RSSTwitter

terça-feira, 29 de abril de 2014


Dica de Livro: Desaparecidas

Vocês já sofreram de ressaca literária? Do tipo, quando termina um livro não querer saber de outro nem tão cedo, só por conta de ter amado o que terminou de ler? Pois bem, foi o meu caso quando finalizei DESAPARECIDAS, livro da escritora sino-americana e ex-médica Tess Gerristsen. O mais engraçado desse fato é que a trama do livro não tem nada de profundo, daquele tipo que te faça uma viagem de autoconhecimento ou de grandes reflexões por aquilo que absorveu. O livro me deixou assim ressacado por ser um bom passatempo e nada mais. Até porque a gente fica filosofando e tirando lições de vidas quando é leitura de livros zzzzzzzzzzzzzzzZZZZZZZZZZzzzzzzzzzzzzzz biográficos ou de autoajuda, e DESAPARECIDAS não é assim mesmo!!!! Pois é apenas literatura do mais puro entretenimento!!!!

A trama, que até lembra um pouco a novela SALVE JORGE, guardadas as devidas proporções, por focar no tráfico de mulheres europeias rumo aos Estados Unidos para fins de prostituição, é super frenética, já que a ação constante mal te deixa respirar com perseguições babadeiras, assassinatos, investigações, FBI, figuras do alto escalão do governo e a busca desesperada por uma única testemunha para desvendar o caso e sobre a qual não se sabe absolutamente nada!

Não dá para se aprofundar muito sobre o que passa no livro porque periga eu entregar algum indesejável spoiler. Basta saber que a primeira parte do livro é apenas o início de um intrigante caso e que a escritora não nos poupa dos detalhes escabrosos ao descrever os apuros que essas jovens meninas passam ao serem enganadas com o tal do “american dream” e, ao chegar em solo americano, viver um pesadelo que vem a ser maior do que qualquer terror que elas possam ter imaginado em passar nas suas inexperientes vidas. O que faz nos aproximar mais ainda desses sofridos personagens, já que elas são ainda muito meninas, sonhadoras e ingênuas, e isso é que dá o grande apelo dramático para esse triller policial com bastante suspense.

DESAPARECIDAS faz parte de uma série de livros com as personagens da detetive Jane Rizzoli e da Dra. Maura Isles, mas não é preciso ter lido os posteriores ou anteriores a esse para entendê-lo, pois são tramas independentes. Apesar que já fiquei todo trabalhado na curiosidade em ler os outros casos dessa dupla cativante que me deixou sem vontade de ler outra coisa por um tempo.



DESAPARECIDAS

 Autor: Tess Gerritsen
 
Editora: Record
 
Páginas: 384

Sinopse: Aquela mulher parecia ser mais um corpo na mesa fria do necrotério. Mas quando a patologista Maura Isles inspeciona o cadáver, algo assustador acontece: a mulher abre os olhos. Ainda viva, ela é rapidamente levada para o hospital.Mas o acontecimento bizarro logo se transforma em perigo. Com uma precisão surpreendente, ela mata um segurança e faz reféns, entre eles uma paciente grávida: Quem é essa mulher desesperada e o que ela quer?

Era uma típica noite de verão em Boston. O ar abafado apressava os moradores de volta às suas casas. Não era o caso da Dra. Maura Isles. Depois de concluir a quinta necropsia do dia, ela ainda circulava pelas salas do necrotério, o cheiro da morte grudado na roupa. Ao passar por um dos corredores gélidos, a médica ouve um barulho. A longa fileira de corpos parece ter ganhado vida. O ruído tem origem em um dos sacos de cadáveres.

A pele gelada, os dedos roxos, os lábios azulados... "mais um corpo", pensa a médica. Entretanto, ela não imaginava que esta prestes a tomar o grande susto da sua vida.

O cadáver abre os olhos. 
 
Ela é logo levada ao hospital, porém em uma sequência impressionante, consegue matar um segurança e fazer alguns reféns, entre eles a grávida detetive Jane Rizzolli, que se encontra ali para dar a luz. A medida que horas de tensão se acumulam, a Dra Isles une forças com o marido de Jane, o agente do FBI Gabriel Dean, a fim de desvendar a identidade da misteriosa assassina. Quando agentes federais subitamente aparecem em cena, Maura e Gabriel percebem que estão diante de um caso que vai muito além de uma simples crise de reféns.


7 comentários:

Marcela Ribeiro disse...

Todos os livros são maravilhsos e altamente viciantes!! e os livros foram transformados em série q pra mim é tão boa qnt os livros mesmo as histórias sendo bem independentes das contadas nos livros!!

Carla B disse...

Eu terminei de ler esse livro tem o que, um mês???

Adoreii muito, caí nos livros da Tess porque ela é chamada de "Robin Cook de saias", outro médico que escreve suspenses médico e que adoro.

Realmente, entretenimento. Mas delicioso!

nivea disse...

Me senti assim com o livro FIM da Fernanda Torres. Ainda penso como pode ter escrito um livro tão bom....... Simplesmente foda!

Keilla disse...

Peraí, tem uma série com esses nomes: Rizzolli & Isles. Nunca vi, mas fica aí de recomendação pra quem gostou da leitura.

Nívea Cruz disse...

Essa autora é excelente!Pode ler sem medo os outros livros dela!

Bia Cardoso Alam disse...

Leia, da mesma autora, O Cirurgião. É excelente!!!

anna scalioni disse...

comprei na quarta-feira e simnplesmemte não consigo parar!!!!! mto mto mto bom!

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs