, ao contrario dos irmãos que estão sempre bem vestidos, mas o que me incomoda é essa festa de aniversário, meio esquisito vendo que os filhos adotados vieram de área de guerra, e o próprio casal que conhecem tão bem essa realidade, será que isso faz bem as crianças, meio estranho esse casal.

Anita disse...

Essa boquinha dela...é tudo!!!!

Boa de Assunto disse...

Alê amei o texto.De fato amo seus textos tão bem redigidos , mas , esse em especial tem muita paixão e me comove!Acho vc brilhante!E deu um tapa na cara da sociedade hipócrita!Caráter é caráter!Ñ tem á ver com opção sexual , cor , raça entre outros!No caso de Shilol eu vejo uma menininha q age por imitação.E olha só o meu caso minha irmã e mais velha q eu onze meses!E meu irmão mais novo dois anos!Minhas brincadeiras de "menina" eram com a minha irmã.E com o meu irmão eu virava moleque.Jogava até futebol.Pra ser sincera gostava mais das brincadeiras de "menino".Meus pais nunca me censuraram.E eu ñ me tornei lésbica!E se tivesse com certeza ñ seria por causa brincadeiras inocentes!Um Bjo! Diéssica.

DESIRÉE disse...

AMEI!!!CONCORDO,ESSAS PERUAS QUE NÃO TEM O QUE FAZER A NÃO SER FALAR DE BOLSA, SAPATO E DA VIDA DAS PESSOAS! CAMBADA DE MAU AMADAS!!!!

Jo disse...

Alessandro! Você conseguiu brilhantemente resumir meus pensamentos! Pena que o 'povo' não se liga... Preconceito é feio e vergonhoso, principalmente quando está disfarçado de "crítica construtiva" ou "preocupação com o bem estar alheio"...afff
Adoooro o Pimenta!!!! Parabéns à pequena e à vc pela sensatez! bjs e bom final de semana

Alessandro disse...

Diéssica, muito obrigado pelo carinho gata. Beijos

Alessandro disse...

JO, beijos e arrasa!

Kristanna disse...

Isso tudo é bobagem, quando era criança adorava pegar as roupas do meu irmão, jogava futebol e parecia um moleque, cansei de ouvir comentarios por causa disso mas nem ligavam muitos meninos que curtiam por causa do meu jeito vieram me paquerar depois, deixa menina ser feliz do jeito dela, nem toda menina é obrigada a parecer uma boneca.

It Guéls disse...

Confesso que já fiz uma piadinha de leve com a Shiloh lá no blog..........
Mas uma opinião SINCERA minha, é que às vezes acho seu figurino muito exagerado...um brinquedinho ou uma fantasia de super-herói ou qq outra coisa até passa...mas vejo que ela se veste assim no dia-a-dia também...o que digo é que quando tinha a idade dela, quem decidia e comprava o que eu iria vestir era minha mãe.
Penso então nos motivos que levam Angelina a vesti-la assim. Principalmente pq não ponho minha mão no fogo por essa mulher que carregava sangue do namorado no pingente de um colar.
Então, acho que não tem nada a ver com sexualidade e nada do tipo, só acho que Angelina faz isso pq é estranha e louca.
Pronto, falei, tenho medo dela.

Muahhhh
Alê, tchylove!

Manuela disse...

Adorei o post. Parabens Alexandre por questionar tao veemente a atitude futil e ma de algumas pessoas da "midia".
Infelizmente, a nossa sociedade julga as pessoas pelo que se veste e por quanto$! Ate chegar ao absurdo de questionar e especular sobre a sexualidade futura de uma crianca... Quem sabe no futuro a propria Shiloh adulta mostrara que ser uma pessoa verdadeira, sem medo de mostrar a sua individualidade, sem preconceitos de cor e raca sao o que fazem voce uma "it girl"... Talvez ela ja esteja mostrando isso agora...

Lulu disse...

Ale, primeiro parabéns pelo ótimo post, amigo!
Olha, quando eu era pequena adorava brinquedos de menino, nunca gostei de brincar de casinha. Pentelhei meus pais e consegui uma metralhadora de brinquedo (meu sonho mesmo era um revólver de espoleta, mas não rolou, kkkkkkkkk. Ah, só para constar, no meu tempo armas de brinquedo não eram politicamente incorretas... E nem por isso eu saí por aí mais tarde matando os outros, aliás hoje em dia detesto armas). tive carrinho, tive trenzinho, adorava Playmobil. Os brinquredos de menino simplesmente eram mil vezes mais legais que as bonecas! Nem por isso virei lésbica, sou muito mulherzinha em todos os sentidos! Cá entre nós, Shiloh deve ser uma criança divertidíssima, ao contrário de Suri que vive embonecada além da conta e tem cara de ser daquelas bem cri-cri. Parabéns ao casal Brangelina que estão criando a filha sem preconceito besta. Criança tem que ser feliz, deixa ela brincar com os brinquedos que quiser!!!!! E se vestir como quiser também!

Alessandro disse...

It Guéls eu acho que tanto Angelina quanto Brad estão super certos em dar essa liberdade para a filha em deixar ela escolher o que quer vestir, pois o povo acha bonitinho a Suri fazer birra e querer usar salto alto e ter um guarda roupa de milhões de dólares, já a Shiloh é criticada por querer imitar os irmãos. Mas como falei: o importante não é o que ela veste ou se futuramtente ela venha a ser lésbica ou não, o importante será a formação do seu caráter, que acho que nisso os pais estão indo no caminho certo, mostrando reais valores que não seja apenas gastar em lojas caras de grife.

Alessandro disse...

Manuela, valeu. beijos

Alessandro disse...

pois é Lulu,enquanto eu fui todo bofinho na infância e dei para a coisa, né? rsrsrsrsrs

Ana Kelly disse...

Mino fiquei arrepiada...
Muitissimo apoiado.
Sinceramente sem palavras.E tambem , quer apostar quanto , que ela e uma criança muito mais feliz , do que muitas que vemos por ai rodeadas de tanta frescuragem!
um abraço sincero para você Ale.

Alessandro disse...

Ana Kelly também acho que a Shiloh se diverte bem mais que muitos filhos de celebridades. Outra coisa que noto é que vejo que os filhos de outras estrelas estão sempre incomodados com o povo à sua volta, já os filhos do casal Brangelina parece lidar com isso muito bem, pois não estão nem aí para os paparazzi. Sinal que os pais tem feito a coisa certa, né?

It Guéls disse...

Sim, concordo com vc Alê....tb acho patético o armário de milhões da Suri e ela andar de salto e bolsinha....mas continuo com medo da Angelina...

Anônimo disse...

Ai queria tanto q existissem pessoas mais pavorosas e q metem medo no povo como a Angelina no mundo!! Pq hj ela é uma pessoa q faz diferença no mundo, não p/ mim ou alguém do blog, mas p/ centenas de pessoas necessitadas. Qdo as pessoas julgam a filha dela, colocam sempre o passado da Jolie no meio e vamos combinar q MUITA gente fez muita porra louquice qdo nova. Isso faz parte das experiências e são pessoas assim q vivem e se jogam q viram grandes pais, não os "certinhos", moralistas; esses nunca se tornam amigos de seus filhos, não conseguem dialogar com eles.

Alessandro disse...

It Guéls tu é uma figura! beijos. rsrsrs

Anônimo disse...

É uma verdadeira bonequinha mesmo! Lindinha.
As pessoas nesse mundo são venenosas mesmo!

Thaty Louise disse...

Perfeito. Seu texto tem o que falta na maior parte da blogsfera e da imprensa hj em dia: lucidez.

Bjos, Alessandro, arrasou demais!!!!!!!!!!!

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs