RSSTwitter

terça-feira, 21 de janeiro de 2014


Foto racista ou exagero?

A foto abaixo, que mostra a mulher do bilionário russo Roman Abramovich, Dasha Zhukova, provocou uma grande polêmica na internet após a revista digital de moda "Buro 24/7" tê-la publicado. O babado é que na tal imagem a Dasha aparece sentada em uma cadeira criada pelo artista pop britânico Allen Jones, que representa uma mulher negra servindo de base para o móvel, o que gerou comentários exaltados de que aquilo seria mais uma forma dos brancos expressarem sua errônea visão de supremacia. Mas a questão é: e se fosse uma boneca branca no lugar?
Foto: Reprodução


Qual a opinião de vocês a respeito?

43 comentários:

Anônimo disse...

eu acho que tudo isso ja encheu o saco ;)

Anônimo disse...

Não sei se é racismo, mas, como design, horrível.

Mila disse...

Design no mínimo, desagradável. A história escravocrata dos negros é pesada, violenta e repleta de cicatrizes...poesia, design, fotografia, ARTE, transcende tudo isso. Mas especificamente nessa cadeira aí, só vejo mau gosto sem fim. Ainda com uma loirinha bilionária narcisista (pelos espelhos-sim, só por isso, rs) sentada...a foto deve ser uma grande ironia...né possível, não!

Mila disse...

Design no mínimo, desagradável. A história escravocrata dos negros é pesada, violenta e repleta de cicatrizes...poesia, design, fotografia, ARTE, transcende tudo isso. Mas especificamente nessa cadeira aí, só vejo mau gosto sem fim. Ainda com uma loirinha bilionária narcisista (pelos espelhos-sim, só por isso, rs) sentada...a foto deve ser uma grande ironia...né possível, não!

Alessandro disse...

Mas Mila, a cadeira também foi feita com uma branca!

Mila disse...

Alê, continua sendo de mau gosto!!! Feia. Agora, a foto, em sim, só pode ser uma provocação, um convite a reflexão, ou algo assim...certeza.

Mariana Dias disse...

Sobre a possibilidade da boneca ser branca:
Se vc chegar pro seu chefe e gritar "VC É UM IDIOTA. ESTÁ DESPEDIDO!", nada acontece com ele pq vc não está em posição de fazer isso com ele. Se ele disser "NÃO, SEU IDIOTA, VC ESTÁ DESPEDIDO!", aí vc se fode e fica desempregado. Ambos disseram a mesma coisa, mas os resultados do que foi dito foram completamente diferentes, por causa das posições de poder.
E a posição de poder do seu chefe existe mesmo que ele seja um cara muito legal, brother, gente boa. Ele ainda vai ter o poder de te despedir e foder com sua vida, um poder do qual vc não compartilha. Pq o poder não depende do quão legal uma pessoa é ou deixa de ser, depende de sua posição na hierarquia - na empresa ou na sociedade. Claro, ela pode abusar desse poder sem pudores, pode estar inconsciente de sua posição de privilégio, ou então estar ciente de sua responsabilidade. Mas ela não pode apagar essa realidade porque não depende só dela, depende de toda uma estrutura social, que vai priorizar seus direitos, bem-estar e voz em detrimento daqueles que estão abaixo na hierarquia.
Por isso não existe racismo reverso, sexismo reverso, heterofobia e o diabo. Opressão depende de estruturas. Ser ofendido ou ser magoado é bem diferente de ser oprimido. Opressão e privilégios dependem de estrutura e, em contexto político, não podem ser individualizados.

Anônimo disse...

Já tinha visto essa "cadeira" feita com a mulher branca, de qualquer forma é de mau gosto e degradante para qualquer pessoa nessa pose aí, homem, mulher, de qualquer cor.

Anônimo disse...

Acho q a Mariana Dias explicou direitinho.

Anônimo disse...

Ahazou Mariana Dias! o povinho alienado...

Anônimo disse...

Branca, negra, vermelha, da cor que for, essa foto é bizarra!! Seja qual for a intenção dos idealizadores, não passa uma sensação legal. Fere mais ainda o olhar por ser negra, pela ferida histórica ainda aberta.

Anônimo disse...

Mariana minha cara... vc colocou a coisa de uma forma tão didática e bem fundamentada. Aplausos!

Alessandro disse...

Mariana Dias, parabéns pela clareza contida no seu comentário :)

Anônimo disse...

Quando alguém acredita que "racismo reverso" existe, eu sinto vontade de rir.

Anônimo disse...

Mariana Dias simplesmente disse tudo!

Anônimo disse...

Como é arte eu acredito que talvez a intenção era chocar mesmo e fazer as pessoas refletirem. Muitos designers e artistas em geral causam esse mal-estar propositalmente. Acho isso um saco também de qualquer jeito.

Anônimo disse...

Mariana Dias disse tudo e um pouco mais!!!!!!!!!!!!!!!


Glória

Anônimo disse...

Quanto à foto, é no mínimo de péssimo gosto...E quanto ao racismo: Claro que racismo reverso existe. Dou um exemplo, caso contrário, apontem meu equivoco: eu trabalhava em um lugar onde todos nós éramos obrigados a fazer um serviço que ninguém gostava. Fazíamos rodízio, EXCETO uma colega negra, que dizia que a chefe do nosso chefe havia OLHADO para ela c cara de racismo ( e desde quando cara de racismo existe gente????) ..ele imediatamente tirou ela do rodízio. A bonitona era a única que nao fazia. Isso nao é racismo? Porque éramos brancos tínhamos todos que fazer e ela nao, por que poderia vir a ser vítima de racismo? Ahhhh me poupe!

Carol disse...

Se fosse uma mulher branca continuaria a ser misoginia. Design de péssimo gosto e ofensivo!

Anônimo disse...

Não foi racismo não...só mal gosto!
Giovanna

Anônimo disse...

E se fosse???
Não é Ale, é uma boneca negra. E não há o modelo com a boneca branca e loira.
Achei pesado, forte, desnecessario e acho que fala bastante sobre a cultura dela.... Que pena.

Anônimo disse...

E se fosse???
Não é Ale, é uma boneca negra. E não há o modelo com a boneca branca e loira.
Achei pesado, forte, desnecessario e acho que fala bastante sobre a cultura dela.... Que pena.

Alessandro disse...

Anônimo, existe sim um modelo com a boneca branca! Dá uma olhada aqui: http://www.tate.org.uk/art/images/work/T/T03/T03244_10.jpg

Anônimo disse...

Pelo que entendi, as cadeiras são uma referência ao sado-masoquismo... no caso a moça da cadeira fica com o "maso" e quem senta com o "sado". À princípio podem ser só escolhas e fantasias sexuais possíveis para todos... independente da cor da pele das moças...(do lado sado ou maso)
Acho que não é incomum que esse tema apareça nas fantasias sexuais, cujo o desejo pode se orientar sim pela cor da pele (alguém pode preferir uma moça branca ou negra)ou conscentrar-se só nas botas de uma gata... vai saber...
Por isso, achei a idéia da cadeira até interessante. O que não funcionou foi a forma que ela foi executada, evocou menos o lado sensual de uma submissão assumidamente prazeirosa e transmitiu uma violência. O efeito que causa nas pessoas testemunha isso. Quando vi nem pensei no "tom da pele da cadeira" em questão, mas fiquei aflita, porque a moça negra parece desconfortável... talvez se ela estivesse com uma expressão e posição mais erótica...evocaria outros sentimentos

Anônimo disse...

Mas que cadeira mais horrorosa! Deveria ser criticado o péssimo gosto em ter uma coisa dessas em casa.

gabriela disse...

Obviamente é racista E machista. Se fosse uma branca, seria machista. De qualquer forma é triste.

Anônimo disse...

Totalmente de mal gosto essa cadeira. Existem coisas extremamente desnecessárias de se fazer. Essa é uma delas. E eu nem estou comentando se fosse uma modelo de qualquer outra raça usada na cadeira.. isso independe. A verdade é que a cadeira é cafona e decadente.

Anônimo disse...

Falta de respeito ao ser humano independente de cor!!

Mesmo se fosse uma mulher branca no lugar da negra ainda assim considero um absurdo...

Em nome da liberdade de expressão, perdem o limite do respeito para com o próximo...

Bjinhos

lea disse...

estaria errada do mesmo jeito, já que não se senta assim nas pessoas, sem contar que a cadeira e feia demais.

Anônimo disse...

Anônimo 00:18, quando os negros começarem a invadir a Europa para fazer os brancos de escravos; quando os negros começarem a ganhar mais que os não-negros, independentemente de sua escolaridade; quando os brancos forem a maioria da população carcerária; quando os brancos formarem a população com o maior índice de homicídios; e enquanto ainda precisarmos de políticas afirmativas, como cotas, para tentar "compensar" os erros do passado, aí sim existirá "racismo reverso". Como a Marina, muito bem, apontou:"Opressão e privilégios dependem de estrutura e, em contexto político, não podem ser individualizados." Não podemos negar que há uma história por trás disso e que, infelizmente, ainda podem ser notados os resquícios dessas ideias ainda hoje.
Ah, e não nos esqueçamos dos canais de televisão, que dificilmente colocam uma pessoa negra ou parda como protagonista nas novelas e como apresentadores nos jornais.
Racismo nem sempre é explícito. Ele também pode ser velado, podendo ser expresso por meio de "olhares", piadas e, como nesse caso, expressões artísticas.

Anônimo disse...

absolutamente tudo que envolve os negros e racismo....e o racismo ja vem dos proprios negros. Acho isso um saco. Isso e uma foto, a modelo nao foi pra la como escrava, obrigada a fazer o trabalho. Ela foi paga e fez porque quis. Nao tem fundo racista...Mas esse povo nao deixa passar nada.
Eu fiquei irada da vida quando a Fernanda Lima e o Rodrigo Hilbert fizeram a abertura dos jogos da Copa na tv e a Tais Araujo deu uma entrevista dando a entender que seria ela e o marido, mas que nao seguiu em frente por racismo...Ah pera la!!! A Fernanda e o Rodrigo sao super competentes, otimos profissionais e alem de tudo lindos de morrer. E nao podem ter sido escolhidos por isso? Nao...foram escolhidos por racismo dos outros? Ah, da um tempo ta??
Agora quando fizerm aquela novela do Lazaro Ramos como um gato (oi?), ai ninguem falou ao contrario ne?
Gente, o racismo pra mim so existe na cabeca dos negros, os demais ja evoluiram com isso faz tempo!

Alessandro disse...

Anônimo, só um esclarecimento: a Dasha não é modelo. É apenas uma personalidade rica russa e não deve ter sido paga para aparecer na revista

Anônimo disse...

Anônimo 18:34, tens certeza que o racismo "só existe na cabeça dos negros e que os demais já evoluíram com isso"? Como explicas, então, os dados que provam o contrário? Como explicas as discrepâncias em termo de salário, por exemplo, entre negros e não-negros, quando comparadas pessoas que apresentam o mesmo nível de escolaridade? Vais dizer que, na verdade os gerentes escolheram aleatoriamente a quem dariam o maior salário e, por "coincidência", os negros ficaram com o menor valor?
Esse é somente um dos vários exemplos que existem. E não, eu não inventei esses dados. Se quiseres pesquisar sobre eles, fique à vontade.

Anônimo disse...

RACISMO, puro e simples, até porque os russos são racistas, principalmente os "novos ricos" os que esbanjam dinheiro.
De qualquer maneira sendo o manequim preto ou branco já seria discriminação, misoginia, afinal as mulheres são "minorias" são as que tem subemprego, os mais baixos salários mesmo exercendo funções similares aos dos homens.
Esta senhora deveria se envergonhar, felizmente existe a intenet e houve uma grita do mundo todo. Mas é RACISMO, sim.

Anônimo disse...

que dados???? Serio, que dados?? Coloque aqui entao a sua pesquisa. Como voce explica o presidente do pais mais influente do mundo ser negro? Como voce explica a apresentadora de tv mais influente e rica do mundo ser negra? Como voce explica todas as solenidades depois da morte de Nelson Mandela? Temos varios outros exemplos como cantores, jornalistas, atores super famosos e o proprio Joaquim Barbosa no nosso pais que e um exemplo. Essas pessoas esqueceram o preconceito, esqueceram sua cor e foram com tudo, seguiram em frente. E os demais acreditaram neles. Esses sao so alguns exemplos, mas tem muitos outros. Os negros muitas vezes sao desacreditados porque eles mesmo se colocam como desiguais. Claro que existe todo um fundo historico e cultural que nao pode ser irrelevante e em muitos paises a populacao negra tambem e sinonimo de pobreza. Porem, pra quem acreditou em si, chegou la. Os brancos nao proibem que eles cheguem la, senao os exemplos acima nem existiriam, alguns negros e que se colocam, como ja disse, como desigual. Quanto a salarios, acredito que tenha a ver com os cargos que assumem, pois eu ja trabalhei em diversas empresas, ja tive um chefe negro e ele ganhava exatamente como os outros. Entao sinceramente nao acho que hoje em dia exista tanto isso. As minorias estao acostumadas a mimimi o tempo todo, mas mimimi nao leva ninguem a lugar nenhum. Arregacar as mangas, estudar, trabalhar e viver sem preconceito com sua propria cor, isso sim leva longe.

Biia disse...

Alessandro, a impressão que deu no post foi que vc tentou relativizar uma situação OBVIAMENTE racista. "E se fosse uma boneca branca?". Seria problemático e de péssimo gosto também, mas não dá pra gente julgar uma situação baseados no que ela poderia ser. Não é uma boneca branca. Se isso não é extremamente racista, o que seria? Se a mulher do tal bilionário tivesse como suporte para cadeira uma mulher negra de verdade?

Anônimo disse...

Tema que uma possibilita uma bela aula, pena que a cegueira de alguns tenha deixado um tema instigante cair no lugar comum trazendo a falácia do mito da democracia racial. Não sejamos polianas de achar que o racismo só existe na cabeça dos negros. Obama, Mandela, Joaquim... as personalidades negras que podemos citar nunca será em igual número a dos brancos isso é um fato. Pesquisas sérias mostram em números que a nossa sociedade é racista sim.
Felizmente nossa sociedade iniciou uma nova forma de escrever sua história, encarando e aprendendo com seus equívocos. O ser humano precisa evoluir pelas trilhas do humanismo pra olhar sua trajetória e não ter medo de dizer que errou sim em alguns momentos históricos e o quanto esse erro foi capaz de lhe fazer aprender, negar a história é a forma mais perversa de se oprimir um povo.

Alessandro disse...

Biia, dessa vez eu me omiti em opinar e apenas questionei para que vocês me respondessem o que achavam do tema.

Anônimo disse...

Ninguem esta oprimindo a historia. A historia realmente e bem racista, mas acho que tudo melhorou muito. Dei o exemplo do Obama, pois mais da metade de um pais inteiro votar em um negro, so prova que o racismo que tanto se grita por ai melhorou e muito. Claro que tem mais brancos no mundo, mas e dai? Vamos matar metade dos brancos pra igualar tudo?
A questao e, ser negro e sim minoria, assim como outras racas, mas isso HOJE EM DIA NAO IMPEDE que os negros sejam bem sucedidos e respeitados pela sociedade. Nao acho que o racismo acabou no mundo, so acho que evoluiu e muito e tenho certeza que a coisa so nao melhorou totalmente pois os proprios negros se colocam de forma errada muitas vezes. Se alguem tem um colega de trabalho negro que tem o mesmo cargo que o seu e ganha menos, que fale aqui e agora, pois eu nao conheco nenhum. Todos os lugares que ja trabalhei haviam negros e todos ganhavam da mesma forma.
A foto por exemplo, eu que sou branca mas NADA racista, nao olhei com olhos de racismo e sim com olhos de uma foto artistica e so. Poderia ser uma mulher branca, japonesa, gorda, magra, alta, baixa..tanto faz. Como falei, ela deve ser uma modelo e foi paga para estar ali, entao ninguem a discriminou ou a obrigou, muito pelo contrario. Mas os verdadeiros RACISTAS de plantao, ja viram tudo com outros olhos, com os olhos do preconceito que so eles tem...

lili disse...

É feia,só.

The Last disse...

constrangedor é pouco!

Anônimo disse...

Anônimo disse...

que dados???? Serio, que dados?? Coloque aqui entao a sua pesquisa. Como voce explica o presidente do pais mais influente do mundo ser negro? Como voce explica a apresentadora de tv mais influente e rica do mundo ser negra? Como voce explica todas as solenidades depois da morte de Nelson Mandela? Temos varios outros exemplos como cantores, jornalistas, atores super famosos e o proprio Joaquim Barbosa no nosso pais que e um exemplo. Essas pessoas esqueceram o preconceito, esqueceram sua cor e foram com tudo, seguiram em frente. E os demais acreditaram neles. Esses sao so alguns exemplos, mas tem muitos outros. Os negros muitas vezes sao desacreditados porque eles mesmo se colocam como desiguais. Claro que existe todo um fundo historico e cultural que nao pode ser irrelevante e em muitos paises a populacao negra tambem e sinonimo de pobreza. Porem, pra quem acreditou em si, chegou la. Os brancos nao proibem que eles cheguem la, senao os exemplos acima nem existiriam, alguns negros e que se colocam, como ja disse, como desigual. Quanto a salarios, acredito que tenha a ver com os cargos que assumem, pois eu ja trabalhei em diversas empresas, ja tive um chefe negro e ele ganhava exatamente como os outros. Entao sinceramente nao acho que hoje em dia exista tanto isso. As minorias estao acostumadas a mimimi o tempo todo, mas mimimi nao leva ninguem a lugar nenhum. Arregacar as mangas, estudar, trabalhar e viver sem preconceito com sua propria cor, isso sim leva longe.

23 de janeiro de 2014 10:02

gente, esse anonimo ou é mto besta, tapado, ou mto iludido!!!

podia ficar aqui esrevendo milhares de coisa pra esse ser, pra ver se ela entende algo além do que foi ensinado pra ela pela veja, pela globo, ou seja la pelo que diabos essa menina le ou ouve, mas Mariana Dias já colocou tudo de forma tão didática e perfeita que eu nao preciso acrescentar mais nada, e ainda sim, criaturas não entendem, impressionante...

Anônimo disse...

Se o Joaquim Barbosa ficasse d mímimi estaria como um coitadinho até hoje..mas nao! Foi a luta! E venceu! Orgulho de todos os brasileiros, brancos ou negros!

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

toptherm
Top Therm
Top Therm
Top Therm
Top Therm