RSSTwitter

quinta-feira, 12 de setembro de 2013


A TV Brasileira por nossos olhos

Somos bem conscientes que a crítica do vizinho, mesmo quando precisa e correta, dói um pouco mais e não a aceitamos muito de boa. Afinal, porque esse FDP não vai prestar atenção no próprio rabo, né mesmo? O babado é que mesmo agindo com essa defesa, acabamos refletindo o porque dele ter nos criticado e encontramos alguma base sólida para a tal questão.

Porque estou escrevendo isso? É que os comentários daquele post mostrando a programação que rola na TV aberta brasileira me fizeram pensar o quanto arrumamos desculpas ao acusar que nas emissoras gringas também passa material tão lixo quanto na nossa, né mesmo? Como se bastasse esbravejar isso para evaporar a vergonha sentida por nos deparar sempre com bundas e violência em nossas telas! Sabemos muito bem que porcaria existe em todo o planeta. Mas é pensando dessa maneira que vamos melhorar a nossa realidade, é? Afinal, se fulano comer bosta no almoço, a gente vai aceitar que o mesmo seja servido em nossos pratos? Não, né? 

Então, me respondam o porque da gente ficar melindrado quando a realidade é esfregada em nossas fuças por estrangeiros ou por sei lá quem? Se é a mais pura verdade que nossa TV tem se revelado cada dia mais tosca, vomitando programas que causam apenas asco e repulsa! Porque é certo que essas porcarias podem até dar audiência, mas será mesmo necessário nos abastecer apenas com programas apelativos?

Vídeo: Youtube



Que tem público para isso, claro que tem! Mas cadê a programação diferenciada para público que repudia o gênero?

53 comentários: