RSSTwitter

quarta-feira, 26 de março de 2014


A homofobia não atinge só os homossexuais, mas a sociedade toda!

Uma boa parcela das pessoas tendem a achar que a homofobia vem a ser um problema isolado, que só devem preocupar-se com isso é quem faz parte do grupo afetado, esquecendo assim a inclusão de parentes e amigos na questão. Ou eles ainda acham que só tem gay na casa do vizinho?

Além do que, eles esquecem que esses doentes homofóbicos são cegos e agem de maneira troglodita com quem quer que seja, heterossexual ou não. Ou estamos esquecidos do pai que teve a orelha arrancada em São João da Boa Vista, no interior de São Paulo, quando estava andando abraçado com seu filho? A situação é preocupante para todos, gente! Sendo gays ou não, estamos expostos à loucura doentia dessa gente. Gente que precisa do punho forte da justiça! Gente que precisa aprender a respeitar o ser humano! Gente que precisa de ajudo psicológica para não sair cometendo crimes por conta da sexualidade alheia! Caso contrário, o pandemônio que esse mundo já se encontra, tende a piorar e muito!!!!

Vejam no vídeo abaixo o caso ridículo que aconteceu, recentemente, na homofóbica Rússia, onde um grupo de estudantes de uma escola de idiomas foi espancado por um outro grupo maior no último domingo (23). A confusão aconteceu porque os estudantes foram confundidos com gays, mas eles estavam apenas participando de um flashmob em comemoração ao dia de São Patrício, e alguns deles estavam usando kilt, aquelas saias tradicionais usadas por escoceses.


Vídeo: Youtube


Dá para imaginar o tamanho dessa imbecilidade? Não, não dá! Se as coisas continuarem assim, daqui um tempo estaremos nos portando como robôs nas ruas, não falando com ninguém, não olhando para ninguém. Findando assim, o que chamamos de sociedade.



Ainda bem que existe um pouco de esperança depositada em algumas poucas pessoas que estão lutando para acabar com esse nazismo homofóbico, tentando ensinar às pessoas preconceituosas que todos somos iguais.

É o caso do canal “The Gay Women Channel”, que resolveu juntar numa mesma sala homossexuais e homofóbicos, pedindo para que eles se abraçassem. O resultado dessa experiência foi deveras interessante, pois com a aproximação essas pessoas preconceituosas puderam conhecer um pouco mais da vida dos gays, percebendo que eles são pessoas que não diferem em nada para com eles.


Vídeo: Youtube

10 comentários:

Nelma disse...

Esse respeito ao próximo precisa de urgência.

Anônimo disse...

O mundo esta violento, não só com gays. Infelizmente! A lei, punição deveria ser rigida e forte para atos assimd e violencia, seja contra o ser humano, gay ou não.

Sara Sampaio disse...

Concordo com o anônimo de 18:16, o mundo está mais violento com todos, não sei onde perdemos o rumo, onde perdemos os conceitos de respeito, amor, bondade. Mas alguns grupos são mais atacados que outros e os homossexuais com certeza estão na mira dos loucos de plantão.

Rafael Oxn. disse...

desculpa mas nao acreditei muito no vídeo dos abraços ... achei encenação ¬¬

Anônimo disse...

o vídeo dos abraços é visivelmente feito por atores, mas acho que a mensagem é válida.

Anônimo disse...

Esse segundo vídeo... será que é falso? Sério mesmo que existe gente que tem medo até de dar um abraço??? o0

Alessandro disse...

Não posso atestar a veracidade do segundo vídeo, mas como é uma ONG respeitada e que luta pelos direitos dos gays e contra a homofobia, acho que eles não se prestariam a fazer uma encenação e passar para o público como se fosse verdade

lea disse...

não entendo porque um abraço vai mudar o que a pessoa eh?um abraço deveria ser igual pra td mundo ne? é so um carinho, alguns parecem no vídeo que tao com medo, eu não tenho medo nenhum de abraço,rsss seja de quem for.

zu disse...

Acho que o vídeo e verdadeiro, pois o movimento/reação corporal e muito real. Vamos abrir a mente o coração, vamos ser Feliz !!!!!!Abaixo qualquer forma de Preconceito!!

Anônimo disse...

Acho bem idiota ainda acharmos esse tipo de video legal...Infelizmente... as pessoas se abraçam como se fosse uma doença contagiosa... Nós somos acima de tudo seres humanos e o preconceito é uma merda!!! Ninguem é mais que ninguém absolutamente... o video é massa mas saber que precisamos desse tipo de coisa me enoja...

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

Vem comemorar a semana do Dia Internacional da Mulher
Caso não esteja visualizando as imagens,acesse aqui
 
 
Duloren
Lançamentos Sutiãs Calcinhas Modeladores Diva Plus Size Cuecas
Frete Grátis
Dia internacional da mulher
Aproveite
Chat Online
Central de Atendimento:
Para realizar qualquer troca de produtos, seja por causa do modelo, tamanho ou cor, não há custo adicional para a 1ª troca e a Duloren oferece um prazo de 30 dias após o recebimento do produto. Caso a nova peça seja de uma referência diferente da peça devolvida, será gerado um crédito no valor do produto a ser trocado para a realização de uma nova compra. Para saber mais, acesse Política de Troca ou Devolução.
Custo e Prazo de Entrega:
O frete é grátis para qualquer lugar do Brasil em compras acima de R$ 120,00. 
Depois que o pagamento estiver confirmado, o envio do(s) produto(s) ocorrerá o quanto antes, mas o prazo depende de sua localidade. Para saber mais, acesse Entrega e Frete
Formas de Pagamento:
As compras podem ser feitas em até 5 vezes sem juros em todos os cartões, com parcela mínima de R$ 30,00.
Trabalhamos também com outras formas de pagamento, como débito, boleto bancário e PayPal.

Sobre a Duloren:

A Duloren, líder de mercado em moda íntima no Brasil, fundada há 53 anos, tem um forte e consistente DNA que está baseado na produção de tecidos altamente tecnológicos com desenhos, rendas e elásticos exclusivos, acrescentado à tinturaria própria e à fabricação dos seus insumos. Para atender as mais diversificadas solicitações do mercado consumidor, a Duloren produz e comercializa hoje as marcas Duloren e Femmina.

Com capital 100%% nacional, produz cerca de 1,2 milhão de peças por mês. A Duloren orgulha-se de ser inovadora e estar na vanguarda da estratégia de mercado. Através de avançados planos de marketing, a empresa é reconhecida como pioneira da moda íntima, lançando coleções simultaneamente

Atenção:  

Preços e condições válidas somente para este e-mail, em compras na loja online da Duloren.
Promoção válida até 08/03/2017.As condições podem se alterar após o envio dessa mensagem.
Confira todas as informações sobre produto, preço, tamanho e cor antes de concluir a compra.
Os descontos são válidos durante o período de divulgação e dependem da disponibilidade de estoque.