RSSTwitter

quinta-feira, 17 de julho de 2014


A Perna Cabeluda

Quando eu era uma criança que usava tranças com maria-chiquinhas e calcinhas bunda rica na cor pink, isso lá na época dos ânus dourados, aconteceu um algo deveras pitoresco, and um tanto quanto fedorento, que irei contra para vocês é now!

Eu deveria ter 4 ou 5 anos, não tenho certeza, e estava no pré-escolar. Nessa fase, como é bem sabido, tudo nos assusta, principalmente se for uma coisa bem peluda (ECAAAAAAAAAAA!!!). Pois bem, nesse período rolava uma lenda urbana aqui em Recife de uma tal “Perna Cabeluda”, um ser deveras peculiar, diga-se de passagem, já que era apenas um único solitário membro do corpo humano carecido de depilação, atacava as pessoas nas ruas escuras da cidade, geralmente tarde da noite. Lembro que o mundo todo, principalmente as criancinhas, se “pelava de medo” de um dia se deparar com tal ser. O que era até uma besteira dos baixinhos, né? Afinal, onde que a gente ia sair tarde da noite pelas ruas e sem companhia?

Mas bem, o medo é irracional e aconteceu um dia de ter ido pra escolinha sem antes fazer “totô”. No meio do horário das aulinhas a vontade apareceu e fiquei lá na minha carteira já sambando de vontade de obrar, mas como era bastante tímido, tinha vergonha de pedir a “tia” para ir no “quartinho” na frente dos outros alunos. Daí então, resolvi que esperaria a hora do recreio para me aliviar, pois o horário estava perto. Por azar do destino, tivemos que nos juntar aos outros alunos em mesinhas para desenhar e quando a “tia” deu uma saída rapidinha da sala, os coleguinhas que estavam perto de mim começaram a falar da Perna Cabeluda, dizendo que ela estava no banheiro, pois a luz do mesmo estava piscando. Pra que aqueles pestinhas falaram isso? Quando tocou o aviso do recreio eu não quis nem a pau sair da sala e ainda era obrigado a comer o lanche, pois a “tia” ficava de olho em quem não queria se alimentar. Imagina o meu sufoco? Com medo e vontade de “gagar” e ainda tendo que comer mais ainda? Não deu outra, o de cá acabou obrando foi nas calças mesmo! Aliás, no shortinho, que era o que a gente usava de uniforme. Daí o sofrimento foi maior? Sabem porque? A “tia” me levou para o banheiro para me dar banho, mas só que o recreio havia acabado e agora todo mundo já tinha voltado para suas salas e aquele banheiro enorme estava vazio, totalmente sem movimento! Pois só no intervalo é que havia um entra e sai constante lá. E eu tive que ficar lá sozinho, esperando que algum assistente fosse lá em casa (a escola era no bairro) e pegasse roupas limpas para mim. E o tempo passava e o medo da Perna Cabeluda me pegar aumentando a níveis extremos.

O bom que nesse ínterim fui notando que o pisca-pisca da luz era só defeito e que a tal da perna estava em qualquer lugar do planeta, menos naquele banheiro. Quando as roupas chegaram, enfim, o medo já tinha passado. Mas tive que voltar para sala de aula e pense na vergonha! Pensou? Pois a multiplique por mil e acrescente as brincadeirinhas de ser chamado de cagão por um bom tempo pelas outras crianças...


Vídeo: Youtube



Vocês devem tá se perguntando o motivo pelo qual resolvi contar isso? É que o tempo passou, mas o trauma ficou. Então não! Eu não tô achando na bonito essa história das mulheres fazerem um movimento antidepilação nas redes sociais, onde até elas fizeram até um tumblr, chamado Hairy Legs Club (clube das pernas peludas, em português), para mostrarem suas pernas cabeludas e encorajarem as mulheres a terem autonomia absoluta sobre o próprio corpo, lutando contra a ditadura imposta pela sociedade.


 
Fotos: Reprodução/ Hairy Legs Club 



Acho super louvável as meninas lutarem para derrubar conceitos e preconceitos impostos por uma sociedade castradora, mas meu trauma ainda não me deixa apreciar com a devida vontade esse movimento. Afinal, nem perna de homem eu consigo achar bonita peluda...

 

35 comentários:

Ver Online

Vem correndo aproveitar!

{[Optout-topo|1598]}
The Beauty Box
20161001_frete_exclusivoPerfumaria Cabelos Maquiagem Bazar
Frete grátis pro Sul e Sudeste nas compras acima de 99 reais. Confira condições.
Beauty outlet: com até 40 por cento de desconto! UAU, vem aproveitar!
Dr. Jones com 24 por cento de desconto! Gel Redutor Abdominal Abdoburn com 200 mililitros de 128 reais e 90 centavos por 97 reais ou em 6 vezes sem juros de 16 reais e 16 centavos. Lee Stafford com 40 por cento de desconto! Shampoo Frizz Off com 250 mililitros de 79 reais e 90 centavos por 47 reais e 90 centavos ou em 3 vezes sem juros de 15 reais e 96 centavos.
Bourjois com 21 por cento de desconto! Máscara para cílios Twist Up The Volume Noir waterproof de 79 reais e 90 centavos por 63 reais ou em 4 vezes sem juros de 15 reais e 75 centavos. K.Pro com 19 por cento de desconto! Protetor térmico K.pro Straight Hair Creme com 150 gramas de 54 reais e 90 centavos por 44 reais ou em 2 vezes sem juros de 22 reais.
Antecipe seu Natal: desconto progressivo pra deixar a arvore cheia de presentes. Compre 2 itens e ganhe 10 por cento de desconto. Compre 3 itens e ganhe 15 por cento de desconto. Compre 4 itens ou mais e ganhe 20 por cento de desconto.
Frete grátis nas compras acima de 99 reais. Até 12 vezes sem juros com parcela mínima de 15 reais.
Troca e devolução sem complicação. Descubra a loja mais próxima.
Siga a Beauty no Facebook, Youtube e Instagram.
Facebook Youtube Instagram
*Promoção válida no dia 04 de dezembro de 2016, ou enquanto durarem os estoques.

www.thebeautybox.com.br - Imagens meramente ilustrativas.

Central de Atendimento: Telefone: 0800-729-9070
Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 08h às 20h

E-mail   |    Chat   |    Dúvidas   |    Política de privacidade

The Beauty Box - Interbelle Comércio de produtos de beleza ltda, Rua Isaias Regis de Miranda, 413,
Vila Hauer, Curitiba, PR, CEP 81630-050, CNPJ/MF 11.137.051/0197.90


Não quer mais receber nossas novidades? {[Optout|1597]}