RSSTwitter

sábado, 28 de fevereiro de 2015


Romeu & Julieta

Final de semana passada resolvi sair da dieta, já que nos dias de carnaval também tinha relaxado, e resolvi fazer um doce para aquietar o fogo no rabo essa minha porção formiga. Daí que me bateu a vontade de fazer alguma sobremesa gostosa que levasse queijo e goiabada, mas que não fosse trabalhosa, que não estava muito afim de fazer a tia Anastácia.


Então lembrei dessa receita de pudim que postei aqui e resolvi adaptá-la para que esse caso gastronômico de Romeu & Julieta tivesse um final feliz. E não é que deu?



Ok. Na foto pode até não parecer o doce mais lindo do mundo, o que a qualidade péssima da câmera do celular ainda ajudou a piorar, mas o babado é que ficou delicioso e num instante foi consumido lá em casa!



Ingredientes:


01 Caixa de Leite Condensado de (395g)
01 Caixa de Creme de Leite de (200g)
01 Queijo Minas frescal branco (500g)
 01 Copo de Requeijão (220g)
01 Sachê de Gelatina sem sabor
01 lata de goiabada (600g)
Água Gelada
Óleo

Modo de fazer:

Bater no liquidificador o leite condensado junto com o creme de leite, o queijo Minas Frescal e o requeijão. Reserve. Dissolva a gelatina com 05 colheres de água em fogo baixo e por pouco tempo, sem que a água chegue a ferver, conforme constam as instruções na embalagem da mesma. Tipo, basta a água ficar numa temperatura mais hot na água pra dar a consistência certa da gelatina para ser usada. Juntar a gelatina a massa no liquidificador e dessa vez só bater de leve para dar uma misturada gostosa. Em uma forma de plástico, dessas usadas para fazer flan e afins, jogar a água gelada e o óleo para untar. Não precisa deixar ambos na forma do jeito que tá não, visse? É só passar por toda ela e jogar o excesso fora, ok? Depois você põe a massa batida no liquidificador  dentro dessa forma e leva à geladeira para gelar até ficar firme. Acho que umas duas, três horas, no máximo. 

Feito isso, você irá picar a goiabada em pedacinhos, colocar numa frigideira e levar ao fogo baixo com um pouco de água para dissolvê-la. E aí que você terá que tomar uma séria decisão, travestchy! Pois como não segui receita, apenas resolvi modificar aquela que já tinha postado anteriormente, inventei de colocar a goiabada derretida na forma onde estava o pudim de queijo e levá-la novamente à geladeira, crente que  ao desenformá-lo, o mesmo sairia consistente como o pudim, o que não rolou, meu amor! O pudim ficou firme, conforme o esperado, mas a parte da goiabada, por não levar gelatina, creio eu, meio que se espalhou no prato, não ficando 'certinho' como eu queria. Mas isso é mero detalhe! Pois, conforme vocês podem ver na foto, não interferiu em absolutamente nada! Apenas um pouquinho na estética, que é coisa besta. Então, o babado é que o que vocês podem fazer é optarem em fazer do mesmo jeito que fiz, ou usar a goiabada derretida como calda na hora de servir. Algo parecido como a última foto. Simples assim. ☺ 
 

6 comentários:

K disse...

Ale seu danado , querendo engordar a gente né ? Vou fazer depois te conto

Madi Muller disse...

nham nham...salivei...sou péssima pra fazer,mas boa pra comer!!!!

Vi Furrati disse...

Parece bom.

Blog da Fênix

Alessandro Araújo disse...

K, faz sim e me conta!

Alessandro Araújo disse...

Madi Muller, esse até criança faz de olhos fechados! rsrsrsrs

Alessandro Araújo disse...

Vi Furrati, é uma delíciaaaaaaaaaaaaaaa

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

toptherm
Top Therm
Top Therm
Top Therm
Top Therm