RSSTwitter

quarta-feira, 16 de abril de 2014


Ser negra no Brasil é (muito) f*da

Achei massa a TPM de abril dedicar sua edição a realidade de ser negro no nosso país que, sabemos muito bem, ainda sofre com o preconceito racial disfarçado. Algo que tem aumentado bastante com a tal liberdade de opinião, onde as pessoas se sentem livres ao demonstrar seu racismo com a desculpa de gosto pessoal ou justificando determinadas atitudes.

Mas bem, achei que a atriz Juliana Alves, a linda estrela da capa, merecia algo melhor, pois não achei nenhuma das duas capas lá muito bonitas. Talvez a intenção se já essa mesma, a não glamourização do assunto em uma abordagem mais séria, né? Algo que as manchetes demonstram bem.

Fotos: Divulgação



By the way, você também concorda que ser negra no Brasil é (muito) f*da?

29 comentários: