RSSTwitter

sábado, 31 de agosto de 2013


Mais gentileza, por favor!

Não seria o óbvio a gente fazer o bem, sem importar a quem? Dar o lugar na fila do caixa, ajudar alguém a atravessar a rua, parar mesmo que não seja na faixa para algum pedestre atravessar, dar lugar no trânsito quando alguém liga o pisca e tenta trocar de faixa... Simples, não? Pois é, mas a gentileza espontânea é uma coisa cada vez mais rara, talvez por isso eu tenha ficado tão emocionada com esses simples gestos de gentileza captados por câmeras instaladas nos carros russos. Não custa nada, e faz um bem danado...

  Vídeo: You Tube


Um final de semana inspirador a todos!

16 comentários:

Anônimo disse...

Parece fake

Anônimo disse...

vovós <3

mas aquele motoqueiro do retrovisor, se fosse aqui no Brasil, ia ser confundido com ladrão.

Tati disse...

Na minha cidade os carros mal param para os pedestres que sinalizam loucamente nas faixas, mesmo que eles sejam mães e que estejam com filhos no colo. Sem contar as mães mais bonitas que preferem não sair do carro e ficar olhando seus filhos entrarem na escola enquanto ocupam toda a faixa de pedestres. Isso me deixa tão grilada.

Anônimo disse...

É para eles que DEUS olha, para não se arrepender de ter criado a raça humana!

Mari disse...

Tati, acho que moramos na mesma cidade rsrsrsrs. Aqui as pessoas agem como se fossem os donos da rua, sem contar em dias de chuva que nem diminuem a velocidade perto de poças e saem molhando quem está na calçada. Eu mesma já fui vítima desses banhos algumas vezes.

Anônimo disse...

Pra ver como o coraçao é mesmo dado a maldade: um vídeo bonito desses e a primeira ccriatura a comentar vem dizer que parece fake. Ainda que fosse, a intençao foi boa e bela. Mas a criatura já assiste na defensiva, armada, e vem comentar pra estragar o prazer dos que se emocionaram. Mais Gentileza! Nada de bom a oferecer, fica na tuazinha!

Madi Muller disse...

Boa educação e gentileza parecem itens em extinção...

Natália disse...

https://www.youtube.com/watch?v=nwAYpLVyeFU

Eu acredito muito que gentileza gera gentileza, sim! Eu já testei e funciona. Se uma pessoa é mal-educada com vc e vc devolve com educaçao, vc meio que desestabliza a pessoa, que vai pensar duas vezes antes de fazer de novo. Nao custa nada tentar.

Anônimo disse...

Ameeeei esse video!!! Os russos são mesmo assim!
Pro anonimo que nao acredita, vou contar uma:
Estava em Moscow e fui, com um amigo russo que fiz num hostel em Estocolmo, pra uma balada que ficava a uns 60km da cidade.
No meio do caminho ele viu um carro do acostamento e uma familia do lado de fora. Não pensou duas vezes, encostou bateu um papo com o cara (obviamente eu não entendi nada) e, no instante seguinte, tirou uma corda da cherokee dele e rebocou o carro com a familia por uns 30km, até o 1º posto de gasolina aparecer.
Francamente, eu fiquei chocada!
1º pq eu nem tenho uma corda no meu carro pra socorrer alguem!;
2º pq se alguem pede ajuda na estrada eu tenho medo de ser soquestro/assalto;
Bom, serviu pra refletir... e, logo que voltei pra SP, num impeto de boa ação, fui abrir a janela do meu carro na paulista pra dar meu biscoito pra um "mendigo" e ele entrou pela janela e roubou minha bolsa e meu celular \o/

Anônimo disse...


kkkkkkkk

desculpe, mas não consegui ficar sem rir desse último comentário...

ou seja: por melhor que seja sua intenção, dependendo de onde vc esteja, é melhor pagar de mau educado do que correr riscos.

eu mesma não me disponho a ajudar estranhos pois tenho medo de ser uma emboscada - e quase sempre é, aqui na minha cidade.

Anônimo disse...

Infelizmente aqui no Brasil não funciona aqui. Tenho o costume de parar pras pessoas atravessarem a rua na faixa de pedestre sem semáforo. Sempre recebo mil buzindas e demora um tanto para que uma pessoa se toque na outra faixa e pare assim como eu para que as pessoas possam atravessar. É tão estranho pras pessoas, que quando eu paro muitas hesitam em atravessar. Espero que isso um dia mude. :)

Anônimo disse...

Russos... muito educados e gentis... ajudando velhinhas e animaizinhos, pena que eles tratam os homossexuais na base da tortura, perseguição, morte e indiferença.

Anônimo disse...

Ale, aproveitando esse ultimo comentario: eu sei que não está bem na sua alçada, mas seria legal uma discussão sobre até onde devemos interferir na soberania de outros países.
Porque sempre que vemos um costume diferente dos nossos levantamos a bandeira do absurdo, mas até onde devemos interferir ou querer "ajudar" outros países, como é o caso do Obama agora na Síria, ou quando crucificamos os chineses que comem cachorro (em sua maioria sabiamente morto de fome) ou de boicotar as companhias que patrocinam os jogos de inverno na Russia em virtude do tratamento a homossexuais.
Só um aparte qto a essa questão, eu realmente acho absurdo o tratamento, mas as olimpiadas envolvem muito mais do que isso, gera empregos, desenvolvimento, ajuda milhares de pessoas da região... será que tudo isso deve ser desconsiderado?
Não sei qual o limite da interferencia externa...

Maria Isabel disse...

É o mesmo povo russo que mata os gays? Não acredito nisso não. è tudo mentira.

Anônimo disse...

Então Maria Isabel, baseado em que você afirma que O POVO RUSSO mata gays? Será que todos os 143 milhões de habitantes são homofóbicos? A triste mania que as pessoas têm em generalizar as coisas... tsc tsc.

Anônimo disse...

curti esse anonimo das 23:36!

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs