RSSTwitter

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013


Um lago que brilha

Sim, você não leu errado, o lago Gippsland, na Austrália, brilha mesmo! É que quando aumenta a concentração de algas, do tipo Noctiluca Scintillans, no lago (que se reproduzem em excesso por causa da poluição), acontece a bioluminescência, fenômeno que faz a água brilhar. Lindo!

Fotos: reprodução


Ecologicamente incorreto, mas ainda assim um espetáculo.

8 comentários:

Cris disse...

A primeira vez que vejo algo poluído ser tão lindo!

C. disse...

Como no filme do Pi! Pena que por poluição, mas interessante saber que existe. Muito lindo.

Flávia Ferreira disse...

Adorei! Muito impressionante as imagens!
seguindo aqui,segue devolta?

plincessanegada.blogspot.com

Davina disse...

me lembrei na hora das aventuras de Pi.....

Graci disse...

Nossa que coragem dessa galera que entrou aí pra tirar as fotos!kkk

Júh Britto ♥ disse...

O fenômeno é lindo,mas não teria coragem de nadar ai por causa da poluição.

Anônimo disse...

WOW amei,claro que eu nadaria.Parabéns Kaira mais imagens lindas segue assim LINDA.

Anônimo disse...

nem toda alga que brilha é por causa da poluição.

Ao contrário, em estuários bem conservados, há espécies de cianofíceas que fazem esse mesmo espetáculo, justamente por estarem em um local rico em matéria orgânica, como deve ser, inclusive, o caso deste lago.

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs