RSSTwitter

quinta-feira, 21 de março de 2013


Uma Verdadeira Carta de Amor

Nesses tempos esquisitos que estamos vivendo, onde alguém assumidamente racista e homofóbico consegue se eleger como presidente da comissão dos direitos humanos, é um sopro de alívio constatar que ainda existem pessoas que realmente amam o seu próximo de forma incontestável, não o julgando por credo, cor ou sexualidade.

Abaixo mostro a reprodução da carta de um pai para seu filho gay, e que demonstra bem como todas as pessoas deveriam ser tratadas nesse mundo tão selvagem, egoísta e cheio de preconceito.

Não chamo o garoto de sortudo por ter um pai como esse. Sabem porque? O pai de Nate está apenas agindo como se deve. E é deveras estranho que nos surpreendamos quando um pai trata seu filho de forma carinhosa, amorosa e compreensiva. Afinal não é assim que todos deveriam agir?

“Nate, eu ouvi sua conversa no telefone com o Mike, ontem à noite, sobre seus planos de ‘sair do armário’ para mim. A única coisa que você precisa planejar é trazer suco de laranja e pão aqui pra casa, após a aula. Nós já estamos fora do armário, assim como você. Eu já sabia que você era gay desde que você tinha seis anos de idade e eu te amo desde que você nasceu. Ass: Papai
Ps: Sua mãe e eu achamos que você e Mike formam um casal fofo.”

30 comentários:

thais marafon disse...

lindo ver que ainda existem pessoas boas no mundo

Gija disse...

simplesmente perfeito!!!

Anônimo disse...

Simples e lindo!

Anônimo disse...

Que lindo!Esse menino tem um pai de ouro, uma família maravilhosa pelo visto.

Bjsss Ale.

Anônimo disse...

emocionei! lindo, Ale!

Anônimo disse...

Chorei...

Luciana disse...

ai que lindo!

Renata Costa disse...

Acima de qualquer coisa, o amor! Adorei ver que ainda existe gente boa no mundo!

Fernanda disse...

Lindo mesmo. Carta singela com um PS ótimo.

Ju Passos disse...

Ai, que coisa mais linda! Chorei! É muito saber que ainda existe gente sensata nesse mundo.
Tenho uma tia lésbica, hoje já com 52 anos, e que é rejeitada pelo meu avô desde garotinha...muito triste!

Kaira disse...

Ownnnnnn!!!! ♥

Anônimo disse...

Tem gente que acha que ofende chamando de gay... Que pena!

Anônimo disse...

Pai fofo!!!

Aline Chagas

Júh Britto ♥ disse...

Muito lindo Alê

Cris disse...

Que belo exemplo!
Se mais pessoas tivessem Respeito e Amor com todas as pessoas, independente da sua escolha na vida, o mundo seria um lugar muito melhor de se viver!

simplesmente maravilhoso!

Bel disse...

Fiquei muitoo emocionada !
que lindo exemplo de respeito =)

Anônimo disse...

Maravilhoso!!!! conceber um filho é fácil, mas SER pai e mãe é outra coisa...eis um belo exemplo!!

Lindo demais!!

Dan

Anônimo disse...

Quem dera se todos os pais fossem tão maduros, preparados e sensatos como esses ao descobrir a orientação sexual do filho.
Com certeza, haveriam menos pessoas frustradas, dilaceradas e cheias de traumas. A fórmula é simples: tudo o que um filho espera de um pai é amor, acolhimento e compreensão.

Diana Alcantara disse...

Nossa, que exemplo! Chorei! Que bom saber que num mundo onde existem Felicianos existem pessoas como essas para "equilibrar" a balança...

Mariel disse...

Enchi meus olhos de lágrimas agora. Eu sabia...eu sempre soube que existem pessoas legais neste mundo!!

Vanusa Rocha - Blog Bonequinha de Luxo disse...

Que lindo e sincero Alê, amei, bjs, Va.

Candida disse...

Ele nao é uma boa pessoa. É um pai. De verdade. E é assim que os pais deveriam tratar os filhos. Nao deveria ser espanto, mas é. Pena.

Candida disse...

P.S.: nao somente os pais, claro, mas todas as pessoas, se se tratassem assim, fariam um mundo melhor, seria uma corrente do bem.

Rayra disse...

impossível não se emocionar.

Anônimo disse...

Pois é, Alessandro, uma pena que o mundo não é assim. Era isso que eu estava tentando expressar quando eu critiquei alguém num post seu sobre homofobia por defender a opinião do Silas Malafaia. Certas coisas não são questão de opinião, nós só podemos entender certas questões se tivermos amor o suficiente no coração, amor de verdade pelo próximo. Pra quem não tem isso, gostar ou não de que as pessoas sejam gays vai continuar sendo só uma questão de opinião que não tem muita importância desde que vc não interfira na vida dos outros independente da sua opinião.
Essa é uma maneira prática de ver as coisas, mas definitivamente não é a melhor, aceitar, se conformar é diferente de compreender com todo o coração e todos precisam de real compreensão e não de mais preconceito disfarçado de opinião que um monte de pessoas mesquinhas como o Silas(do deputado eu nem falo, pq ele é muito descarado e agressivo, o caso dele é mais gritante) que continuam cultivando esse tipo de atitude.

- Ray

Anônimo disse...

Achei lindo realmente, mas porque um um bilhetinho escrito a mão vem parar na rede? Se querem dar exemplo, isso com certeza eles fazem no dia a dia através das suas atitudes e da postura. Desculpem-me mas não entendo essa publicidade.

Alessandro disse...

publicidade mais do que válida pra enfiar na mente da sociedade que nós, seres humanos, ainda temos jeito, não? então é muito bom que as pessoas que passem por uma experiência legal dessas divulguem esse tipo de ação. não a escondendo no armário justamente pra servir de exemplo.

Noelle Penha disse...

PUTA QUE PARIU! Arrepiei e me emocionei!

Isso sim é pai, aquele que ama, acolhe, respeita...

Garoto de sorte esse. Quem dera todos os pais pudessem ser assim com seus filhos, isso evitaria muito sofrimento.

Maravilhada :) disse...

isso mermo, Alessandro!!!

Anônimo disse...

Sabe o melhor?? Ele não supervalorizou a orientação sexual do filho dele!! Ele tratou com naturalidade como deve ser feito!! Se você meu filho diria: se preocupe em tirar boas notas e estudar rsrs
Acho ótimo isso ser divulgado!!

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs