RSSTwitter

quarta-feira, 17 de julho de 2013


Colares feitos com Cabelo

Quem trabalha com joias, bijoux e afins, sempre arruma um jeito criativo de surpreender no requisito. Afinal, as habilidades manuais aprendidas ao estudar tal arte, faz com que o artista esteja sempre em busca de trabalhar novos materiais e conceitos. 

A britânica Kerry Howley é uma dessas que deixa a criatividade aflorar. Tanto é que conseguir criar peças utilizando cabelos! Cata só:

Fotos: Divulgação 


Vocês topariam usar um desses?  Para conhecer mais sobre o trabalho de Kerry basta dar uma clicada cabeluda aqui. E, já que se falou em colares, não esqueçam de participar de nosso sorteio Anita Bunita, hein?

E agora me dá licença que vou dar uma aparadinha nos meus Penn Taylors, que é pra fazer um brinco...

18 comentários:

Anna M. disse...

Imagina cozinhar com um desses no pescoço ?

Anônimo disse...

Acho que não...

disse...

Minha filhinha surtaria! Ela não pode ser um fio de cabelo de outra pessoa nela, q ela surta! Hahahahaha

Anônimo disse...

Cabelo coça. #comofaz pra usar um trem que pinica?

Anônimo disse...

NOJENTO

Anônimo disse...

NOJENTO!

Anônimo disse...

O horror. O horror!

lea disse...

sei la nao gostei nao,,me deu ate uma coceira na cabeça. cruzes, bjs

DeborahCaf disse...

nuncaaaaa....fiquei com nojo =/

DeborahCaf disse...

Fora que tenho agonia do cabelo dos outros urghhhh

Anônimo disse...

credooooooooooooooooooo

Anônimo disse...

NOJO ECA

Anônimo disse...

acho engraçado que a maioria das pessoas adora cabelo comprido, mas tem nojo de encostar em cabelo solto. até que o desenho das peças ficou bonito, imaginei que o mesmo com fios de ouro ou algo assim ficaria lindo.

Camila disse...

Coçei aqui.
Mas pelo mens os cabelos desses colares nao parecem ser de tchana.

Anônimo disse...

Ecaaaaaaa

Flávia Corrêa disse...

Q nojo, isso ia me dar uma picacera!!!

Anônimo disse...

Não queria nem de graça Ale...

em-cima-do-muro disse...

interessante idéia

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs