RSSTwitter

quinta-feira, 1 de novembro de 2012


SPFW INVERNO 2013 - Um inverno cheio de propostas

*Por Alex Cavalcanti 

 
No segundo e antepenúltimo dia do SPFW (essa edição é mais curtinha, serão só 4 dias de desfiles) tivemos mais diversidade de propostas para a próxima temporada. Enquanto algumas grifes optaram por looks mais comerciais e usáveis no dia a dia, outras mergulharam fundo no lado conceitual, mostrando produções maximalistas e dramáticas.


 


João Pimenta abriu o segundo dia de desfiles com uma das coleções masculinas mais bonitas que eu vi nos últimos tempos. Inspirada na estética dos malandros cariocas, a coleção se baseou na alfaiataria e trabalhou de forma super interessante várias peças. Flertando com os estilos vintage e dândi – a coleção é ideal para os homens que querem ser elegantes mas não abrem mão de um toque moderno nas suas produções. 


Destaque para as leggings de veludo preto, casacos sequinhos e estruturados, camisas e calças douradas, ternos de couro, blazers que pareciam sobretudos – que mostram que até o homem mais tradicional pode dar um toque moderno ao seu guarda roupa. 

 


Já a Uma, comandada pela estilista Raquel Davidowicz, seguiu por um caminho mais urbano e minimalista, como ela já tinha feito na temporada passada. Roupas fáceis de usar, confortáveis e quase sempre lisas – portanto, mais atemporais – adequadas para mulheres que vivem em cidades grandes. Na cartela de cores, tons como branco, preto, marrom e laranja. 


Samuel Cirnansck e Lino Villaventura colocaram a moda festa no mais alto patamar com as suas criações. Os dois seguiram o mesmo caminho aberto com a coleção passada. 


 

Com Cirnansck, vimos bordados riquíssimos, transparências, vestidos diáfanos e um apelo super glamouroso. 



Já o Lino, dramático como sempre, apresentou outra coleção que foi um show visual. Bem ao gosto do Halloween, ele mixou referências góticas com um toque maximalista: Golas que viravam capuzes, bordados ricos, muito volume nas saias e por aí vai. 



Encerrando a noite, a Colcci apresentou mais uma coleção que é a cara da marca: Bem usável, e que mostrou um apanhado geral de tudo o que está se firmando como tendência para a próxima temporada. Se a Ellus se inspirou nos looks dos policiais, a Colcci se inspirou nos uniformes para a sua coleção de inverno. Assim, vimos looks monocromáticos e outros onde as peças tinham uma cartela de cores coordenadas, tipo uniforme mesmo. Além da pegada urbana, vi um toque militarista em alguns dos looks

 
Fotos: Fotosite



*Alex Cavalcanti é jornalista e produtor de moda. Além de editar há 5 anos o www.nacamacomleon.com, é colaborador de vários jornais e revistas nacionais.



7 comentários: