RSSTwitter

quarta-feira, 31 de outubro de 2012


SPFW INVERNO 2013 - Diversidade na Passarela

*Por Alex Cavalcanti 


Era muita a ansiedade por esta edição do SPFW! Além do óbvio interesse em saber das tendências para a próxima temporada, esta edição também trouxe muitas novidades: A mudança de casa – agora os defiles estão rolando numa área especialmente construída no Parque Villa Lobos, já que o Pavilhão do Ibirapuera está ocupado pela Bienal de Arte até o fim do ano – e a alteração na data. Neste anos tivemos 3 edições da semana de moda, em vez de só duas, como é o comum.





A Osklen abriu a semana de moda com uma inspiração invernal – com I maiúsculo: O apelo rústico das paisagens da Patagônia com a sofisticação gelada de Aspen, nos EUA. Na passarela, muito couro e pele, e uma cartela de cores super enxuta: Branco, preto, nude e vermelho. A maioria das peças eram lisas, mas algumas tinham estampas que mostravam picos nevados.



Ronaldo Fraga se inspirou num livro de um escritor mineiro para elaborar uma coleção mais simples e delicada do que as que ele vinha apresentando até então. As peças tinham um quê de roupa do interior, com estampas de casinhas de cidade pequena e uma cartela de cores que privilegiou os tons de roxo, azul e vermelho – esta última cor que vem se delineando como uma promessa para a próxima temporada.

 


Já a Têca, que se inspirou nas tradicionais caçadas inglesas, mixou esse referência de apelo mais clássico com algumas tendências fortes para essa temporada, como a mistura entre o branco e o dourado.

 


Outro que apostou no brilho foi Fause Haten, que trouxe looks repletos de lantejoulas, brilhos e paetês para mulheres que mais pareciam bailarinas fashionistas. 



Enquanto isso, Tufi Duek buscou inspiração no filme clássico “Os pássaros”, do mestre do suspense Alfred Hitchcock, para compor um inverno sóbrio, elegante e com toque levemente fetichista – com destaque para os tons de preto e vermelho. 

 


Triton e Ellus encerram a noite confirmando a diversidade de propostas para a próxima temporada. A primeira uniu referências militares com uma releitura invernal das referências tropicais, apresentando uma coleção com muito verde oliva, cinza, azul e tons terrosos. 
 
 


Já a Ellus buscou inspiração na estética policial para compor uma coleção mais pop, onde looks mais alegres e de cores fortes como o amarelo dividiam espaço com criações mais sóbrias, bem ao gosto do que se espera de uma coleção de inverno. 

   
Fotos: Fotosite



*Alex Cavalcanti é jornalista e produtor de moda. Além de editar há 5 anos o www.nacamacomleon.com, é colaborador de vários jornais e revistas nacionais.



2 comentários:

C. Fiuza disse...

Quanta coisa impecável... Digno de aplausos, todos! A moda brasileira está para além do admirável, está sublime.

La Curiosa disse...

existe modêlo de passarela sorridente???

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs