RSSTwitter

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014


Como você se define?

É foda, mas nós julgamos, por muitas vezes, as pessoas sem saber absolutamente nada do histórico de vida delas, e damos nosso veredicto acerca da mesma apenas focando o lado estético, nunca nos aprofundando.

E assim foi o caso que sucedia comigo quando me deparava com imagens de Lizzie Velasquez espalhadas pela net, já que, quase imediatamente, supus que ela era apenas mais uma que sofria de anorexia nervosa, doença extremamente grave, mas que muitos ainda insistem em ver só como frescurite de menina que quer ser magra de todo jeito.

Lizzie, na verdade, não sofre de anorexia, como ela bem explica no tocante e inspirador vídeo abaixo e que super valeu a pena ter assistido, pois é meio como um beliscão que levei para refletir sobre esse nosso mundo de aparências.

Vídeo: Youtube

8 comentários:

lea disse...

tapa na cara dessa sociedade que passa fome pra ficar magra e ainda tem coragem de atacar quem sofre tanto com doenças que nem cura tem ne?

Anônimo disse...

O vídeo mais lindo

Anônimo disse...

Nossa, muito legal!Obrigado por postar Ale! :)

Anônimo disse...

Extremamente lindo! Me emocionou o fato dela no final falar que não consiga construir uma família... Que Deus lhe possibilite conhecer um homem que a ame e queira construir com ela essa família! Vou torcer verdadeiramente.

Anônimo disse...

Lindo esse vídeo, já conhecia a história dela, e muitas vzs vi em faces ou msm na net fotos dela dizendo ser uma pessoa feia, ridícula e tal, sinceramente por ter conhecimento de sua vida sempre que lia esses tipos de comentários meu coração cortava mesmo de dor, pois as vzs rimos das pessoas sem conhece-las verdadeiramente, que esse vídeo sirva de lição para muitos!!!

Anônimo disse...

Essa frase é pra ficar pra sempre em nossas mentes '' Eu uso a negatividade pra acender a chama que me faz seguir em frente''.'' Use a negatividade que há na sua vida pra fazer vc melhor''

JullyJane disse...

Obrigada !!!

lili disse...

Para nunca mais ficar de mimimi

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs