RSSTwitter

quarta-feira, 18 de maio de 2011


Homoafetividade

Ontem aconteceu comigo um certo bate-boca no twitter por conta de certos comentários de uma criatura que é totalmente contra que pessoas do mesmo sexo exerçam atitudes carinhosas em público. Questionei o porquê e a mesma me deu aqueles velhos motivos de sempre: que gays deveriam mostrar afetividade só entre quatro paredes, que as crianças não podem ver isso, daí colocou o nome de Deus para justificar as atitudes grosseiras homofóbicas, e que isso ou aquilo. Argumentos esses, que estamos cansados de ouvir e discordar dos mesmos, já que não é de meu conhecimento que exista nenhum movimento contra heteros se beijando, agarrando e alguns quase chegando a via de fatos publicamente, estou mentindo?

O que me deixa mais p... da vida é que, como toda a comunidade GLBTS resolveu abrir a boca e gritar por seus direitos todos os dias, tem gente que fala que estamos querendo aparecer, que queremos ser melhores que os outros, que estamos clamando por tratamento diferenciado, etc.

Gente, o problema é o seguinte: A PORRA DO NOSSO PAÍS É CAMPEÃO EM ASSASSINATOS HOMOSSEXUAIS!

E isso se deve, única e exclusivamente, ao fato das pessoas ainda acharem que gays não merecem ter os mesmos direitos que o restante da sociedade. Algo que, logicamente, não aceitamos em hipótese alguma. E graças ao bom Deus estamos cada vez mais conscientes e fortes na luta para exterminar algo que nunca poderia existir aqui no país, pois a hipocrisia rola muito solta nesse campo, já que fala-se muito sobre direitos humanos e muitos se assombram quando em um longínquo canto do mundo alguém é penalizado com a prisão perpétua, ou até mesmo morte por apedrejamento, em casos de adultério, mas mesmo assim acham super normal que em nosso território uma pessoa seja morta, ou sofra ataques de violência, apenas por se relacionar afetivamente com alguém do mesmo sexo.

Mas o que eu gostaria de saber de verdade e sem rodeios é o porquê ver pessoas do mesmo sexo trocando carinhos incomoda tanto a população? Insegurança da própria sexualidade? Tesão reprimido? Me contem, por favor, que não consigo atinar para a m... da causa real disso!

http://ocanal.files.wordpress.com/2011/05/beijogayamorerevolucao.jpg
Fotos: Reprodução




Vídeos: Youtube


74 comentários:

Anônimo disse...

Eu acho que todos devem se resguardar tanto homo quanto heteros.bjuss

Anônimo disse...

Eu acho que todos devem se resguardar tanto homo quanto heteros.bjuss

Bié! disse...

Gente que saudads disso tudo aqui !!!
enfim... como é delicioso voltar e já ver Ale se jogando em palavras lindas e eu já grito "ale já disse Te Amo hoje ? ". rs!
Bem não tira daí nada, e faço total suas as minhas palavras. E só salientar que a cada 1 hora no Brasil cerca de 20 à 25 homossexuais são agredidos fisico ou verbalmente. E bem outro dia após, a tão aguardada, legalização da União Estável, bem vi no Face uma Tia de sei lá quem comentar, que de fato, a tão tbm aguardada, volta de Deus está próxima , porque pra ela o pecado maior estava sendo legalizado...Odeiooo ter que entrar no assunto religião, mais alguém que teem fé cega, que lê a Bíblia e tira somente e realmente o que lhe interessa, afinal ninguém nunca debate sobre tantas mortes na Bíblia e tantas outras atrocidades.Enfim... acho que existimos e como bem citou o Ale, cada vez mais conscientes de nossos direitos.

Alessandro Araújo disse...

Bié, meu querido! saudades master de seus comentários! porque sumiu?
também acho de uma monstruosidade se esconder atrás de Deus para mascarar preconceito, pois nunca que o verdadeiro e justo Deus irá apoiar atitudes violentas para conosco! Beijos e não suma mais, please!

rosahahn disse...

Acho ridiculo, tanto homo quanto hetero ficar se pegando no meio da rua.
Um dia desses no meu lado do onibus sentou um casal que começou a se pegar, e eu suuuper sem graça. A menina quase deitava em cima de mim. Quase que dei um pití no meio do inubus.
E querendo ou não, o povo vai sempre olhar torto homosexuais, é a "educação" que receberam. Isso vai demorar para mudar.

Alessandro Araújo disse...

rosahahn, tb acho que ficar se esfregando em público é algo péssimo, mas já o fato de beijinhos, abraços e mão dadas com o namorado todos deveriam poder, né? quanto ao olhar torto, não teremos sempre que ter isso não! é mostrando que não existe anormalidade alguma no fato é que estamos mudando isso pouco a pouco.

FerNanda disse...

Muita gente acha que se for encarado como algo normal (o que devia), seus queridos filhinhos vão começar a fazer o mesmo, sendo que ninguém vira homossexual ou hétero, a pessoa já é ou não, simples. E para nossa "bela sociedade", um casal do mesmo sexo dando um singelo selinho soa mais sexual do que um casal hétero se engolindo. Enfim, também não consigo entender.

Céu disse...

Olaaa!!! Alessandro , primeiro um beijo seu lindo , adorooo suas palavras são sempre muito bem colocadas e na medida certa. Só gostaria de realmente de te dar uma resposta a altura de tal post , mas sinto em dizer que ficara sem .... lamentavelmente a sociedade se esquece que o amor é unico e não escolhe genero , mas preconceito sim! ... e este não escolhe ele é escolhido . Independente dos argumentos pobres e sempre repetitivos vcs tem conquistado espaço e respeito prova disso é a lei aprovada, um grande avanço em um país onde a ignorância é a maioria. ... Bjos

Geórgena disse...

Odeio qualquer manifestação de "agarramento" em público, seja homo ou hetero, ainda bem que meu marido também é da mesma opinião. Acho que o máximo da tolerância seja um carinho na mão, nos cabelos e só. Não importa o sexo, desaprovo. Se a pessoa acha normal um casal de heteros se agarrar em público também tem que aceitar os de homo. Não sou homofóbica, meus amigos em sua maioria são gays, e amo todos eles! Tenho uma facilidade incrível para fazer amizade só com gays, as pessoas até brincam comigo sobre isso.

Céu disse...

Ops ... em relação as demonstrações de carinho te digo que nunca me sente ofendida por parte dos GLS os poucos que já presenciei foram todos discretos e reservados mas com relação aos heteros já cheguei a bater boca com um casal e não só uma vez não ... foram varias.

Julia disse...

Eu acredito que a intolerância é mais repugnante do que qualquer outra ação. E pior é a hipocrisia de dizer que é em nome "das crianças" ou "de Deus".
O fato é que é hora de as pessoas aprenderem a conviver com a liberdade alheia!
Irritante e vergonhoso haver pessoas que acham que algumas coisas ferem a moral, mas adoram mulheres seminuas na televisão! E as crianças? E Deus nessa hora?
E também os jogadores de futebol com suas vidas de festas e tudo o que vem junto com o $$ q eles têm. Cadê acharem que isso fere a moral? Pelo contrário! Esses são os considerados "sucedidos"!!
Hipocrisia! Pura e simplesmente!

Tiago Fagner disse...

Ótimo post, ótimos argumentos. Parabéns.

Anônimo disse...

Bom, acho que determinadas intimidades como beijos calorosos, devem ser reservadas para lugares mais adequados,tanto para casais homossexuais quanto para heteressexuais. Qual oobjetivo de tanta exposição afinal? E não entendo, juro, não entendo em pleno século 21, as pessoas não respeitarem a intimidade alheia.Que cada um tenha o direito de viver sua vida em paz,com dignidade e muito amor.

Thays disse...

Acho uó cenas de agarramento em público, tanto para casais héteros como para casais homosexuais.Quanto a demonstrações de carinho fico de boa.
Esse ano fui para o carnaval de Salvador e o que eu mais vi? Homens se beijando. Percebi que não sou preconceituosa... mas tenho que admitir, fiquei triste de ver tantos homens lindos juntos eu com a cara pra cima.
Morri.

Anônimo disse...

A homossexualidade ainda não é vista com bons olhos, seja pela religião ou pelo simples fato que vai contra a procriação.
Porém não se escolhe sentimentos e quando se esta apaixonado as demonstrações de carinhos não são pensadas, muito menos os ambiente, algumas cenas de heteros ou gays causam certo constrangimento aos demais, seja por inveja ou reprovação. Vale lembrar que pesquisas mostram que filhos de Pais Gays tendem a não serem, então esse medo de ser ou do filho ser pq viu alguma coisa não existe. Acredito que com o tempo vai se tornar algo normal e as vezes desagradável para alguns.

dani disse...

Sabe o que é pior?Essas mesmas pessoas que abrem a boca pra falar asneiras preconceituosas como essas são as primeiras a abrir a boca pra protestar que todos são iguais perante a Constituição e as leis na hora de reclamar de mal atendimento em rede pública de saúde, da má qualidade no ensino...a hipocrisia reina nesse nosso país!Quer dizer, todos são iguais perante a lei pra receber educação e saúde e outras coisas mais, mas devem ser tratados de forma desigual quando se trata da opção sexual e de se trocar carinho em público?Só pode quem é hetero??É por causa de gente com essa mentalidade que há tanto preconceito por aí, não só em relação a homossexuais, mas em relação a negros, gordos tb...em pleno século 21 as pessoas não sabem (ou não querem) conviver com as diferenças e principalmente, respeitar as diferenças. Não imaginam que seria um porre viver num mundo onde todos fossem iguais em tudo, o que faz a vida ser interessante é justamente as diferenças, descobrir que não somos iguais a ninguém, que somos INDIVÍDUOS e por isso mesmo cada um de nós tem em si sua individualidade, não somos robôs programados pra sermos iguais, somos seres humanos. Pena que muitos dos que estão aí não merecem essa alcunha de ser humano partindo da premissa de que o ser humano é o único da espécie animal que tem a capacidade de pensar, articular palavras e frases e formar opiniões. Muitos tem cérebro só pra encher o crânio mas não o usam. Não pensam.

dani disse...

E quando me refiro ao carinho em público é o carinho tolerável, sem agarramentos explícitos!Quer se engolir arranja um quarto, não falta motel pra isso!!!

Anônimo disse...

Como eu sempre digo "a bunda é minha e faço com ela o que quiser! Ninguém tem nada a ver com isso, não sei pq a sociedade gosta tanto de se intrometer em algo que não a prejudica.

Nena disse...

Primeiro acho que o post é sobre demostração de carinho e amor e não se agarrar enlouquecidamente em púplico (algo que acho péssimo pra qualquer casal!!). Sobre a sua indagação querido, acho que o grande problema se resume a educação e cultura!! O nosso país infelizmente é burro, bitolado e muito conservador (mulher pelada e funk não é sinônimo de país liberal gentenn). Nos países de primeiro mundo a história é outra, o respeito ao cidadão é outro, claro que violência e intolerância tb tem, mas em escala muuuuito menor! PS: Odeio qdo justificam tudo (e todas as atrocidades) em nome de Deus!! Amar o próximo lembram???

Bianca Ladyhawke disse...

Também acho que agarramento em público não é certo, tanto faz se é entre casais do mesmo sexo ou de sexo diferente. Se as pessoas querem fazer algo para que nossas crianças não sejam sexualizadas tão cedo, devem começar pela televisão e os pais também tem que ver a maneira que agem na frente dos filhos. Educação e respeito alheio começa em casa. Beijão Alê, ótimo post!

lea disse...

olha Ale, pra ser bem sincero, nunca tive problemas de conviver com, homo ou heteros, mas qd eu fui pra Italia ., tive uma experiencia bem diferente, eu estava num metrõ, e tinha um casal gay no banco em frente, dai uma senhora sentou do meu lado e qd percebeu, levantou e saiu,e assim foi com algumas pessoas e eles nem estavam se agarrando nada, tipo estavam flertando trocando olhares e tal, e eu fui ficando , achei interessante aquilo, queria ver o qt eles se incomodariam, ate que u,m deles resolveu puxar conversa comigo, mas como eu nao falo bem italiano,so respondi algumas coisinhas, qd eu fui descer, ele me chamou e veio pra me dar um abraço, dai td mundo olhou pra ver o que eu ia fazer,abraçei, beijei, e qd descemos a minha irma falou que tava td mundo me olhando, pensa num pais considerado de 1/º mundo, nao passou pela minha cabeça que iam ter uma atitude desssas ne???mas no fundo acho que vai da educação de cada um mesmo.

Anna disse...

Incomoda pq a regra é a heterossexualidade. Mas isso o tempo de encarrega de atenuar. Eu acho que em SP, existe uma grande liberdade, cansei de ver homossexuais de ambos os sexos demonstrando carinho em público. Eu ficava chocada, mas não por desaprovar, e sim, pq era algo que nunca tinha visto antes.

Helena disse...

Deixa o povo se beijar porque beijar é lindo, é demonstração de afeto... Por que será que certas pessoas acham tão fofinho um casal de idosos de mãos dadas (ou dando uma bitoquinha), mas não toleram que um casal (homo/hetero, não interessa) demonstre afeto em público?? Sério, tem gente que se ofende, que tapa o rosto, que vira pro lado... Como disse a Nena ali em cima, mulher pelada e funk não são sinônimos de país liberal... E eu complemento: Isso é constrangimento de quem, às vezes, não tem nem um animal de estimação em casa para afagar, que dirá um ser humano...

Anna disse...

Mas votando a outro tópico do texto. Acredito que esses dados de que o Brasil seja o país que mais mata homossexuais está errado. Não corresponde à realidade, a mídia está manipulando essa informação.
E me desculpe Alessandro, mas não acho justo e de bom senso aprovar uma lei, como queriam, para que a pena fosse maior para quem assassinasse ou ferisse um homossexual. A pena dever ser igual para qualquer outra pessoa. Um homossexual não é melhor, nem pior que ninguem. É simplesmente pessoa.
E digo mais, como mulher tb sou discriminada, mas nós temos que aceitar que TODO E QUALQUER estilo de vida é criticável. Isso é liberdade de expressão e democracia. Se tem alguém que ache Uó ver gays se beijando, e daí? vc vai deixar de fazer isso por causa dessa pessoa? O fato se torna grave se forem partir para a agressão, aí é outra história. Mas repito, os dados de assassinatos de gays aqui no brasil não correspondem à realidade, a mídia e o governo estão manipulando a população. E tb não concordo com a pena majorada so pq a vítima é homossexual.
Foi ótimo levantar esse assunto.
Beijos!

Alina disse...

Eu tbm acho que incomoda porque a ´regra´, ou o ´natural´é que os casais sejam heterossexuais. Acho que o que cabe é o bom senso. Demonstrações de carinho devem ser feitas onde haja ambiente pra isso, não tenho preconceito com casais homossexuais, mas já vi alguns se beijarem e se exibirem em locais públicos simplesmente com o intuito de ´causar´, e provocar as pessoas. Uma atituda desnecessária e que tbm precisa ser revista pelos casais.

Anônimo disse...

Olha, seguinte: tanto se usa religião para concordar ou discordar de algo, mas no fim parece que as pessoas esquecem do principal: amar o próximo.

Bjs!

Alessandro Araújo disse...

Anna, infelizmente os dados não estão errados, e isso não são dados coletados pelo governo, e sim por ONGS direcioandas ao público GLBTS, sendo portanto os mais interessados em coletar dados reais sobre o assunto. a cada 36 horas um homossexual, travesti ou lésbica é morto no nosso país, e sim, isso é devido à sua sexualidade. sendo o Nordeste brasileiro com o maior número desses homícidios. é uma triste realidade, e um prêmio que não creio que o Brasil fique orgulhoso em merecer

Alessandro Araújo disse...

e digo: combater a homofobia no Brasil não é caso de mimimi nem de viadagem! é um problema da mais alta seriedade, pois as vítimas fatais desse preconceito pode até não ser você que está lendo, mas poderá ser alguém de sua família ou amigo, que será violentado ou morto apenas por sua sexualidade, o que vem a ser algo assombroso!

Monica disse...

Boa tarde! tive uma conversa parecida com um amigo, ele dando essas mesmas opinioes, que nao se deve isso ou aquilo, que é constrangedor.. o argumento q eu usei é bem facil de se entender (pelo menos pra mim). é ridiculo qualquer tipo manifestaçao contra a educaçao e respeito ao proximo, os homosexuais nao precisam ter permissao, eles trabalham, pagam impostos e teem obrigaçoes. nao faz sentido tb n terem direitos. segundo, se forem pensar, ninguem compara pq sao hipocritas, mas algum tempo atras e ainda hoje se tiver um casal de negros se beijando um monte de gente olha pq sao 'negro azul'. a um tempo atras entrar negro num restaurante muito refinado tb espantava... como uma pessoa pode dizer q discriminar pela cor é irracional, mas pela sexualidade pode?! as pessoas tem todo o direito de nao gostar disso ou daquilo, mas nunca pode desrespeitar o outro ou se achar superior ao ponto de fazer coisas q ao outro é proibido. se eu bjo na rua, n posso criticar que outro casal o faça, independente de qualquer coisa.

Cris disse...

Oi Alessandro, achei de extrema necessidade suas palavras e interrogações porque enquanto os ditos cidadão civilizados acharem que o amor está vinculado ao um orgão genital e não ao ser humano, continuará a existir preconceito, e essa violencia absurda que vemos diariamente contra os homossexuais. Afinal não nos consideramos seres pensantes?! então será que não está na hora de pararmos de classificar pessoas, pela raça, cor ou genero. O que me interessa com quem vc transa, me interessa sim a sua índole e o seu caráter. Por favor vamos agir como animais racionais, que somos!!

Monica disse...

tem mais, nao adianta a justiça dar o direito de estar em determinado local, adotar crianças, casar, etc. vc tem q poder viver sua vida sendo respeitado pela sociedade. acredito q ninguem gosta de se sentir 'toleravel', e so quem foi realmente vitima de qualquer tipo de discriminaçao sabe a diferença q se sente no ar entre estar ou nao ao lado de uma pessoa que apenas suporte dividir o ambiente por 'educaçao'...

Anônimo disse...

QUALQUER tipo de preconceito é esdrúxulo!!! quanto a homossexuais, negros, nordestinos!!! e nesse país é oq mais se faz!! piadinhas de mtooo mau gosto contra homossexuais, negros e nordestinos... preconceito está aí...enm diversos segmentos, nao adianta fingir q nao existe... uma lástima
temos q prestar atenção sempre, em nós mesmos, para evitarmos em qqer circusntancia sermos preconceituosos com qqer grupo, pq qqer tipo de precocneito é injustificável...mto menos usando nome de Deus...

disse...

Fiquei chocada com esses dados, q são muito altos!
Eu acho q a questão na verdade pode ser o costume, como bem citaram em SP é super normal, até lugares, ex: Shopping Frei Caneca, é um shopping super frequentado pelo público gay; Frans Café da Haddock Lobo. Citei esses 2 exemplos, pq são lugares conhecidos, perto de um grande centro comercial. O Frans Café praticamente na esquina c/ a Avenida Paulista. Shopping tbém é perto. Acho q é uma questão de se habituar.
Muitas vezes não é preconceito, é só falta de costume, de nunca ter visto. Eu acredito q a partir do momento q essas demonstrações de carinho, se tornarem cotidianas, muitas pessoas não irão mais se chocar. Eu não sei como isso é encarado em outras regiões, mas em SP, as pessoas q tem uma vida social, que trabalham, já estão acostumados. Quem pode se chocar, são os mais velhos ou preconceituosos mesmo.

disse...

Agora eu lembrei de uma história, q a aconteceu ESSA SEMANA no shopping Frei Caneca: eles colocaram um segurança na porta do banheiro masculino, pq a direção diz q alguns gays estavam transando no banheiro, incomodando outros frequentadores.

Eu acho o fim, inclusive se fossem casais heteros. Eu queria saber sua opinião Alê (te colocando na fogueira...rs). Eu acho muita sacanagem, pq essa "meia dúzia" acaba destruindo, criando rótulos, estigmas q durante décadas seguiram os gays.
Aí a pessoa que quer pq quer UM MOTIVO, joga esse tipo de comportamento de "meia dúzia" e criou aquela imagem (ERRADA, eu sei disso pq tenho amigos gays) de q TODO gay se atraca em qq lugar e bllablabla.
Vc não acha q isso tbém atrapalha a aceitação das pessoas?

Ana Paula disse...

O dia que as pessoas passarem a se importar mais com o caráter e honestidade das outras, a sexualidade não será motivo para atitudes preconceituosas e agressões.
Tenho amigos gays que são pessoas incríveis. E fico revoltada de ver como eles sofrem, pelo simples fato de serem homossexuais.
Até eu já fui "acusada" de ser lésbica, só porque respeito os homossexuais. E minha resposta foi: E se fosse? Isso prejudicaria a sua vida em quê?
Acho que o segredo é o respeito e tolerância com as diferenças.

Alessandro Araújo disse...

Rê,super concordo que por conta de uma meia dúzia o restante acabe levando a alcunha de pervertido. e sim, isso é uma realidade também,embora saiba que em muitas vezes nesses casos os gays podem até nem estar transando nos locais mas que quem entra acaba sacando um clima, ou é paquerado por algum que lá esteja, e reclamam para a gerência do local e finda por estabelecer esse tipo de vigilância, e em alguns casos até já vi banheiros masculinos nos centros comerciais serem fechados. agora quanto ao fato disso atrapalhar a aceitação das pessoas eu até discordo, pois hetero safadinho tem tanto quanto gays, embora não tenha jusitificativa para fazerem esses atos públicos, pois para o sexo existem locais indicados para se fazer, né?

Alessandro Araújo disse...

Exatamente Ana Paula! já vi pessoas serem taxadas de gays só por serem amigas dos mesmos, e ainda bem que são pessoas evoluídas e deram um boa resposta para quem achou isso deles.

Rossana disse...

Eu tbém sou da opinião que quem não gosta de ver casais gays se beijando ou de mãos dadas, com certeza é pq é muito mal resolvido!
Na minha humilde opinião creio que cada um deve ser feliz da maneira que lhe convém e ninguém tem nada com isso. Nem tem que colocar Deus no meio disso tudo.
Qto as crianças verem, meu filho tbem já viu na rua (mulher com mulher e homem com homem) e já me questionou. Creio que se vc responde de maneira natural não instigando que isso é 'feio' ou errado', talvez num futuro proxímo abrande essa barbarie que é a homofobia.
Bj =)

Anônimo disse...

Relaxa Alê, discriminaçao sempre vai existir, faz parte da humanidade, quem somos e quem fomos nos, pra julgar né, é verdade que o povo brasileiro tem fama de mal educado e sem respeito, um Pais sem direitos humanos, é verdade que Brasil ainda esta muito atrasado em relaçao a uniao homosexual, eu moro na suiça e aqui e legal os gays se casarem, sempre vejo casais de homens com homens e mulher com mulher andarem de maos dadas casais mesmo, pessoas normais sem ser vulgar, em Paris também é a mesma coisa, todos nos somos ser humanos e perante Deus somos um so, somos seus filhos, e ele o bom Deus tem o mesmo olhar pra todos, independente de raça, cor ou opçao sexual, seja feliz alê

GIS disse...

Ale li seu post hoje antes do almoço e fiquei pensando que discursos de intolerância (como este que essa pessoa teve com vc no seu twitter) são na sua essencia mto parecidos com os discursos que já levaram ao extermínio de milhares de pessoas, no século passado; mas antes do exterminio destas pessoas (ou solução final)elas foram proibidas de casar com pessoas de raça superior, de ter seu próprio negócio, de sair nas ruas e uma série de outras limitações.
Esses discursos de intolerância e não aceitação das diferenças das demais pessaos são o inicio da "banalização do mal", acredito que a intolerancia já levou a muitos atos repulsivos no passado e devemos de todo modo combatê-la.

Acredito que devemos repudiar ideias que gerem discriminação e o preconceito segregacionista!!

Nossa acho que viajei nesse tema haha, mas gostei mto do seu post
Beijos

Alessandro Araújo disse...

GIS, o danado que a tal criatura no twitter ao mesmo tempo que dava sua opinião preconceituosa falava que não era homofóbica e que tinha vários amigos gays. o que me irrita é isso, sabia? essa hipocrisia de falar: não sou contra mas faz o favor de praticar sua homoafetivida bem escondido dos meus olhos

Anônimo disse...

então perante ao Direito isso é muito importante .....
eu defenderia um caso assim sou ainda universitária ... mas isso vem de anos como foi o negro toda ahistoria ai é hj com o homossexual... nao sei sinceramente o que a biblia diz....
mas tambem acho que isso não é motivo para ser morto por isso ...
acho que se deve banalizar e alguns gays fazem isso tem muitos que sao discretos ... e muitos ainda que mereçem respeito ....
acho que nao deve imposta ... como p Estado está fazendo mas deve ser reconhecido assim os gays são respeittados e vistos como cidadão brasileiros como todos ....
Não ao preconceito nao sou gay .... nem imagino isso mas, acho que devo respeitar quem seja

Juliana disse...

Todo mundo tem que ter respeito seja hetero bissesual homossexual isso tem que vir de todo mundo.
Agora oh mania que o povo tem de falar mal de homossexual...
odeio gente assim

Luana disse...

Eu, particularmente, acho meio falta de educação essas demonstrações de carinho em público, seja de homo ou de heterossexuais, beijos calientes e amassos são coisas íntimas. O maximo que faço com meu namorado na rua é andar de mãos dadas, abraçar e da selinho, não basta mais que isso. Já vi em dois restaurantes o gerente pedir p casais hetero se conterem pq estavam passando dos limites.

Luana disse...

Qt a discriminação com homossexuais, sou totalmente contra, mas meu avós são bem preconceituosos. Acho que antigamente, quem era homossexual não tinha coragem de se assumir ou fazia as coisas às escondidas, hoje em dia a liberdade de expressão é muito maior, as pessoas são mais livres, então consequentemente, as pessoas mais velhas não conseguem acompanhar essas mundaças, acho que as próximas gerações serão bem mais liberais e aceitarão mais, havendo quase 0% de preconceito.

Clarissa disse...

Gostaria apenas de esclarecer algumas coisas que tem a ver com a Bíblia e são deturpardas por muitos, até mesmo pelos que se dizem evangélicos.
O ato homossexual é condenado sim pela Bíblia e por Deus, mas as ações e nãos as pessoas. O respeito pela pessoa sempre deve existir sendo ela homossexual ou hetero, o que se considera errado são as atitudes. Como uma amiga que escolhe uma roupa horrorosa, mas não deixa de ser sua amiga só por causa da roupa entende?
Isso é o amor ao próximo, amá-lo mesmo não concordando com suas atitudes e escolhas. Realmente muitas vezes não é isso o que vemos por aí e os ditos 'homossexuais' são discriminados, o que de acordo com a Bíblia está errado. Discriminar qualquer pessoa sendo homo ou hetero tbm é pecado.
A discriminação, preconceito, falta de respeito, assassinatos devem sim ser condenadas pelas leis, mas não apenas contra homossexuais, contra qualquer pessoa.
O que acontece é que querem criar leis onde o direito de expor o pensamento é cerceado. Neste país se fala mal de tudo, todo mundo expõe sua opinião, se fala mal do presidente, da roupa da outra, do corte de cabelo de outro, do marido de fulana, mas agora querem transformar os homossexuais em seres intocáveis. Se é pra existir uma lei que vai me proibir de pensar diferente de um homossexual, devemos logo fazer uma lei onde é proibido discordar do outro, o que seria ridículo e até mesmo esse blog teria que terminar já que aqui se fala mal o tempo todo dos famosos certo?
Bom em resumo acho que é isso. O quero deixar bem claro é que sou contra sim às leis que não deixariam eu expressar minha opinião, mas qualquer ação que agrida fisicamente ou psicologicamente um homossexual tbm não concordo. Matar alguém pelo fato de ele ser homossexual pra mim é tão absurdo quanto pra vocês.
Bom em resumo é isso =) sou leitora do assídua do blog e gosto muito. Parabéns por ele. Não quero começar uma briga, só queria esclarecer algumas coisas e esclarecer o que é bíblico e o que os verdadeiros cristãos seguem pq até mesmo em nosso meio cristão tem muita gente que não sabe o que fala.
Obrigada pela oportunidade ;)

Denise disse...

Legal vc colocar isso em pauta Ale, um dia desses numa reunião com amigos, começamos a falar de religião e dizíamos como é grande a hipocrisia em relação aos homossexuais e como as pessoas sempre justificam Deus para seu preconceito, mas a resposta só é uma....Deus é amor!!!!!!! Vc sendo uma pessoa íntegra e de bom coração....a unica coisa reservada para vc é o bem. E ponto final!!!!!

Alee - coletandodias.blogspot.com disse...

Ai ai ai , enfim nem vou dar minha opiniao porque sei que vc Alessando já a conhece.
Mas tô cansada de brigar. Enquanto vc "conversava" com essa criatura no Twitter eu estava lá no Orkut com uma outra criatura tendo uma briga homérica.
Quer saber, eu nem tenho mais paciencia pra esses homofóbicos filhos da puta. Eu já entro dando voadeira e mandando e ir tomar no cú. Quando usam o nome de Jesus aí então sou eu quem fico puta. Pô, usar o nome de Jeusus para justificar a homofobia? Justo o dele(Jesus) que sofreu tanto preconceito, desprezo e o abandono de uma sociedade.

Alessandro Araújo disse...

Clarissa, respeito sua opinião, logicamente, mas não acho válido colocar Deus e Bíblia nessas questões não! Afinal, foi usando essas justificativas que guerras foram criadas e pessoas assassinadas, o próprio filho de Deus entre eles. a Bíblia não foi escrita por Deus, e sim por homens, que acharam por bem criar regras como essas, dando assim motivos para pessoas que não possuem realmente amor e fé em Jesus para praticarem atos de violência em seu nome. isso, definitivamente, não é e nunca será correto!

Alessandro Araújo disse...

Aletícia, amiga, vou começar a seguir sua diretriz de ação. beijos

Clarissa disse...

Por favor não digam o que Jesus nunca disse. Pelo contrário o que Jesus dizia no seu discurso tbm diz respeito as práticas homossexuais, do qual Ele também é contra. Quanto ao ser uma pessoa íntegra e de bom coração tbm não faz o menor sentido associar a Jesus, quando Ele mesmo disse que so Ele é o caminho.
Deus é amor sim, mas Deus tbm é justo e pecado é pecado, sendo homo ou hetero. A questão é que não se aceita a opinião alheia, engraçado, logo vocês que querem ser aceitos pela sua "escolha diferente" não aceitam quando alguém discorda dessa opinião. Aí quando alguém discorda simplesmente nos chamam de 'homofóbicos filhos da puta'. ai ai acho engraçado...
Enfim mais uma vez venho dizer que a agressão, falta de respeito, discriminação com a pessoa que "escolheu ser homossexual" realmente é um absurdo e isso sim deve ser combatido, mas tbm é absurdo querer me tirar o direito de discordar. ;P

Alessandro Araújo disse...

Clarissa, como disse respeito a sua opinião, só não acho válido mascarar preconceito colocando Deus e Jesus na frente, ok?

Clarissa disse...

Preconceito é discordar? não quero te converter e nem que você acredite na bíblia. Quero assim como vc ter o direito de expressar minha opinião. ;P
Lógico sem te agredir nem fisicamente e nem psicologicamente.
Deus e Jesus tem a ver com o que eu acredito e a razão pela qual eu discordo de você, mas quero ter esse direito de discordar. Assim como vocês tem os milhões de motivos de vocês para discordarem de nós. É tão dificil assim conviver com a opinião diferente?
Enfim...é isso aí...
só vim aqui por esses dois motivos. O primeiro pq queria esclarecer as questões bíblicas pq se é pra falar mal pelo menos falem direito e não taxando todo cristão de homofóbico. Os cristãos genuínos não apoiam o homossexual, mas não querem o mal dele não !
e o segundo é pq tbm quero ter o direito de discordar e sou contra as leis que me tirariam esse direito.

e mais uma vez... Agressão, desrespeito, discriminação por causa dessa condição realmente não faz o menor sentido e é isso que deve ser combatido.
Se querem conseguir alguma coisa, busquem por questões válidas e coerentes que até mesmo nós que discordamos lutaríamos com vocês pelos direitos humanos !
Bom essa eh a minha opinião e fico por aqui, espero que vc não esteja me chamando de homofóbica louca em alguma outra rede na internet. ;P

Alessandro Araújo disse...

Clarissa, não precisaria de chamar de homofóbica louca em outras redes porque se assim o quisesse eu o faria aqui mesmo, pois não tem razão alguma de partir para outra rede e falar sobre isso. só que estou te respostando que respeito sua opinião e vc com seus argumentos parece que está querendo colocar palavras em minha boca, como se o que escrevi fosse direcionado para vc. já falei no meu texto que hipocrisia colocando nome de Deus e Jesus não aceito! prefiro que quem seja preconceituosa chega e diga: olha, não gosto de viados e pronto! agora usar a lei divina para se camuflar não!!!!! Deus e nem Jesus gostariam desse tipo de coisa, e não venha me dizer que neste momento Ele está tomando um chá em sua casa enquanto te diz tudo que acha sobre o assunto. e acho que a gente já se estendeu demais, né? já compreendi sua forma de pensar e vc entendeu a minha, não precisamos mais ficar de lenga lenga se discordamos sobre o assunto. seja feliz do seu jeito que serei do meu. quanto a questão de converter sou inteligente o suficiente para saber que o meu Deus não é castrador como o seu, e Ele me ama da mesma forma como ama meus detratores. uma pena é que pessoas que usam o nome Dele em vão e como escudo não consigam realmente seguir as leis dele. e boa noite!

Cíntia disse...

Alessandro, Parabéns !!! nosso amigo JUJU da Rádio Líder Rio Verde estava de férias no Rio e foi capa de um beijo do Jornal O GLOBO, e ele agrada de gregos a troianos, não podemos deixar este preconceito babaca atingir nossos amigos. Parabéns pelo seu blog

Gilberto disse...

Puts, Ale muito muito bom seu post, parabéns. É incrível como as pessoas esquecem que deus mandou "amar a todos" se for "errado" o que fazemos deixa que no final de tudo ele (deus) resolva e quando vocês como meros mortais, respeitem! eu e ale nesse carnaval passamos por algo que ninguem merece passar e o que aconteceu será que é certo? será que Deus com toda sua sabedoria apoia?

enfim, só espero que as pessoas parem de justificar suas inseguranças, certezas e preconceitos com base numa palavra que pode ser interpretada de várias formas, mas de qualquer jeito amor é amor.

carolina disse...

a demonstração de afeto exagerada é ruim, tanto por parte dos heteros sexuais como dos homos. O que eu acho que deveria ser mais observado pelos homosexuais é que a população não está acostumada com o relacionamento homoafetivo, acaba sendo um choque para as pessoas. Não acho correto a violência, mas acho que tudo o que é "novo" (homossexualismo existe desde sempre) deve ser colocado aos poucos na sociedade, e não tentar fazer com que todos aceitem de uma hora pra outra algo fora do que estamos acostumados.

adoro o blog!
beijos

Anônimo disse...

só acredito que os pequenos preconceitos, se nao solucionados com o conhecimento, geram grandes injustiças.
perguntaram pq hitler fez oq fez na alemanha.. é só olhar no brasil, onde estao os maiores casos de intolerancia? preconceito com o diferente? seguidores de ceitas q pregam a supremacia de um grupo? os sulistas nao me levem a mal, mas a cultura europeia, neste ponto, é de lascar...

Anônimo disse...

as leis ajudam sim senhor! se nao é a lei p nos forçar a conviver com determinada situaçao ela n acontece. ora, se ela existe é pq tem alguem sendo atingido, ne?!
aos q nao tem "costume" serao obrigados a ter, ate q deixem de "tolerar" o diferente pela lei para passar a ser natural.

Natércia disse...

Vi agora pela manhã naquele jornal da Record a discussão em torno daqueles vídeos do Ministério da Educação, o que estão chamando de Kit Gay! Não sei se fico mais abismada com os comentários dos entrevistados (deputados, pais, adolescentes) ou das apresentadoras, que desfiaram um rosário contra a exibição desses vídeos na escola. Na minha opinião, não vai ser um vídeo (dois, ou três, ou dez) que vai influenciar o comportamento, a orientação sexual de qualquer pessoal. Acho que eles estão confundindo com o comportamento de massas... Se fosse por isso, não existiria homossexual no Brasil, porque nas novelas só se mostrava casal hétero, né? Ou então numa casa de uma família nuclear, o filho não seria gay... Porque não estaria sendo visto o "modelo homossexual de ser", né? Quanta intolerância... Quanta ignorância!!
Alê, tu arrasa!!
Bjss!

GI disse...

Que coisa legal...a cerca de 1 semana estava debatendo a homoafetividade com um amigo. Nossa sociedade não consegue conviver com isso porque nao aprendeu, nunca fomos ensinados a tocar,beijar e demosnstrar carinho a psoas do msm sexo, isso vem da tv das musicas; pensa quantas psoas do msm sexo vc v na tv trocando carinho sem serem irmaos quantas musicas citam isso? Já que vc nao necessariamente eh gay por trocar caricias com alguem do msm sexo segundo oq prega a homoafetividade! Vivemos em uma sociedade que critica mas nao faz nada pra mudar! temos que aprender a conviver da maneira que vc nao precise CONCORDAR mas saiba RESPEITAR! jah q na minha opiniao ver um casal d eteros se agarrando na rua eh muito mais constrangedor ao olhos que um casal de gays d maos dadas ou abraçados!

Alessandro Araújo disse...

Natércia, é isso mesmo! Homossexualidade sempre existiu só que escondida, mas felizmente acordamos para o fato que não precisamos nos envergonhar do que somos, para tanto estamos lutando bravamente por nossos direitos. beijos e obrigado pelo comentário.

GI disse...

acabei lendo oq a clarissa publicou só agora...DEUS DISSE: AME O SEU PROXIMO COMO A SI MESMO!
alguem aeee acredita que Jesus e os dicipulos nao trocavam carícias? alguem ai acredita que Jesus condenaria um homem por amar outro?
por favor GENTE INTERPRETEM...Sodoma e gomorra foram julgadas nao pelo homosexualismo mas pela ORGIA!
um casal de gays q se ama se respeita nao se trai, nao pratica orgia alguma; mas um casa de eteros que msm dentro de quatro paredes praticam sexo grupal ou mantem familias extra conjugais hahah qr dizer que esses sao os puros pra Deus? Nao Gente Deus condena sim o sexo mas nao aquele q eh feito com amor independente d com qm seja, ele condena a banalizacao do sexo! Duvido que asim como gays ou sexo antes do casamento ou sexo o caralho a quatro nao sao condenados desde que o seu proposido que eh transmutacao d amo DOIS CORPOS EM UM seja respeitado!Condenado eh a origia que se pratica independente da orientação sexual!

Anônimo disse...

então ... fui eu Louise que coloquei que nem sei o que diz a biblia .. mas de fato o Direito está dando direito ... isso faz muita dierença o nosso pais está consumido por politicas fraudulentas ... uma sociedade preconceituosa cheia de rancor e nem sei pq mas .. o Dto mais uma vez deu esse direito i viva !!!!
algo está sendo feito sou cristã mas acho que nimguém deve sofrer abuso ou violencia por ser gay .. devemos ter respeito a essas pessoas que sao gente tbm ... muitas vezes as pessoas acham que gay é um bicho ...
eles sao pessoas e tem direitos esse direito foi homologado isso é fato ...
Gente respeitem isso ... e Deus nao tem nada a ver com essa questão
nao a violencia ... sim ao respeito ..
e ale ... desculpe a intimidade adoro seu blog ...
bjão

Natércia disse...

Que é isso, Alê!!! Fico indignada com tanta hipocrisia e falácia! Toda vez que alguém fala "homossexualismo" perto de mim, corrijo. Pode parecer bobagem, mas me incomoda esse sufixo "ismo" que me remete a doença, e que, de uma forma subjetiva, deixa continuar essa concepção de antigamente!
Bjsss! Gosto muito dos teus posts!

Alessandro Araújo disse...

isso mesmo Natércia, nada de usar o sufixo "ismo", pois não somos uma patologia! beijossssssss

Kaira disse...

Então, posso dar meus pitacos? Bem alguns falam disso como se fosse algo novo! Os romanos já tinham relações homosexuais desde a antiguidade, e isso era considerado normal! A homosexualidade e a prostituição masculina, por exemplo, eram especialmente características da sociedade greco-romana. Quem não considerava normal era o povo escravo deles, nada mais lógico do que eles repudiarem as práticas de seus opressores, né!? E quem escreveu a Bíblia? Sim, os escravos, os cristãos! Bem, daí o resto da história vcs já sabem...

Gabi disse...

O que incomoda não é o fato de serem homosexuais trocando carícias, carícias não carinho... É desconfortavel até mesmo ver um casal hétero se engolindo por ai.
Acho fofo um casal de mãos dadas, me emociono com isso, hoje mesmo vi um casal indo caminhar na praia pela manha, de maos dadas e roupa igual, rs. Acho lindo demonstrar carinho...
Agora carícias, beijos picantes, mão na bunda... Quem está seguro do seu relacionamento ou sexualidade nao precisa demonstrar para estranhos na rua que em matéria de sexo se garante.
Tanto héteros como homos.
Acho que vc tbm há de concordar que é desconfortavel... Há alguns dias presenciei um cara extremamente nojento falando alto pelo telefone tudo que ia fazer com a namorada quando a visse. Não sou puritana, sexo é bom, mas oi. Eu nao quero saber da vida sexual alheia... É o mesmo que aquelas pessoas que acabaram de comprar um celular com mp3 e saem por aí ouvindo musica sem fone de ouvido.
Acho que falta cidadania, falta respeito mútuo na nossa sociedade. Ninguém é melhor que ninguém pelas escolhas que fez.
E quanto ao que disse Jesus, nao sou religiosa, mas o amor que ele se refere é o amor ágape, aquele que é definido pela admiraçao e respeito, a caridade, nao necessariamente sexual (na filosofia existem várias definiçoes de amor, o mais conhecido é o amor eros, o sexual. O que causa algumas más traduçoes). Doem-se uns aos outros como eu me doei.

Mas isso parte de cada um. Achei linda a frase que ouvi de um parlamentar quando a lei do casamento foi aprovada:
Algo como: "O fato de um casal gay casar me prejudica de alguma forma? Não, então por que me sentir incomodado com isso?".

Respeitem-se! Levantem da vaga no ônibus quando um idoso entrar, dê atençao quando alguém fala e façam filhos se tiverem condições financeiras e mentais de criar.
Compromisso, responsabilidade.

Alessandro Araújo disse...

Gabi, amei o comentário! até porque leio bastante o Ágape.

Quanto ao que vc falou sobre essa coisa de esfrega esfrega em público concordo que isso é chato tanto para heteros quanto para homo, e que é legal sim, ver duas pessoas apaixonadas, abraçadas, fazendo carinho. lembro uma vez no Pátio de São Pedro, aqui em Recife, eu e um namorado da época estávamos abraçadinhos e ele de vez em quando beijava minha face,me dava um selinho, essas coisas, daí passou uma velhinha vendendo algo que não lembro, parou perto da gente e disse: vocês formam um casal lindo! disse isso sorrindo e foi embora. achei fofo, pois pela idade dela poderíamos pensar que fosse ter uma mente arcaica e recriminar.

nina disse...

A primeira coisa que me incomoda com as pessoas que recriminam homossexualismo é: Se somos heteros ou homossexuais, isso não nos define. Ninguém tem que se apresentar assim: oi, eu sou a nina e sou hetero. Se sou homo ou hetero, que diferença faz?

Concordo totalmente com o comentário da Gabi. Um casal se esfregando em público me incomoda, hetero ou homo. Podem me chamar de puritana ou qualquer coisa, mas privacidade é algo que eu prezo. E ter que ver duas pessoas se engolindo fere a minha privacidade. Mas quanto a esses gestos de carinho, andar de mãos dadas e tal, acho bonito. Não agride a ninguém.
E concordo com vc, Alessandro. Usar o nome de Jesus ou qualquer outro pra justificar o próprio preconceito é, pra dizer o mínimo, ridículo.

E outra coisa que eu sempre acho bom reforçar é que as pessoas tem uma idéia errado do que são direitos iguais. Não significa tratar todos exatamente da mesma forma, mas sim respeitar as necessidades de todos da mesma forma. O tratamento igualitário está na consideração igualitária pelas necessidades alheias.
Então, pra quem acha que homossexuais estão pedindo pra serem tratados de forma diferente, eles não estão.
É que nem aquela coisa de falar que 'se as mulheres pediram direitos iguais, que paguem a conta' e toda essa baboseira. Estamos todos pedindo a mesma coisa: respeito, possibilidade de escolher a vida que queremos levar.
Homossexuais estão simplesmente pedindo o mesmo respeito, coisa que muitos nem mesmo puderam fazer por séculos. E na boa, até acho sim que eles deveriam pedir tratamento diferenciado, porque eles simplesmente não são tratados com o mesmo respeito que heteros.

@Nicklola_ disse...

Ale, acho que como tudo na vida, o segredo é ter senso. Odeio casais sem noção se agarrando do meu lado, independente do sexo. Acho fofo demonstrações de carinhos tipo andar de mãos dadas, carinho, selinho. Isso não tem nada demais. O amor é um sentimento tão bonito que não deve ser julgado. Tenho amigos gays e não me sento nem um pouco desconfortável qdo se beijam do meu lado. Já diz o velho ditado: se amar fosse pecado, o céu estaria vazio e o inferno lotado.

Bjs! Vc é mto fueda!!!

Tamyris disse...

Esse assunto só não é mais polêmico que os 'mamilos'.. =p

Acho que cada um tem sua opinião, eu (por causa da minha criação principalmente) não consigo achar 'normal' pessoas do mesmo sexo se beijando, mas isso não quer dizer que eu seja homofóbica ou que não respeite os homos. Inclusive certa vez tive a oportunidade de conversar com dois rapazes que eram namorados, e entender melhor tudo sobre o relacionamento deles etc. Fiquei bem comovida inclusive, pois um deles me disse que se pudesse escolher não queria ser assim, pois o pai era pastor e ele sofria muito por gostar de alguém que não podia demonstrar na frente de todo mundo e poder viver uma vida como a de qualquer casal.

Enfim.. Acho que é válido discordar, só acho ridículo agredir o outro só porque você não aceita a opção sexual, a religião, cor da pele e por aí vai..

Respeito é bom e todo mundo gosta, como disseram: excesso é péssimo de em qualquer situação (salvo ganhar na megasena que não seria nada mal ganhar várias vezes.. huahua)

PAULA disse...

Eu n~ao sei pq a opc~ao sexual das pessoas ainda incomoda tanto...

Ronaldo disse...


Todos têm direito a ser felizes, independentemente de suas crenças ou opiniões.
As pessoas confundem ‘incomum’ com ‘anormal’. Tudo é normal, embora nem tudo seja comum.
Ser contra a união homossexual é andar na contramão da evolução humana e social. Essa história é velha na sociedade humana.

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs