RSSTwitter

segunda-feira, 7 de outubro de 2013


Carta de um vovô fofo em defesa de seu neto gay

E por falar em homossexualidade, catem só a carta fofa de um vovô em defesa de seu neto contra a rejeição e o preconceito de sua mãe por conta de sua sexualidade, servindo de exemplo para todos que ainda insistem nessa besteira de homofobia.


Tradução : 

Cara Christine,
 
Você me desapontou como filha. Você está certa sobre termos uma “vergonha na família”, mas errou sobre qual.
 
Expulsar seu filho de sua casa simplesmente porque ele disse a você que era gay é a verdadeira “abominação”. Uma mãe
abandonar o filho é que “é contra a natureza”.
 
A única coisa inteligente que ouvi você dizer sobre tudo isso é que “não criou seu filho para ser gay”. Claro que não criou. Ele nasceu assim e escolheu isso tanto quanto escolheu ser canhoto. Então, já que esse é um momento de abandonarmos filhos, acho que chegou a hora de dizer adeus a você. Sei que tenho um fabuloso (como os gays dizem) neto para criar e não tenho tempo para uma filha que é uma vadia sem coração.
 
Se encontrar o seu coração, ligue pra gente.
 
- Papai

11 comentários:

Anônimo disse...

AMEI!!!!!!!!
bjs
Ana

Anônimo disse...

Sério isso??? Mais que PERFEITO.
Dá vontade de copiar esta carta e mostrar sempre para aqueles pais/familiares ignorantes.

Anônimo disse...

parabéns!

não quero parir. quero adotar, quando estiver bem mais velha, um menino ou irmãos acima dos 8 anos e, cá entre nós, adorarei que um deles seja gay.

Apesar de não ser homossexual, acho que ultimamente esse é o gênero que mais acredita e aposta no amor verdadeiro hoje em dia. Os casais heterossexuais estão vivendo uma época difícil, com tanta vulgaridade e "liberdade", que, na verdade, é promiscuidade. Só decepção.

Os gays, que tanto são acusados de promíscuos, são os que têm buscado a estabilidade, o amor, o casamento, a família. E não é uma família formada no acidente ou no golpe da barriga. É a família batalhada e desejada, adotada, inseminada. É preciso muito amor e convicção para isso.

Sou a S da sigla.

Sempre faço e sempre farei como esse avô.

Anônimo disse...

Nossa me emocionei!! Achei tão amoroso!! Lindo lindo!! <3

Anônimo disse...

Esse cara falou tudo

Anônimo disse...

Lindo! E também tenho a maior vontade de adotar um dia anônimo/a das 14:20 h e também adotaria uma criança mais velha que fosse gay sem problemas.

Anônimo disse...

"Os gays, que tanto são acusados de promíscuos, são os que têm buscado a estabilidade, o amor, o casamento, a família. E não é uma família formada no acidente ou no golpe da barriga. É a família batalhada e desejada, adotada, inseminada. É preciso muito amor e convicção para isso."

família batalhada e desejada, adotada, inseminada.
pqp, q lindo! falou tudo!!

precisamos de mais famílias assim, assim como esse vovô!

beijos pra vcs! isso alegrou meu dia! leio tanta besteira nessa internet, tanta gente sendo cruel, tanta opiniao babaca e mesquinha, mas aí leio coisas como essas, e vejo que nem tudo está perdido!

Dan

Anônimo disse...

essa zinha sefodeu.

Dona da Verdade disse...

...e se fosse nos anos 40? Hojemdia é fácil!

Celina Deffente disse...

Esta carta deveria ser editada no face todos os dias.Adorei...

Joana Yuki Kishida disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaammmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiii o que ele fez!!! ate compartilhei!!! esse cara é ele!!acho que se tivesse mais gente que nem ele o mundo não estaria tão preconceituoso como esta hj em dia!!

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs