RSSTwitter

sexta-feira, 29 de agosto de 2014


Ricota Picante

A ricota está dentro da lista de queijos indicados para quem entra em uma dieta para perder uns quilinhos básicos por conta de sua fabricação, que é feita a partir do soro do leite, diferente dos outros tipos de queijo, que são derivados apenas do leite puro e, assim sendo, a ricota tem mais proteínas do que a maioria dos outros queijos, além de ser mais nutritiva, geralmente não ter sal e possuir um baixo teor de gordura, o que faz o tal queijo ser B.A.B.A.D.O. para a mona que tá querendo entrar no biquíni no verão 2015! Só que a ricota tem um pequenino probleminha: NÃO TEM MUITO GOSTO...

Então, para comer o tal queijo o de cá teve que se virar pelo avesso e encontrar uma solução para deixá-lo saboroso, pois do jeito que estava? Não dava mesmo, dona Redonda!



A solução apareceu quando num dos jogos da Copa do Mundo, que fui assistir com um grupo na Fifa Fan Fest Recife, uma das minhas amigas resolveu levar mini sanduíches de ricota. Claro que, quando soube de que era feito o recheio, meio que fiz um certo ar de desagrado, que não sou obrigado, tô boa? Mas quando, enfim, a larica gritou, resolvi experimentar e sambei no meio do povo de tanto amor, pois estava uma delíciaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!



O negócio é que a racha tinha temperado a ricota com pimenta calabresa, o que ornou em um toque diferente e bastante saboroso!!!!!



Com isso na mente, uns dias depois me joguei serelepe no supermercado e resolvi comprar alguns ingredientes para tentar fazer, por conta própria, um experimento com a ricota.




Comprei ricota, of course, mostarda, maionese light, azeite, pimenta calabresa e salsa em flocos, já com a intenção de fazer uma espécie de pasta e né que deu certo?



O processo é bem simples e até uma criança pode fazer. Como fiz só para mim, a quantidade usada de cada ingrediente foi bem pouca, do tipo que fosse para rechear apenas um sanduíche, como vocês podem ver nas fotos que ilustram o post. Então coloquei no prato uma fatia de ricota, uma colher de sopa rasa de maionese, o azeite (uma boa regada) e a mostarda, que deve ter sido metade de uma colher de sopa. Amassei com o garfo e coloquei uma pitada generosa de salsa e outra de pimenta calabresa, continuando a amassar para que ficasse homogêneo. Resolvi picar umas poucas azeitonas, também light, juntando à massa e pronto, travestchy, o babado ficou prontinho para ser degustado!




Na primeira investida a pasta já ficou mais do que perfeita, principalmente para quem gosta de algo mais picante. Usei como recheio de sanduíche feito com pão de aveia e iogurte, mas usei posteriormente em recheio de tapioca, crepioca e na saladinha básica do almoço, como também o fiz para acompanhamento dos bons drinks destilados do fim de semana ( vodka e gin são as escolhas + light na hora de entornar o copo. Ando correndo um pouco da cerveja), passando palitinhos de pepino e cenoura na mistura.



Também já fiz como recheio de pão de alho. Só que tirei a mostarda e a maionese, substituindo por requeijão light e umas gotas de suco de limão. Já que a união do alho + a pimenta calabresa já dava a condimentada necessária. Passei margarina Becel em fatias de pão integral, coloquei a pasta e levei ao forno. Ficou divino!!!! E se você não tá precisando de dieta, basta colocar no pão francês ou baguete, e usar para acompanhamento do churrasco de domingo. Ou até mesmo usar em bolachas salgadas para servir como canapés.


Fotos: Alessandro Araújo 




Resumindo, dá para a gente consumir alimentos mais leves com sabor sim, meu amor! Basta se atrever a brincar de chef, abusar da imaginação e transformar aquela comidinha sem sal, literalmente, em algo 'very delicious'. 

 

quinta-feira, 28 de agosto de 2014


Throwback Thursday - Cabelos Antes da Fama

No nosso 'Túnel do Tempo' da quinta de hoje, estamos trazendo elas, que atualmente ostentam picumãs de comercial de shampoo, mas que houve um tempo, antes de virarem deusas da mídia internacional, onde até um Kolene fazia falta...














O que podemos constar é que Zooey fica sem graça de cabelo loiro, Jennifer Lopez linda desde novinha, Beyoncé sempre gostou de seu picumã alisado e que só não é Belo quem não tem dinheiro...

 
Fotos: Reprodução


 Né não?


Tops na Vogue Japão de Setembro

Divas absolutas das passarelas de moda, Carolyn Murphy, Claudia Schiffer, Eva Herzigova, Guinevere Van Seenus, Karen Mulder, Linda Evangelista, Maggie Rizer, Malgosia Bela, Mariacarla Boscono, Nadja Auermann, Naomi Campbell, Natasha Poly, Saskia de Brauw, Stephanie Seymour e Tao Okamoto dividem a cena de editorial B.A.B.A.D.E.I.R.O. da edição de setembro da Vogue Japão. Dá uma catada na "diveza" e sofisticação dessas deusas nas belas imagens





























Fotos: Luigi & Iango