RSSTwitter

sexta-feira, 28 de outubro de 2011


Bellissima

Adoro quando me aparece em mãos um romance desses que mais parece enredo de novela, com paixões desenfreadas, viagens ao mundo, espionagem, suspense, uma boa dose de sexo e o rotineiro "quem matou?". Aliás, no caso desse livro, "Bellissima", da escritora norte-americana Nora Roberts, é mais fácil dizer "quem está matando", já que não é apenas um crime que acontece nessa trama deliciosa, que até mesmo título de trama televisiva já tem, né? Ou alguém esqueceu da diva Bia Falcão?

A trama até que lembra um pouco essa novela de Sílvio de Abreu, pois sua protagonista também foi criada a sombra de uma personagem maniqueísta, fria and calculista, no caso a sua própria exigente mãe. Tornando-se assim uma pessoa sempre em busca da perfeição profissional, deixando de lado seus atributos físicos e os amores, até que, lógico, aparece um macho bem lindo e gostoso para atiçar , tanto sua bacurinha quanto sua vida, juntamente com um alguém mitserioso cruzando seu caminho no intuito de lascar a existeência da bichinha.

Uma trama bem Bia Falcão e sua neta Júlia Assumpção, né vero?

Quem for adepto de leituras mais profundas deve se manter bem afastado desse livro. Mas quem, assim como eu, adora um passatempo leve desse gênero, garanto que irá se deliciar!

Espero que curtam a minha dica de leitura do fim-de-semana. Beijos molhadinhos na Cristina Prochaska de cada um de vocês!


Imagem: Divulgação


Bellíssima

Autor: Nora Roberts
Páginas: 546
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2010

Com Bellissima, Nora Roberts une novamente seus dois maravilhosos ingredientes: romance e suspense. Depois de ter a casa assaltada, Dra. Miranda Jones decide esquecer o incidente, indo às pressas para a Itália a trabalho. Lá, deverá constatar a autenticidade de um bronze renascentista de uma cortesã da família Médici, conhecido como A Senhora Sombria.

Especialista em autenticação de obras renascentistas, Miranda atesta como original uma falsificação. Ao descobrir a farsa, ela decide encontrar a verdadeira peça e revelar o motivo para tal crime. Para isso, terá a ajuda do sedutor ladrão Ryan Boldari, que pensa em se apoderar da obra de arte. Porém, os planos dos dois ruem quando um perigoso assassino começa a persegui-los.

E a situação se fecha quando fica nítido que o assalto à residência de Miranda não foi um mero acaso, e que A Senhora Sombria guarda tantos segredos quanto a bela mulher que lhe deu o nome. Para a doutora, o caminho de volta para casa está repleto de traições, deslealdades e perigos que ameaçam a todos.

9 comentários:

jana disse...

Ai, ai, já to até imaginamdo o ladrão.....

Alessandro disse...

Jana, o ladrão é daqueles que a gente entrega até a conta bancária sorrindo! mas ele é um ladrão phyno, meu bem!!!

Helô disse...

Eu amo a Nora! Já li tanta coisa dela Alê...mas ainda existe um preconceito enorme dos pseudo-intelectuais que acham que, por ser romance, tem menos valor do que qualquer outra.
Leia a série Mortal que ela escreve sob o pseudonimo de J.D Robb. É MARAVILHOSA!!!
Sem contar que te o Roarke...delicioso!

Bju

Alessandro disse...

Helô, eu adorooooooooooo a Nora! vou tentar ler essa série que vc indicou. beijos

Leocádia disse...

Uma vez li um livro dessa autora de mais de 600 páginas. Era sobre uma banda de rock que nunca havia conhecido o fracasso e a filhinha do vocalista que era perseguida por um cruel assassino. Bom, peguei o livro na biblioteca porque li em algum lugar que quem vive on line desaprende o português!

Alessandro disse...

Leocádia, esse livro que vc falou eu tb já li! é "Segredos".

A Agradável :) disse...

Esqueci de dizer que tu escreves o português bem direitnho, blogueiro!

Luana disse...

A Nora Roberts é uma das minhas autoras preferidas. Eu li Belíssima, e é um ótimo livro!E também recomendo a série Mortal com a personagem Eve Dallas e o Roarke. Para quem não sabe também há os filmes para a televisão baseados nos livros da Nora, mas estes eu não recomendo.(Geralmente as histórias dos filmes nunca tem nada haver com os livros.)

Anônimo disse...

E muitas vezes novelas, nada mais são do que adaptações, mal feitas de muitos livros que tem por ai..

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs