RSSTwitter

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013


Fique Lindo and Magro

Quem me acompanha pelas redes sociais sabe que desde setembro vivo falando sobre o meu projeto "fique lindo and magro". Projeto esse que, apesar do título super irônico, tenho levado bastante a sério, com o foco totalmente direcionado em perder peso.


Só que não estou fazendo isso apenas para entrar naquele look "deuso" da vez! Embora não tenha achado nada ruim voltar a usar 40 (a meta é 38!), mas sim para ter uma vida mais saudável, longe dos hábitos nocivos à saúde. Afinal de contas a gente não é só aquilo que comemos, mas também o que bebemos, fumamos e até mesmo o que deixamos de fazer. Né verdade? 

Então desde que comecei o tal projeto já foram embora 04 quilos do meu corpitcho. O que equivale a perda de 01 quilo por mês. E a minha visão é fazer tudo devagar assim mesmo, já que estou levando o processo não como dieta e sim como uma reeducação para viver melhor. Esse é um projeto que devo seguir  pra sempre, não apenas para ser feito por alguns meses e logo após seu término retornar tudo ao que era antes. Não quero assim! Até porque anos atrás fiz uma dessas dietas loucas, onde perdi bastante peso. Só que quando cheguei ao peso que eu queria e parei de fazer a mesma, continuei a emagrecer horrores! Resultado: fiquei com tanto medo dessa perda radical de peso que sai comendo muito, engordando tudo e mais um pouco do que havia perdido! Um perigo isso, não? Fora que o fato da gente seguir regimes por conta própria acaba f... todo o nosso organismo. Quer fazer uma dieta correta? Então procure um bom nutricionista! Nada de fazer a dieta da sopa, da lua ou a "Dukão", visse?


Para início de conversa esse meu projeto na busca em viver melhor foi iniciado há 06 anos atrás quando parei de fumar. Vício esse que me acompanhou por muitos anos, mas que graças a Deus consegui largar de forma bastante radical. Pois em um dia eu fumava e no seguinte já me tornei um ex-fumante! Não tendo essa de parar aos pouquinhos ou quando acontecesse isso ou aquilo, para esse tipo de hábito não existem metas. Simplesmente decidi que não queria continuar fumando pois isso só acarretaria malefícios à minha saúde, sendo essa uma das decisões mais acertadas que tomei em vida! Sabem porque? Quem fuma não tem noção do quão odioso vem a ser esse hábito! Eu mesmo vivia reclamando de minha mãe, dos amigos, namorados, colegas de trabalho, que teimavam em me criticar por ser fumante. Falavam que minhas roupas, cheiravam mal, meu hálito cheirava mal, enfim, tudo era um fedor brabo ao meu redor e eu achando que era pura implicância. Mas querem saber? TODOS ELES ESTAVAM MAIS DO QUE CERTOS!!!! Depois que parei de fumar foi que tomei a consciência do quanto nós fumantes somos realmente uns seres fedidos! E nem adianta a gente tomar 400 banhos por dia, nadar numa banheira de Chanel N°.5, viver chupando Halls do preto ou mascar Bubballo Maçã Verde, que nada disso, absolutamente nada mesmo adianta após você se jogar no cigarro! Beijar de língua um fumante então? NOJO TOTAL!!!! Parece que você está lambendo um cinzeiro! Desculpem-me a sinceridade, meus queridos amigos que ainda fumam, mas a verdade é essa: TODOS OS FUMANTES FEDEM PRA CARALHO!!!!

Outra coisa ótima em ter parado de fumar é que antes bastava o clima mudar que eu tinha problemas com cansaço. Bastou parar com o vício que nunca mais, nesses anos sem colocar um cigarro na boca, eu tive sequer uma crise! Meu folêgo também melhorou horrores, dolores and gladiadores, pois quem diria que hoje em dia eu conseguiria fazer aula de power jump, se antes não consegui sequer andar um pouco mais apressado pelas ruas que já ficava colocando os bofes pra fora de tão sem ar que ficava? Gente, juro que o prazer todo descrito aqui é muito maior do que acender unzinho depois de almoçar e tomar aquele cafezinho. ACREDITEM!!!!


Eu vou confessar que nunca fui muito afeito aos exercícios físicos. Tanto que na escola uma vez quase fui reprovado por faltas em educação física, acredita? Não conseguia gostar de nada que envolvesse esportes, até que fui fazer natação e adorei! Pena que essa empolgação foi apenas na adolescência mesmo, porque na idade adulta o único esporte que curtia era o sexual  e o bate-cabelo na boate. rsrsrsrsrs

Mas sabe que é por aí mesmo que a gente tem que fazer nossa escolha por atividade física? Não, não estou falando em você optar por transar ( ainda se fala essa palavra?) o tempo todo ou viver dançando feito louca! Apesar que não seria nada mal, hein? Mas sim que deve procurar sempre uma atividade que te faça bem. Uma que você não enxergue como sacrifício, entendeu?

Eu, por exemplo, me matriculei em uma academia e não sou um dos mais entusiastas em praticar musculação e faço bem pouco por enquanto. Essa coisa de levantar peso não me agrada muito. Também não adoro esteira, nem bicicleta ergométrica, pois acho que correr e pedalar tem que ser ao ar livre, ficando entendiado se faço mais que 30 minutos de uma dessas duas. Porém super me encontrei na aula de jump, já que essa junta música dançante e muita pinta nos exercícios. Então faço 01 hora inteira de aula ligado nos 220 Volts sem reclamar nadica de nada... mentira! Reclamo às vezes só pra zoar o professor! rsrsrsrsrs

Então o negócio é se mexer, não importa como! Gosta de dançar? Então se joga no balé, na dança de salão, etc. Não tem tempo para isso? Então tenta dançar em casa mesmo, fia! Bota um cd de samba 3 x por semana e baixe a rainha de samba por uns 45 minutinhos ou 01 hora, que terá bons resultados. Não gosta de samba? Não importa! Vale funk, axé, dance music, qualquer coisa que te faça mexer o corpo todo, ok? 

Dançar não é bem a sua praia? Não importa! Pois as opções são infinitas nesse quesito, já que existem várias atividades que podem te fazer exercitar com o devido prazer. Exemplos: patinação, nadar, pedalar, caminhar, pular corda, subir e descer escadas, sair correndo dos margis ou dos alibãs... #aloka


A opção por exercícios aeróbicos exige que você use um bom par de tênis. Então nada de economizar na hora de comprá-los, salientando que eles são mais do que importantes tanto na proteção dos seus pés quanto no auxílio da postura correta ao se exercitar. Por isso optar por tênis de uma boa marca é deveras necessário! Já a roupa pode ser qualquer uma que te deixe a vontade e ventilada.

Não fique querendo praticar exercícios toda montada que é muito ridículo! Quem chega na academia maquiada e penteada, quase sempre vira sinônimo de chacota, e com toda a  razão.

 
Uma coisa que deve-se evitar fazer quando estamos em processo de perda de peso é ficar  todo santo dia nos jogando na balança pra verificar o peso, pois isso acaba se tornando uma baita frustração. E, como bem sabemos, frustração acarreta ansiedade, e ficando ansioso nos danamos a comer. Então evite fazer isso!

Eu me peso uma única vez por mês. Mas  logo no início era um inferno! Pois verificava meu peso todo dia e acabava me decepcionando ao ver que tinha perdido apenas alguns gramas ou nenhum. No começo do processo a coisa funciona vagarosamente mesmo. Até porque seu corpo ainda não está condicionado a perder peso. Portanto o ideal é só pesar-se nesse esquema de uma única vez por mês, que é para não ficar aborrecido com a lentidão do processo e ficar feliz quando constatar que 01 ou mais quilinhos foram desapegados do seu corpo.


Como é bom dormir, não? Mas o problema é que durante a semana nem sempre fazemos isso direito. Indo deitar tarde e acordando cedo para trabalhar, desregulando assim o nosso sono e, por tabela, nos engordando! Pois é gente. Estudos científicos já comprovaram que quem dorme mais e melhor, tem menos chances de engordar dos que os que dormem menos e mal. Até porque dormindo ninguém come nada, né? Já acordado a fome ataca por conta da ansiedade. hehehehehe

Isso é algo que ainda estou trabalhando, confesso. Pois quase sempre acabo dormindo menos do que gostaria/poderia por conta justamente de ficar por muito tempo ligado virtualmento e isso me atrapalha bastante o necessário sono. Já que minha mente continua  para lá de acesa mesmo após ter desligado o computador. Então custo muito a dormir ao deitar. 

Estou tentando estabelecer (e cumprir) horários para que isso não mais aconteça e eu consiga dormir de forma correta, que é para não virar um insone comilão.


Olha, não sei vocês, mas a minha sede só consigo matá-la mesmo quando tomo água. Não consigo entender como existem pessoas que não gostam de beber ou esquecem de tomar esse líquido precioso e tão necessário ao organismo. A água além de saciar a sede, também faz com que regule a temperatura do nosso corpo, eliminando as toxinas através da urina e da transpiração, além de fazer a distribuição dos nutrientes pelo nosso corpo. 

Estão vendo como ela é babadeira? Salientando que muita gente sofre de vários problemas no organismo, inclusive estomacais, simplesmente por não beberem água o suficiente ao longo do dia. Ou como vocês acham que o barro vai descer se o caminho estiver  todo trabalhado na aridez, meu bem?

Então tentem beber de 2 a 4 litros de água por dia, que todo o seu organismo irá agradecer. Também  podemos fazer uso dos sucos naturais e chás, deixando de lado os refrigerantes, que são a treva eterna! Mesmo os lights e zero açúcar da vida, tá?

Ah! Me perguntaram sobre o que eu faço no caso das bebidas alcoólicas, no caso a minha amada cerveja, já que todos sabem que eu apenas amo beber! Pois bem, eu não cortei ela não, tá? Apenas diminui a quantidade das viradas de copos. Pois do que adianta ficar magro e, ao mesmo tempo, ficar infeliz,  sem curtir os pequenos prazeres dessa  nossa vida? Prefiro ser um gordinho bem alegre do que isso.  Até porque reparo que as pessoas que entram numa de neurose por dietas estão sempre com um aspecto nada saudável e meio depressivo. 

Sabendo conciliar sem exageros, dá para se dar bem nos dois lados. Então, atualmente escolho apenas um único dia no final de semana para relaxar e gozar (ooopppppssssss!) dos bons drinks. Claro que só me dou ao desfrute se tiver me comportado durante toda a semana. E mesmo assim pratico algum exercício em casa antes e no dia seguinte da esbórnia. Fazendo isso eu não tenho nenhum aumento de peso. Simples, não?


O fator mais relevante em estar acima do peso ideal foi a comida, of course. Pois sou do tipo que adora comer muito! Mas nunca fui de me amarrar em comer besteiras, sabe? Não amo pizza (massas em geral), nem McDonald's, nem frituras, nem refrigerantes. Claro que vez por outra já me joguei em todos esses, mas nunca foi algo que me desse aquela água na boca. O que curto mesmo uma boa comida caseira. E isso, realmente, eu como bastante...

Pra sanar o problema de forma satisfatória a coisa foi bastante tensa nas primeiras semanas. Pois bastava lembrar que estava em dieta pra começar a sonhar adoidado com comida. Só que como todos devem saber, apesar de nunca cumprirmos, só conseguimos perder peso numa boa, sem passar fome, se nos alimentarmos mais vezes ao dia do que o habitual, bastando para isso saber balancear corretamente as refeições. Iincluindo em pequenas quantidades nas mesmas todos os grupos de alimentos importantes para o organismo e comendo religiosamente de 3 em 3 horas. E é assim nos alimentamos bem ao mesmo tempo que ficamos com energia suficiente para exercer as atividades, já que só comer corretamente não vai fazer perder o peso desejado.

E foi isso mesmo que comecei a fazer na minha alimentação. A primeira providência foi virar marmiteiro nas refeições fora de casa. Pois assim evito ser seduzido em sair da linha nos restaurantes e refeitórios da vida. Então no almoço, quando no trabalho, sempre trago comigo a marmitinha preparada com uma porção de arroz integral, uma de feijão, legumes, hortaliças e uma carne grelhada, dando preferência para as brancas. Se é sem graça comer isso durante todos os dias? Bem, pra mim não! Já me acostumei a preparar tudo isso de forma sedutora mas sem adicionar nada muito calórico. Por exemplo, cozinho a maioria das coisas com ervas diferenciadas a cada dia, o que dá um sabor diferente e gostoso. Também costumo incluir pedacinhos de ricota ou 01 colher de requeijão light no arroz. Opções não calóricas existem aos montes, basta a gente exercitar a criatividade na hora de cozinhar. Não tomo líquidos durante essa refeição e também não como sobremesa.

Café da manhã é a refeição que como mais. Antes de comer tomo um chá verde ou uma xícara de água morna com limão. Depois como uma fatia de melancia, uma de mamão e outra de melão. Depois tomo um iogurte, quase sempre Actívia por ser rico em fibras, acrescentando no mesmo uma colher de sopa de linhaça dourada e outra de aveia. E não, eu não fico me obrando por conta disso não, tá? Também como um sanduíche feito com pão integral, de linhaça ou de soja. No recheio vai peito de peru light, ou 01 ovo cozido ou pasta de ricota. Claro que isso não é o cardápio de todos os dias, pois tem vezes que como inhame ao invés de sanduíche e no lugar do iogurte posso comer 01 banana cozida com granola. Novamente evito tomar líquidos durante essa refeição.

O jantar antigamente era a minha refeição mais errada do dia. Já que justamente nela, que deveria comer menos, que eu me jogava com força. Indo dormir com o bucho estufado, pois o tempo da digestão era menor, sendo portanto mais lento. Comecei a optar então a tomar sopa ou comer duas rodelas de inhame. Isso quando minha gloriosa mãe não me deixava algo muito pesado como macaxeira com charque! Aí eu não poderia recusar, né? Mas tive uma DR e pedi para que ela parasse com essa coisa de preparar coisas gostosas pra eu comer de night! Então de duas semanas pra cá essa tem sido a refeição que radicalizei total, pois ao invés de comer estou tomando um desses shakes dietéticos que, thanks Good, até agora não tem me feito sentir fome nesse horário.

A respeito dos lanchinhos nos intervalos das refeições tenho comido basicamente frutas e barrinhas de cereais. Tipo, tomo café da manhã e vou à academia. Quando acabo o treino como uma barrinha de cereal, nunca aquelas com cobertura de chocolate e similares, tá? Só como mesmo aquelas sem graça com banana, aveia e mel. E sabem o motivo de escolher essas? É porque meu caso com doces é daquelas paixões exacerbadas! Sou louco por tudo que contenha muito açúcar! Sendo do tipo que compra uma barra de chocolate ou caixa de bombons e como tudo no mesmo instante! Que faço um bolo ou torta e como quase tudo. Mesma coisa com sorvetes, que sempre são os maiores e com os sabores mais melados. Festa de criança? Afffff! Me acabo nos brigadeiros, olhos de sogra, cajuzinhos, etc. Então por isso mesmo decidi me afastar de todos os que lembrem eles. Claro que de vez em quando não resisto e acabo comendo. Mas depois fico com a consciência pesada e vou correr! rsrsrsrs

Bem, já nos lanches  após o almoço e o jantar, a escolha é sempre fruta. Dou preferência às vermelhas como maçã, uva, morango, cáqui e ameixa.

Então é isso, gente. Para fazer esse projeto todo é como a dança "Créu": tem que ter disposição! Já a habilidade todo nós temos, basta deixar a preguiça de lado e não esperar para fazer isso só na segunda-feira do dia 30 de Fevereiro, ok? Comece já!!!! E tchau que estou indo à academia ralar o bucho!

23 comentários: