RSSTwitter

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012


Um glossário útil e bem humorado para a temporada de moda

Começando a temporada de desfiles a gente começa a ver um pouco de tudo, ou mais do mesmo, dependendo de como se analisa. Ontem mesmo estava lendo um texto da Nina Lemos que falava sobre isso, e tive que dividir aqui, só cabendo a mim ilustrar o post e rir muitooooo!!!

Glossário secreto para a temporada de moda (ou porque o camelo é o novo preto)

Hoje começa o Fashion Rio, a semana de moda do Rio de Janeiro. E logo depois a São Paulo Fashion Week. A temporada de moda está aberta! Isso significa que a partir de hoje você vai ler e assistir matérias falando coisas sobre tendências, a cor camelo e outras palavras enigmáticas. Depois de anos e anos e anos cobrindo os eventos, essa repórter se sente capaz de fazer um glossário básico explicando os misteriosos termos da moda. Não é para levar a sério. Esse é um texto de humor. Só que tudo o que está escrito aqui é verdade.

Tendência - aquela coisa que você vai acabar usando, mesmo que no inicio ache feia. Você achava calça de cintura alta horrível. Mas virou tendência. E todas as marcas começaram a fazer e, quando você viu, estava usando uma. E achando lindo. A tendência muitas vezes é copiada da Prada.



Prada - Grife italiana que é, há tempos, a preferida pelos brasileiros (e gente do mundo afora) na hora da cópia. Há quem diga que a Prada jogou uma praga e abduziu as pessoas. Na temporada passada, a marca apostou em listras, o que se vi em vários desfiles do Fashion Week. Esse ano, o desfile gringo deles foi com cores pastéis. Se você perceber várias coleções com tons pastel, não se assuste. É tendência, quer dizer, é copia da Prada.



Preto - a cor preferida pelos fashionistas. Faça 40 graus ou faça -20. O diabo veste Prada. E preto.

prada5

O novo preto - Todos os anos aparece um novo preto. O novo preto pode ser até o branco. Há algumas temporadas, o novo preto era o nude. E esse ano parece que o novo preto é o camelo.



Camelo - é uma espécie de marrom. Então, o camelo pode ser também o novo marrom. Frase já ouvida em uma semana de moda. “O camelo é o nude negro”.



Acima do peso - Qualquer modelo que esteja pesando mais que 48 quilos. Na primeira fila, será comentado que a fulana está gorda. Não, não está. Provavelmente ela só está saudável.



Celebridade - qualquer pessoa famosa (ou semi) que resolver dar uma pinta na semana de moda. Ela será cercada por jornalistas que farão para elas sempre as mesmas perguntas. “Você gosta de moda” “O que você está usando” “O que você veio fazer aqui”. E ela sentará na primeira fila, claro.



Primeira fila - olimpo do mundo da moda. A área vip do vip. Quem senta na primeira fila em geral é um cidadão considerado melhor que os outros. Essa pessoa tem status. Ela lança tendências. Todos os anos várias brigas (reais) acontecem por causa da primeira fila. “Esse lugar era meu”, grita alguém. “Mas onde está o seu convite”, responde outro, nem sempre com educação.



Fashionista - Pessoas que andam correndo pelo mundo da moda vestidas de preto e usando o batom da temporada, o esmalte da temporada e, bem, trabalhando. Elas fazem parte do chamado “mundo da moda”, que é o lugar onde as pessoas falam sobre tendência e cor camelo. E gostam de sentar na primeira fila.



Cartela de cores - termo usado pela maioria dos jornalistas de moda para explicar um desfile. “A cartela de cores variou entre o branco e o vermelho passando por tons de rosa”. Cartela de cores é a lista de cores que foram usadas naquela coleção. Simples assim. E lá estará o camelo.



Conceito - qualquer coisa que você não conseguir entender. Se a roupa só tinha uma manga e era furada, bem, isso era conceito. Se as modelos estavam pintadas de azul e o cenário era de uma nave espacial, isso também foi um conceito. E a roupa que você não entende como vai conseguir usar é uma peça conceitual."

Nina Lemos


Imagens: Reprodução


Genial!!!

14 comentários:

Cassiana disse...

Melhor impossivel.

Amanda disse...

Muito bom!

Vie disse...

Morri de rir!

www.querendoserlinda.com

Drika disse...

Muito bom o texto... espirituoso e verdadeiro! kkkkkkkkkk

O pior é que é tudo verdade.
Raríssima exceção são estilistas que não copiam outros.

bj

Nina disse...

sensacional! hahahaha e muito verdadeiro.

Raquel M.B.G. disse...

Muito bom, rs.

Mi disse...

muito bom...ri muito!!!!

Ana Carolina disse...

Ri de chorar! Fantástico! Beijos!

Renata Nogueira disse...

Adorei esse texto!! Bjs!

Anônimo disse...

muito bom mesmo!!!

É um período também pra "todomundo" ser entendedor de moda...afff

Michelle disse...

excelente

Keilla disse...

Divertidíssimo!! Ri muito. Nada mais conceitual que as roupas de papel do Jum Nakao. Até hj num entendi muito bem aquilo tudo.

Deborahcaf disse...

Adoreiiii....que demais!

Anônimo disse...

Essa foto da Victoria com esse braço fino... Que coisa triste...

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs