RSSTwitter

quarta-feira, 18 de março de 2015


Mamilos ainda polêmicos?

Tem quem ache desnecessário quando as mulheres protestam contra o machismo exacerbado em nossa sociedade usando nenhuma ou pouca roupa, como forma de mostrar para essas mesmas pessoas que o corpo feminino não necessita ser visto como algo sexual, mas sim libertador, como podemos presenciar na última manifestação brasileira contra os abusos do governo, onde algumas moçoilas resolveram mostrar o corpo.


No primeiro instante, em um lapso mais que machista, já a julguei como “essa deve ser alguma piriguete querendo aparecer”, algo que muitos pensam da mesma forma, mas que não justifica o fato de eu ter um pensamento preconceituoso assim! Afinal, se ela estava ali para aparecer ou não, isso não deveria ser da conta de seu ninguém, apenas dela. Pois o corpo e a atitude não eram meus, nem seus. Portanto, tinha mais era que me preocupar em cuidar do “meu rabo” do que ficar botando reparo no dos outros, pois sim? O grande problema da maioria da sociedade é que vivemos em constante julgamento alheio, mesmo quando não temos tempo ocioso para tanto.




O que me fez questionar o porque que o corpo feminino ainda ser  visto dessa forma tão sexual e não do mesmo jeito que olhamos para um homem sem camisa no calor das ruas e, mesmo assim, não o chamamos de puto, de gostoso, ou queremos passar a mão nele, deixando o mesmo seguir livre e solto. 

Já as mulheres são bolinadas e julgadas de piranhas até se colocam uma roupa mais sensual, um decote, uma saia mais curta, mostrando o quão babacas ainda somos em tratar o corpo feminino apenas como mero objeto sexual.


Para combater essa "paucuzice" é que achei muito massa  o tal biquíni TaTa Top, que tem uma estampa realista de seios, onde a ideia da tal estampa surgiu de Robyn e Michelle Lytle, casal de mulheres que resolveu quebrar um pouco a moral machista da sociedade e acabaram "hitando" com suas peças bem humoradas, mostrando que preconceito a gente derruba com bom humor também!

 
Fotos: Reprodução/Instagram


E você, mulher, toparia usar um desses biquínis e ligar o foda-se? #FreeTheNipple

 

4 comentários:

Kelli disse...

Eu toparia ,mais vou precisar de um cor "chocolate ao leite" hahahahah

Anônimo disse...

Dá uma certa confusão mental. huahua

Anônimo disse...

QUE BABAQUICE!

Ilka Tibiriçá disse...

A pelada do protesto foi no programa da Gimenez só pra mostrar o nariz plastificado e as maçãs do rosto estranhamente salientes! Ai, essas pseudo-feministas...

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

As melhores peças com os menores preços para você.
Caso não esteja visualizando as imagens,acesse aqui
 
 
Duloren
Lançamentos Sutiãs Calcinhas Modeladores Diva Plus Size OQNV
Frete Grátis
Meu guia de lingeries
Chat Online
Central de Atendimento:
Para realizar qualquer troca de produtos, seja por causa do modelo, tamanho ou cor, não há custo adicional para a 1ª troca e a Duloren oferece um prazo de 30 dias após o recebimento do produto. Caso a nova peça seja de uma referência diferente da peça devolvida, será gerado um crédito no valor do produto a ser trocado para a realização de uma nova compra. Para saber mais, acesse Política de Troca ou Devolução.
Custo e Prazo de Entrega:
O frete é grátis para qualquer lugar do Brasil em compras acima de R$ 120,00.
Depois que o pagamento estiver confirmado, o envio do(s) produto(s) ocorrerá o quanto antes, mas o prazo depende de sua localidade. Para saber mais, acesse Entrega e Frete.
Formas de Pagamento:
As compras podem ser feitas em até 5 vezes sem juros em todos os cartões, com parcela mínima de R$ 30,00.
Trabalhamos também com outras formas de pagamento, como débito, boleto bancário e PayPal.

Sobre a Duloren:

A Duloren, líder de mercado em moda íntima no Brasil, fundada há 53 anos, tem um forte e consistente DNA que está baseado na produção de tecidos altamente tecnológicos com desenhos, rendas e elásticos exclusivos, acrescentado à tinturaria própria e à fabricação dos seus insumos. Para atender as mais diversificadas solicitações do mercado consumidor, a Duloren produz e comercializa hoje as marcas Duloren e Femmina.

Com capital 100%% nacional, produz cerca de 1,2 milhão de peças por mês. A Duloren orgulha-se de ser inovadora e estar na vanguarda da estratégia de mercado. Através de avançados planos de marketing, a empresa é reconhecida como pioneira da moda íntima, lançando coleções simultaneamente

Atenção:
Preços e condições válidas para a loja online da Duloren. As condições podem se alterar após o envio dessa mensagem.
Confira todas as informações sobre produto, preço, tamanho e cor antes de concluir a compra.
Caso haja diferença nos preços entre este e-mail e a loja online da Duloren, a condição válida e praticada será a da loja online. Os descontos são válidos durante o período de divulgação e dependem da disponibilidade de estoque.