RSSTwitter

terça-feira, 19 de agosto de 2014


Piricrente

Apesar do título engraçadinho do post, o que gostaria de questionar aqui não vem a ser tão lá motivo de piada, já que acho o radicalismo religioso é um dos grandes males do mundo. Fazendo com que as pessoas cometam atrocidades em nome de um Deus que, sinceramente, espero que não seja o mesmo para o que eu rezo! Pois meu Deus não é castrador, violento, preconceituoso e nazista não! Deus para mim é luz, paz, sabedoria e generosidade. Não o que essas pessoas vivem praticando dizendo que são seguidores de Deus. Para mim eles mais parecem que são guiados é pelo demônio mesmo! Só assim para explicar porque determinadas facções religiosas implicam em tocar o terror ao invés do amor!

Vejam o exemplo que li, hoje, no site EGO. A matéria falava sobre Rebeka Francis, candidata ao título de “Miss Bumbum” e que é evangélica, mas está sendo julgada e ofendida por outras pessoas por seguir a tal crença e, ao mesmo tempo, fazer parte desse concurso que, todos sabemos, é algo que coloca a figura da mulher como sexy, sensual, etc. Daí então, estão chamando a Rebeka de Miss Bumbum do Capeta pra baixo



Ok. Bem sei que a tal seita religiosa tem as suas normas e quem participa dela são OBRIGADAS a seguir. Mas o trabalho dessas pessoas não seria orientar, acolher e não OBRIGAR as pessoas a se moldarem ao seu bel prazer? Que crença de Deus é essa que só sabe ditar e tentar castigar as pessoas que não fazem mal a ninguém, quando, ao mesmo tempo, elevam seres que praticaram crimes hediondos na vida, que nem eu e nem você nunca pensamos em cometer?

Falo isso porque é sabido que criminosos famosos como Guilherme de Pádua e Paula Thomaz (assassinos da atriz Daniela Perez), assim como Suzane von Richthofen (condenada por planejar a morte dos próprios pais), hoje são evangélicos e mostrados como bons exemplos para a sociedade. Já alguém que nunca fez mal para seu ninguém, é escrachada por mostrar seu corpo em um concurso? Que tipo de sentimento cristão é esse de vocês? Me respondam, porque eu até agora não consegui compreender essa turva visão evangélica!


Fotos: Reprodução/EGO




Ser sexy ou fazer sexo e, ainda assim, ser alguém que ama seu Deus, não é algo vergonhoso. A vergonha maior é ser gente preconceituosa que aponta o dedo para os outros sem querer prestar atenção no próprio rabo sujo!

34 comentários:

Anônimo disse...

acho que ela pode mostrar o rabo dela, sem problemas.
eu não sou religiosa e não costumo criticar os aspectos das religiões dos outros, pois, se essa prática os faz ser seres humanos melhores (ou menos piores) pra mim, já é lucro.
Quer pagar dízimo? Pague mesmo. Pague com o sentimento de que é um investimento em sua alma, assim como eu pago minha terapia. Se o pastor ou padre vão desviar ou sonegar? Já não é problema seu, eles é que vão arcar com as consequências.
Quer mostrar a bunda? Mostre! Se isso vai te fazer crescer de alguma maneira, ótimo. E nem precisa ser espiritualmente, pode ser financeiramente também, já que estamos vivendo essa vida no mundo material e precisamos pagar nossas contas, investir no patrimônio familiar, etc.
A única coisa que eu não concordo no texto de certas religiões são as questões como machismo, violência psicológica, terrorismo, radicalismo e todas as atitudes que vão de encontro com o crescimento pessoal e/ou da humanidade.

Anônimo disse...

Mas de onde vc tirou que o Guilherme e a Suzane são vistos como bons exemplos? Agora a moça do bumbum pode seguir uma igreja que seja mais liberal, existem as que usam saia e cabelos longos e outras que podem sensualizar a vontade.

Anônimo disse...

Concordo com q liberdade de fazer o que bem quer com o seu corpo e que o que importa é o coração... Porém como tudo na vida... Existem regras... A religião que ela segue não condiz com essa exposição... E ela tem o direito de escolher, mas não da pra ser evangélica se não acredita em suas "regras"... Como tudo na vida podemos concordar ou não com o que nos é imposto... Ela participando de um concurso como esse declarou que não acredita em sua igreja (Nada relacionado a sua fé e o Deus que acredita, pois são coisas bem diferentes). Só é preciso escolher o lugar onde melhor se encaixe...

Obs: Não tenho nenhuma religião... E o que tento dizer é puramente minha opinião.

Anônimo disse...

👏👏👏👏👏👏👏

Alessandro disse...

Guilherme e Suzane são bem vistos por seus companheiros evangélicos

Anônimo disse...

Parabéns!

Anônimo disse...

Não se pode servir a dois senhores.

Jeissy Silva disse...

Na moral, há muita hipocrisia no Brasil e tenho muito nojo disso! Acho isso tão besta, não vejo problema algum dela ser evangélica e participar do concurso... é melhor do que ser daquelas que se escondem embaixo do saião.

Alessandro disse...

Isso mesmo, Jeissy Silva! Conheço alguns evangélicos que trazem pose de santos em público e são verdadeiras pestes na realidade. Tipo, mulheres casadas que traem seus maridos, homens que se prostituem, etc. A hipocrisia reina! Melhor ser autêntica como essa menina do que se esconder por trás da Bíblia e aprontar por baixo dos panos

Anônimo disse...

TEM GENTE QUE REZA NO DOMINGO E ENVENENA OS GATOS DA VIZINHANÇA DURANTE A SEMANA.

Anônimo disse...

Eu sou evangélica, da Assembléia de Deus, minha igreja tem regras do tipo não posso expor meu corpo, não posso cortar cabelo e tal. Mas eu não sou OBRIGADA como voce disse, a fazer isso. Funciona assim: eu QUERO ser evangélica, sinto que é o lugar certo pra mim e por isso sigo as regras com a maior facilidade, se algum dia eu chegar a conclusão que isso tudo de sexo só depois do casamento, dízimo, me vestir comportadamente é tudo uma besteira, eu não vou continuar dizendo que sou evangélica e fazer tudo isso. Mas infelizmente, todas as religiões tem hipócritas, e julgar todos os evangélicos por causa do comentário ou comportamento de apenas um indivíduo, isso também é ser hipócrita.

SINCERÃO!!!!! disse...

Quem não sabe que o famigerado concurso só serve p/ as candidatas inflacionarem o preço dos programas, logo...

Anna M. disse...

Acho que seria mais apropriado a moça dizer que crê em Deus e em Cristo, mas o termo evangélica, acho que pegou mal sim . Pq, ao fazer parte de uma igreja a pessoa aceita seguir certas regras.
Eu, como sou uma pessoa que adora liberdade, tenho aversão a seguir uma religião .

Anônimo disse...

O problema, na MINHA opinião, é que os evangélicos, em sua maioria,vão a alguma determinada igreja evangélica, porque existem várias com várias doutrinas diferentes, e lá eles sofrem uma lavagem cerebral, não quero ofender ninguém mas é minha opinião, e passam a querer doutrinar todo mundo e amam apontar o dedo na cara dos outros, dizendo que todo mundo é errado e só eles são certos.Ao longo da minha vida conheci muitas pessoas assim, MUITAS, e ainda conheço.Sei que é horrível generalizar,cada um é cada um, mas não acho certo uma pessoa que se diz evangélica se expor desse jeito, penso que não condiz com a postura de uma pessoa evangélica, ainda mais sabendo, como sei, que a maioria dos evangélicos adoram julgar e apontar se dizendo perfeitos, que só eles estão certos e o resto vai para o inferno.

Estudei em escola evangélica durante alguns anos e era, infelizmente, obrigada a assistir a assembléia e nossa como os pastores atacavam outras igrejas e religiões, olha eu era criança, sem noção de nada mas já achava aquilo errado e até hoje encontro evangélicos assim.E pior que isso são aqueles que ficam: "Vai na minha igreja?" "Oi gente, na minha igreja no domingo vai ter isso, isso e aquilo, vai ser um dia abençoado!Poxa vamos lá domingo, vcs vão gostar!" CARALH# que raiva que me dá isso!Gente perturbando com papo de igreja.

E como já disseram acima, não dá pra servir dois senhores, ou é uma coisa ou outra, 8 ou 80, verdadeiro ou falso,honesto ou desonesto e como diz na bíblia, já que o assunto é religião de raiz cristã: quente ou frio, morno te vomito.

E mais, como outro comentário diz e concordo plenamente:Quem não sabe que o famigerado concurso só serve p/ as candidatas inflacionarem o preço dos programas, logo...

E realmente:TEM GENTE QUE REZA NO DOMINGO E ENVENENA OS GATOS DA VIZINHANÇA DURANTE A SEMANA.

Tive uma vizinha, que graças a Deus já não mora mais aqui, que colocava louvores todos os dias na maior altura na casa dela e andava com a bíblia em baixo do braço sempre que ia a igreja,e ela uma vez veio na minha casa dizer que os meus cachorros quando saiam na rua( eles pulam o muro) faziam coco na calçada dela, sendo que na rua tinham um monte de cães abandonado pra lá e pra cá, e sabe o que ela falou? "Se vc não der um jeito nesses cachorros eu vou dar chumbinho pra eles" Olha ela fez um barraco,e eu fiz um maior ainda!Nunca mais ela se atreveu a falar comigo.E um tempo depois alguns cachorros apareceram mortos lá na rua, uma inclusive estava prenha.Não sei se foi ela, porque como ninguém viu não dá pra falar, mas acredito que foi ela sim, e o que espero do fundo do meu coração é que ela ou quem fez isso, pague pela maldade que fez.

E pra mim não interessa se é evangélico, católico, budista, umbandista... Deus é um só, o homem que divide, o que importa é o coração da pessoa e o caráter!
Mas não acho certo uma pessoa se dizer de uma religião, religião essa que obviamente segue uma doutrina, e a pessoa agir ao bel-prazer, se age assim então pra mim não é nada, e só usa a religião como capa, pra sociedade e acaba se tornando um hipócrita.

Lívia disse...

O problema disso tudo é que não condiz com os dogmas... Imagina então se uma freira quisesse participar do Miss Bumbum?? Ou um padre fazendo catálogo de venda de cueca?? Será que a fé deles seria respeitada? Mas, mesmo assim, será que seria diminuída?? Talvez não... A fé é o "firme fundamento daquilo que não se vê". Ninguém vê a fé, mas as atitudes devem condizer com aquilo que se crê... Acho que não combina, mas se ela crê, aí é outra história...

Daniele disse...

Na minha humilde opinião quando você escolhe participar de um grupo, provavelmente você se identifica e está de acordo com as regras deles. Pelo que entendo ser evangélico é estilo de vida, as atitudes que se têm determinam se você é ou não e não apenas dizer que é. Isso seria 'enganar a si mesmo',por isso vemos tantos maus exemplos. O evangelho que conheço nos ensina a ser como Jesus é fácil perceber a diferença de quem diz ser ou de quem é de verdade, uma vez que TODOS nós somos observadores e temos uma opinião sobre algo. Basta olhar a conduta, será que Jesus participaria de uma concurso desses? Se você consegue imaginar Jesus numa situação semelhante a dela então ela está nos ensinamentos certos, caso não então todos sabemos a resposta.

Anônimo disse...

Bom, ser evangelico é dentre outras coisas, seguir as regras, dogmas da sua denominação. Logo, só faz parte dela quem está disposto a seguir-las. Funciona como um grupo de escola, seja de musica, artesanato, etc, vc não é obrigado a entrar, mas se ingressar nele deve se adaptar. Essa moça, ao fazer parte do concurso missbumbum, não respeita um dos ensinamentos da doutrina evangelica, qual seja se portar com decoro, sem sensualidade. Desta forma, acaba causando polemica (se essa já não era a intenção desde o principio), colocando em cheque a veracidade das suas informações.
Entretanto ser evangelica e crer em Deus são coisas extremamente diferentes, nada impede que ela seja crente em Deus e participante do concurso, mas daí a ser evangelica é outra coisa. Já que, pelo o que eu conheço das doutrinas evangelicas, sendo ela de uma igreja séria já teria sido orientada a sair do missbumbum ou até mesmo "disciplinada", ou seja, afastada das atividades que porventura desempenhasse na congregação. Tudo com o proposito maior de não escandalizar a sociedade.

Anônimo disse...

Religião segue quem agora usar a religião como jogada de marketing para causar e aparecer é vergonhoso e ridiculo.Todos temos livre arbítrio pra fazer o que bem entender mas as consequências da nossa vida dependem das nossas ações e quando vc aceitar fazer parte de uma igreja vc está aceitando as regras dessa denominação então acho que essa jovem quer mesmo é causar polêmica para aparecer em destaque nesse concurso que não agrega nada a sociedade.

Queridinhozinho: http://meadiciona.com/queridinhozinho disse...

Antes de mais nada, saibam que sexo antes e fora do namoro/casamento —incluindo relacionamento aberto, poliamor, swing e menage— não é pecado!
Vejam:
http://hex.io/libertos
ou
http://cristaoslibertos.nm.ru/
Em inglês para maiores detalhes:
http://www.libchrist.com/
http://inkaboutit4u.com/

Anônimo disse...

Excelente post Ale!!!

Anônimo disse...

oh se tem amiga!!! Que se diz cristão mas maltrata os animais ( seres de Deus )
já ouvi barbaridades de crentes sobre animais... que são inferiores, nojentos, mulas de entidades demoniacas, enfim mta merda!!!! I hate this people
Deixa a moça ganhar o din din dela em paz...
A propósito sou ex crente em igreja hoje creio em Jesus somente, igreja to fora.

Anônimo disse...

Regras que as igrejas criam, tirem cristo dessa...

Anônimo disse...

mais um relato desses malditos que envenenam animais, onde moro é comum:
os unbandistas de satanas pegarem pra rituais e os crentes dos infernos invenenarem por puro prazer: Religiao é uma merda...
já diria gandhi pelo que tratam os animais se vê a nação... As religiões "comuns" do nosso país são a escória... É preconceito, disseminação, maltrato as pessoas e animais...

Anônimo disse...

Em relação aos comentários, é engraçado perceber q muitos se declaram sem religião, mas criticam o fato da moça em questão ter uma, ser evangélica e participar do concurso. A bunda é dela, não é o fato dela pertencer a religião X ou Y, que define q SUA bunda possa ser mostrada. Só nos mostra mais uma forma de preconceito.
Ótimo post, Alê!!!

Anônimo disse...

Eu Acho que a vida e o corpo são dela, só ACHO.
Se ela quiser ser evangélica e mostrar o popô, deixa ela.
Se você é evangélico e acha isso errado, é simples, não faça.
Esse é o mal desse negócio de religião, principalmente as mais "rigorosas", gostam muito de olhar o rabo dos outros e esquecem do próprio.
Acho MUITO PIOR alguém que trata mal animais/pessoas/papagaio/piriquito/cachorro/gato/passarinho do que alguém que mostra a bunda/piriquita/peito/tudojunto
seja essa pessoa religiosa ou não.
Outra coisa, disseram ali nos comentários que para estar nos ensinamentos de Jesus basta olhar se ele estaria em uma posição desta. Discordo, Jesus viveu em uma época diferente, costumes diferentes, país diferente, religião diferente, totalmente fora do contexto em que vivemos.
O que o ALexandro disse tem todo o sentido, quem crê em Deus deve acreditar no amor e ponto final, dane-se o que outra pessoa decide fazer, ela é ela, você é você. Se preocupe com as suas atitudes.

Lia disse...

Concordo com o post acima, na parte que cada um deve se preocupar com a sua própria vida. Se isso acontecesse de verdade não estaríamos nem aqui comentando nesse post, não daríamos atenção se a moça é crente ou não, seria só mais uma mostrando o corpão. A hipocrisia deveria ser deixada de lado e todo mundo assumir que tem uma opinião e julga sim. Todo mundo mundo espera um comportamento de quem se diz crente, quando foge disso TODO mundo sai falando mal.

Anônimo disse...

Concordo com vc Lia, todo mundo sai falando mal mesmo dos evangélicos, quando os próprios evangélicos em sua grande maioria falam mal de todo mundo que é diferente deles! Engraçado né?Chumbo trocado não deveria doer vc não acha?

Eu acho bizarro um pessoal que se diz e age como se fossem santos, perfeitos e adoram falar de quem é "do mundo" como muitos dizem, aceitarem que uma mulher que trabalha com o corpo assim se diga evangélica!Daqui a pouco quando alguém for se prostituir, vender o corpo mesmo, vai falar que não tem problema porque Deus é amor!Deus não condena e não tem problema!E aonde fica a questão do pecado?Do que é certo ou errado segundo um livro chamado bíblia e que os cristãos seguem?Sério não to entendendo!

E o problema não é crer em Deus, o problema é se auto denominar determinada coisa e agir de forma totalmente diferente de como a doutrina daquela religião prega!

Quer mostrar a bunda, a vagina, o corpo todo?Mostra ué, sem problema nenhum!O corpo é dela ela pode muito bem enriquecer com ele!Mas depois querer vir pagar de pessoa religiosa?Me desculpem mas a postura de uma pessoa religiosa não condiz com exibir o corpo dessa forma!E querer dizer que jesus poderia fazer a mesma coisa ou algo parecido, como disseram nos comentários "é só pensar se isso seria possível " é um absurdo gente, LOUCURA!

Religião é religião, doutrina é doutrina!Temos que nos moldar a ela, não é a doutrina que tem que se moldar a gente!Pelo amor de Deus né, tem gente que deturpa as coisas pra poder aceitar e pensar que está tudo bem, que o que está fazendo não está errado porque na própria cabeça criou uma noção, realidade que não existe!Por isso existem tantas seitas religiosas e tanta gente hipócrita!

Na minha sala tem uma menina que se diz evangélica e eu acho bizarro porque ela vai com um short super curto, que eu que nem tenho religião,crença nenhuma, usaria na rua porque é MUITO curto, só usaria em casa mesmo.E ela adora o Marco Feliciano e não gosta de gays porque não é coisa de Deus!E a bonita já fez aborto!

Sou a favor do aborto, não tenho problema com isso, mas condiz uma pessoa que se diz evangélica que frequenta igreja todo domingo, como ela diz que faz, fazer um aborto?Condiz?E ela ainda fica distribuindo papel da igreja dela pra gente ir hein!

Porque penso que a pessoa que frequenta determinada religião tem que ter determinada postura, ou será que isso mudou e não sei?

Evangélico agora pode cair de bêbado, usar drogas, exibir o corpo, pousar pelado/a que não tem mais problema não?Porque pelo que sei isso tudo é errado pra eles.

Anônimo disse...

Preconceituosa detected!!!

Anônimo disse...

Nao disse que Jesus faria isso, só disse que tem gente querendo viver em ensinamentos de 2000 mil anos atrás e acha que ta super certo, e dá pra aplicar nos dias de hoje, veja exemplo de religiões extremistas, olhe em sua volta, no que está acontecendo no mundo, pessoas explodindo crianças, e você vai ver que nem tudo o que Jesus disse se aplica nos dias de hoje, se ele estivesse aqui hoje talvez tivesse ensinamentos totalmente diferentes.
Ao quesito de vender o corpo, você acha que fazer aborto não é errado, mais se prostituir é pecado? Olha a hipocrisia. Tem muita gente que acha o aborto pecado, pois segundo "religião" a vida é gerada na concepção e não no nascimento, não sou contra o aborto, mais uma pessoa que "mata", segundo a igreja uma vida é muito pior que se prostituir, continuo dizendo o corpo é de cada um e cada um faz o que quiser, desde que RESPEITE o próximo.
Devemos lembrar que é bem assim que as atrocidades acontecem, pessoas se achando melhor que as outras por religião, filosofia de vida, e o que for!
Engraçado que muita gente se diz não seguir nenhuma religião, mais defende que ela não pode ser evangélica e usar micro biquíni em concurso.

Anônimo disse...

Eu entendo que há uma diferença sutil, e por isso mesmo muitas vezes não considerada, entre você se IDENTIFICAR com alguma religião ou filosofia de vida e ter para si que aquilo que vai te conduzir na vida, pura e simplesmente, e você PERTENCER de fato a alguma igreja/denominação/religião.
Tem gente que se considera evangélica, porque a família é, porque é o lugar onde nasceu e cresceu, porque acha correto alguns dogmas, porque acredita em Jesus sendo o salvador e etc. E só. E tem gente que está vinculada estritamente a alguma denominação (evangélica, no caso) e é alguém atuante no dia a dia da igreja, nos cultos, nos dogmas, nas doutrinas, enfim. Penso que não se deve estabelecer o mesmo julgamento para essas duas situações diferentes. Acho que essa menina se identifica com o evangelho, unicamente. E é super válido também, não é nenhum desmérito. E portanto, não deve ser julgada como alguém que está na rotina de alguma denominação, exercendo funções e tudo mais.

Quanto a hipocrisia dos evangélicos, acredito que seja mais uma questão de caráter do que de religião. Há pessoas boas e ruins em todos os segmentos da sociedade. Mas penso que isso se torne mais latente no meio evangélico porque é uma religião que muitas vezes demonstra mais repressão do que acolhimento (ironicamente), e algumas pessoas que já possuem, desde sempre, características em si que não são aceitas e não sabem lidar, veem ali, mesmo que inconscientemente, uma forma de reprimí-las. Como aquilo permanece, ainda que escondido, projetam isso no outro, querendo reprimir a tudo e a todos. Infelizmente, é o caso de muitos evangélicos.

A nossa sombra sempre se manifestará, mesmo que seja projetada no outro.

Ratifico que é só minha opinião, e não falei de TODOS os evangélicos. Existem pessoas assim em qualquer lugar ou religião. Mas o assunto do post é exclusivamente sobre os evangélicos.

Se ofendi alguém, peço desculpas antecipadamente. Não discuto com ng!

Parabéns pelo post, e por todas as opiniões.

Anônimo disse...

Me desculpe, primeiro quero dizer que com todo Photoshop que colocaram não conseguiram afinar a cintura dela... Pai do céu... Que cintura de barril é essa.? Segundo... Isso é só pra chamar atenção, porque hj já apareceu outra dizendo que queria ser freira e foi expulsa da igreja católica... Ah faça-me o favor... Elas estão mais pra oportunistas que querem se aparecer de qualquer jeito! Muda d cidade se o programa está fraco!!!!

Anônimo disse...

Anônimo das 11:52 em que parte eu escrevi que se prostituir é pecado? Até porque eu que não tenho religião, não acredito em pecado.Eu somente citei a questão do pecado porque os evangélico e católicos conceituam como pecado algo que segundo a religião deles é errado.E acredito que vc deveria procurar um dicionário para entender a palavra hipocrisia porque vc esta usando essa palavra a esmo e pelo visto não sabe o que realmente ela significa.Sou a favor do aborto sim e não tenho nada contra uma pessoa se prostituir porque cada um sabe o que faz com o próprio corpo mas não acho a prostituição uma coisa certa porque acredito que existem
várias formas de se ganhar dinheiro sem precisar vender o próprio corpo e passar pelas coisas horríveis que uma prostituta tem que passar, e acredito mais ainda que as mulheres têm cérebro e não somente bunda ou um corpo bonito, e que dignidade vale muito mais que dinheiro, então não vou vangloriar a prostituição nunca.E como vc quer usar o conceito de religião comigo se nem religião eu tenho e não baseio nada na minha vida pela perspectiva religiosa?Sério, não entendi a sua lógica.

E as atrocidades na humanidade acontecem por outros motivos muito piores então não acredito ser possível resumir a um ou dois, me admira alguém resumir "tudo" a tão pouca coisa.

E novamente, aonde está escrito que alguém disse nos comentários que ela não pode, está proibida de seguir alguma religião?

O que vc não consegue entender, e talvez porque vc pelo visto não entende o significado de certas coisas, e que ou vc é uma coisa ou outra em determinadas esferas
da vida!Não dá pra ser puta e ser freira ao mesmo tempo!Não dá pra ser pastor e traficante ao mesmo tempo!Não da pra ser policial e roubar ao mesmo tempo! ... E por ai vai, ou seja, não da pra ter um discurso e na realidade agir de outra forma, ter uma conduta diferente, simples assim, do contrário é hipocrisia.

Ah e vc precisa ler mais, pra melhorar a escrita e a compreensão!

E anônimo das 19:27 parabéns pelo comentário inteligente!Acredito que a questão não abranja
somente o que vc citou mas é 90% do que vc falou mesmo.Queria poder conversar ou discutir mais com
pessoas assim como vc, porque hoje em dia quase não discuto mais com ninguém e menos ainda consigo ter conversas realmente produtivas porque é muito difícil achar alguém que realmente consiga debater um assunto sem ser imbecil ou ficar falando merda, então na maioria das vezes prefiro ficar quieta pra não me estressar.

Anônimo disse...

**********Daqui a pouco quando alguém for se prostituir, vender o corpo mesmo, vai falar que não tem problema porque Deus é amor!Deus não condena e não tem problema!E aonde fica a questão do pecado?



Dê disse...

Crente do cu quente!

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

Moda com preços incríveis você encontra aqui!
Moda com preços incríveis você encontra aqui!

Não quer mais receber nossos e-mails? Cancele aqui
Não consegue visualizar o e-mail? Acesse este link

Adicione conteconosco@posthaus.com.br aos contatos
 
 
Até 5x sem juros Troca e Devolução Grátis Atendimento 47 3331-6666 | 11 4062-5476
Posthaus
Feminino Plus Size Infantil Calçados Masculino Lançamentos Promoções
Vestidos Blusas Macacões Saias Camisas Calças Marcas
 

Estas ofertas são válidas até 09/02/2017 ou enquanto durarem os estoques.
Frete Grátis (Entrega Normal) nas compras acima de R$ 199,99 para as regiões Sul e Sudeste do Brasil.
Parcele as suas compras em até 5x sem juros. A parcela mínima é de R$ 29,90.
Caso haja divergência de preço ou descrição do produto entre este e-mail e o site, a condição válida a ser praticada será a do site.

Você recebeu esta mensagem porque se cadastrou na nossa loja e optou por receber e-mails promocionais.
Respeitamos a sua privacidade e caso não queira mais receber nossos e-mails
acesse aqui.
Sentiremos a sua falta :(                                                       Veja a política de privacidade do Posthaus.com

Central de atendimento disponível de segunda à sexta-feira das 8h às 20h, e sábado das 9h às 18h.
Quer falar com a gente?
conteconosco@posthaus.com.br ou 47 3331-6666 | 11 4062-5476
Endereço: Rua 7 de Setembro, 1069, 1º andar - Sala 10A - Centro - 89010-207 - Blumenau - SC - Brasil

Não consegue ver a imagem? Clique aqui.