RSSTwitter

quarta-feira, 21 de agosto de 2013


Wentworth Miller se assume gay!

Todo mundo meio que já sabia mas, só hoje, o ator Wentworth Miller, famoso por protagonizar a série "Prison Break", se assumiu gay publicamente ao ser convidado para participar do "Festival Internacional de Cinema de São Petersburgo", na Rússia. País que sabemos praticar a homofobia de forma violenta nos tempos atuais. 



O ator escreveu uma carta declinando do convite: “Obrigado por seu gentil convite. Como alguém que gostava de visitar a Rússia no passado e também poder reivindicar um grau de ascendência russa, eu ficaria feliz em dizer que sim. No entanto, como um homem gay, eu devo recusar".

E segue: "Estou profundamente preocupado com a atual atitude do tratamento de homens e mulheres homossexuais pelo governo russo. A situação não está de uma maneira aceitável e eu não posso, em sã consciência, participar de uma ocasião comemorativa organizada por um país onde as pessoas, como eu, estão tendo sistematicamente negado o direito básico de viver e amar abertamente".

"Talvez, quando as circunstâncias melhorarem, eu estarei livre para fazer uma escolha diferente”.

Veja abaixo a reprodução da carta, contendo todo o texto escrito por ele:

Fotos: Reprodução 


Não irei aplaudi-lo, pois fica parecendo que todo o gay que se assume publicamente tem que ser considerado um herói. Só digo que o que ele fez é bastante corajoso sim! Pois ainda sofremos um preconceito gritante, seja em casa, seja no trabalho ou no convívio pessoal. E a atitude dele merece todo o meu respeito e admiração, já que atores galãs sempre temem perder trabalhos por conta da sexualidade. E o caminho para bloquear essase outras atitudes homofóbicas é esse: mostrar para socieade que ser gay não tem nada de diferente de nem uma outra pessoa. Que não é necessário modificar absolutamente nada para que possamos conviver pacificamente em sociedade, pois o que precisamos é ter os mesmos direitos que os outros cidadãos, bastando que todos aceiteim e respeitem isso.

20 comentários:

Anônimo disse...

Tô boba...

Rafael Oxn. disse...

noooosa !

Natália Sena disse...

não sabia que ele tinha assumido. Achei corajosa a atitude, como uma figura pública, ele demonstrou que tem convicções e defende suas ideias,

rockcomluxo.blogspot.com

pfaier disse...

Achei corajoso, e muito correta a atitude dele com relação a situação das pessoas LGBT na Rússia.

Anônimo disse...

Ah, eu aplaudo sim, a hora foi super apropriada, adequada, ele está de parabéns. Que momento oportuno pra fazer esse statement.

Anônimo disse...

Aplausos por ele ter recusado o convite da preconceituosa Russia!!

Anônimo disse...

Eu achei que ele já tinha assumido. Todo mundo sabia, negócio meio óbvio...

JullyJane disse...

Eu não sabia que o meu muso é gay !!!
Mais fiquei feliz que ele mandou essa carta para esses idiotas da Russia .

Anônimo disse...

Eu aplaudo a atitude em recusar o convite! Quanto a ele se assumir para o público, tanto faz, pois sua sexualidade não interfere em nada.

lea disse...

nunca reparei que ele era,mas eu sou uma tapada ne? bom se é ou se não e nem vem ao caso, mas achei bacana a carta dele,bjs

Anônimo disse...

Bom mesmo ele ter recusado, fica como uma forma de protesto, mas concordo quando vc diz que fica parecendo um herói quando se assume ser gay, fato que deve ser normal em qualquer sociedade civilizada, a sexualidade de ninguém importa para uma convivência respeitosa e sim o caráter. Marcia

Anônimo disse...

Que atitude digna! Amei, paguei um pau!! Não sou gay, mas aplaudo sim quem tem vida pública e tem coragem para se assumir. É preciso mostrar ao mundo que a opção sexual não faz ninguém melhor ou pior em relação ao próximo.
Parabéns a todos esses corajosos!

Letícia C.M. disse...

Acho que ele merece aplauso sim... Não pelo fato em si de se assumir publicamente, mas pelo forma como o fez. Ao contrário de outros, ele não transformou isso num programa de TV e nem foi em frente às câmeras para fazer. Mais: ele assumiu uma postura coerente e politicamente relevante. Não acho que ele fez um pronunciamento público sobre a própria sexualidade, e sim questionou abertamente a posição (absurda, diga-se de passagem) de um governo.
Muitas vezes, ficou cansada com esse lance de "sair do armário". Quem é hetero, em algum momento, tem que fazer uma declaração, para quem quer que seja, dizendo: Olá, gostaria de comunicar que sou hetero?? Não, então porque isso deveria ser feito por pessoas de outra orientação?? Cansa...
Mas, no caso dele, não acho que foi um statement do tipo: Oi, sou gay. Mas, a adoção de uma postura política: Oi, tenho ascendência russa (disso ninguém fala, né?), gosto da Rússia, e sou gay. Infelizmente não é possível prestigiar um governo que tenha condutas benevolentes com o homofobismo.
Aplaudo e de pé!!

Anônimo disse...

Na verdade não gosto desse fuzuê que fazem quando uma pessoa se diz gay. Não vejo manchetes: "Brad Pitt se assume hetero casamento com Angelina Jolie". Então por que quando pessoas ficam com outras do mesmo sexo tem que ter uma grande repercussão??? Acho que tratar a sexualidade como mercadoria é uma das motivações de tanto preconceito e ignorância sobre o assunto.
Quanto ao fato dele ter recusado o convite, acho louvável, pois mostra assumir suas convicções e as verdade de sua vida.

Ju

Anônimo disse...

O que ele é ou deixa de ser, na minha opnião, é problema só dele e tambem não acho que ele merece aplausos por assumir o que ele é. Acho, inclusive, que ninguem tem que assumir nada.
Por outro lado, nota 20 pra ele por ter feito o Estado sentir na pele o preço do preconceito que tem. Atitude admiravel.

Madi Muller disse...

Acho que vc sintetizou bem com uma única palavra: respeito.Mesmo quem não aceita,não entende ou não gosta,tem que RESPEITAR a escolha dos outros, e ninguém tem o direito de julgar ninguém. Gostei da resposta do ator,ele ainda deixou em aberto uma possibilidade para o futuro,caso o governo russo consiga evoluir nesse assunto...mas isso vai demorar,ah,vai...

Georgea disse...

Acho que acabei de me apaixonar. Quando vi chamadas de ele se assumiu, pensei assim: "Ah é? Legal pra ele". Mas agora que li a carta...
Meu Deus que cara digno! Não bastava ser lindo, que carta chique, educada, mas poderosa. Virei fã.

Anônimo disse...

QUE PESSOA MARAVILHOSA E CORAJOSA!APLAUSOS.....

Anônimo disse...

engraçado ele escreveu um texto a bem pouco tempo que é hetero e as fontes são quentes, ele disse que não se importa se homem ama homem e mulher ama mulher ou homem ama mulher e vice vers portanto acredito pelo texto so quiz abraçar a causa gay contra a russia, aplauso para ele!!!

Anônimo disse...

sobre a carta ele recebeu sim o convite do festival da russia em abril de 2013 por telefone e ele já tinha dado a resposta que provavelmente não iria e o mais estranho não tinha dito que era gay e nem tinha ido contra as leis da russia, agora me diga porque 4 meses depois no mes de agosto diz ser gay e foi contra russia e disse ter recebido o convite em agosto?? porque não escreveu para o festival essa mesma carta em abril??? será gay mesmo??? acho que não, essa é minha opinião.

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs