RSSTwitter

terça-feira, 2 de abril de 2013


Vogue Brasil de Abril

Raramente consigo gostar da edição brasileira da Vogue, pois quase sempre acho que falta alguma coisa para a revista ser interessante ao ponto de pagar 15 dilmas por ela todo mês. Acho que um dos problemas é a falta de uma real identidade da publicação, que geralmente peca por xerocar as edições gringas sem nenhum pingo de criatividade.

Abaixo temos um bom exemplo disso na capa com a modelo Rosie Huntington-Whiteley, que tá bonito sim! Mas dá pra usar um look desses aqui? Fora que nem um cenário brazuca eles colocaram, né?

Vejam bem, não estou querendo que a revista seja patriota e se jogue no regionalismo radical, longe de mim! Até porque a moda permite certas ousadias, e dá para encarar qualquer atrevimento nesse campo. Mas cadê a identidade que temos numa Vogue Paris, Itália, US? Não existe, né mesmo?

Fotos: Henrique Gendre



Na mesma edição, temos um sexy editorial  sobre jóias, intitulado "Guerra Preciosa", trazendo Isabeli Fontana  toda trabalhada no militarismo.

 
 Fotos: Zee Nunes


E eu sigo preferindo a Harper's Bazaar Brasil...

11 comentários:

Fernanda disse...

Ale, o regionalismo ficou por conta de uma matéria sobre tapioca. hahahahaha

Anônimo disse...

As fotos foram tiradas no México, cenário de filme do Tarantino.

andpizzazz disse...

Tudo bem fazer editoriais fora do Brasil, o que me mata na vogue é a (falta de) qualidade do texto. Péssimo! E a paranóia que eles estão agora com monarquia? Toda hora falam algo do tipo.. são uns caipiras colonizados

lea disse...

é mta pele pra uma revista que circula num país tropical nao e mesmo, nem aqui no sul da pra andar assim td dia.

Anônimo disse...

Isabeli é maravilhosa! Minha opinião deixa a Rosie q parece plastificada, no chinelo

Anônimo disse...

Se não tem gosto p vestir, como é que vai arrumar gosto para fazer revista????.
Acho que vc deveria largar seu CV por lá, depois de algum tempo seguindo suas publicações uma coisa que não discordo são de suas criticas sobre moda, vc faria uma grande diferença neste quesito. oxoxxo

Lara

Anônimo disse...

N minha opiniao e tipo uma Caras de luxo,antes eu detestava essa revista qdo era editada pela familia Carta,agora na Globo e com Donata piorou ainda mais;nada mudou. Nao tem identidade,nao tem glamour e continua uma Caras,so que mais cara, onde ja se viu a filha da diretora aparecer o tempo todo e as notas sobre a loja da garota e as festas na casa da propria Donata, amigos e familia. Alguem ai ja viu alguma coisa na Vogue America sobre a vida ou a familia da Anna Wintour?

Anônimo disse...

O Brasil é um país tropical, mas não se esqueçam q não existe só o eixo SP-RJ-Nordeste-Norte. Tem o sul do país q tem inverno rigoroso. Diversidade é muito bom, nosso país não é só sol e calor o ano todo.

Anônimo disse...

MÁ QUE CABELO HEIN ROSIEEEE !!! LINDO ! AFFF!

Raíssa disse...

Ale!!!! concordo muito com a falta de criatividade da nossa vogue! é foda! eu assino umas versões onlines das gringa, a italia pra mim mata a pau com os editoriais show de bola, a francesa é meio cheio de mulher pelada mas ta valendo também hahahah

o pior problema é quem está na direção ta pouco se lixando pra nos brasileiros normais, e sim pra quem vive em paris, sinceramente vejo que toda a comunicação de moda esta desse jeito, desde as blogueiras rycas ate as voguetes, um bando de gente rica sem talento esperando pelo amigo do pai paga as contas.

beijokas!

Bruxinha disse...

Isabeli deixou Rosie comendo poeira! aff que mulher deslumbrante. #giletada total

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

Vem comemorar a semana do Dia Internacional da Mulher
Caso não esteja visualizando as imagens,acesse aqui
 
 
Duloren
Lançamentos Sutiãs Calcinhas Modeladores Diva Plus Size Cuecas
Frete Grátis
Dia internacional da mulher
Aproveite
Chat Online
Central de Atendimento:
Para realizar qualquer troca de produtos, seja por causa do modelo, tamanho ou cor, não há custo adicional para a 1ª troca e a Duloren oferece um prazo de 30 dias após o recebimento do produto. Caso a nova peça seja de uma referência diferente da peça devolvida, será gerado um crédito no valor do produto a ser trocado para a realização de uma nova compra. Para saber mais, acesse Política de Troca ou Devolução.
Custo e Prazo de Entrega:
O frete é grátis para qualquer lugar do Brasil em compras acima de R$ 120,00. 
Depois que o pagamento estiver confirmado, o envio do(s) produto(s) ocorrerá o quanto antes, mas o prazo depende de sua localidade. Para saber mais, acesse Entrega e Frete
Formas de Pagamento:
As compras podem ser feitas em até 5 vezes sem juros em todos os cartões, com parcela mínima de R$ 30,00.
Trabalhamos também com outras formas de pagamento, como débito, boleto bancário e PayPal.

Sobre a Duloren:

A Duloren, líder de mercado em moda íntima no Brasil, fundada há 53 anos, tem um forte e consistente DNA que está baseado na produção de tecidos altamente tecnológicos com desenhos, rendas e elásticos exclusivos, acrescentado à tinturaria própria e à fabricação dos seus insumos. Para atender as mais diversificadas solicitações do mercado consumidor, a Duloren produz e comercializa hoje as marcas Duloren e Femmina.

Com capital 100%% nacional, produz cerca de 1,2 milhão de peças por mês. A Duloren orgulha-se de ser inovadora e estar na vanguarda da estratégia de mercado. Através de avançados planos de marketing, a empresa é reconhecida como pioneira da moda íntima, lançando coleções simultaneamente

Atenção:  

Preços e condições válidas somente para este e-mail, em compras na loja online da Duloren.
Promoção válida até 08/03/2017.As condições podem se alterar após o envio dessa mensagem.
Confira todas as informações sobre produto, preço, tamanho e cor antes de concluir a compra.
Os descontos são válidos durante o período de divulgação e dependem da disponibilidade de estoque.