RSSTwitter

terça-feira, 16 de junho de 2015


A Insustentável Incoerência do Ser

Nem faz tanto tempo assim e a manchete no EGO era essa:



Já a de hoje, no mesmo EGO, vem a ser essa, Brasil???????




Longe de mim achar que as pessoas não precisem de uma baita festa de casamento, se assim o desejarem, sendo pobres ou sendo ricas. Afinal, como dizia o saudoso Joãosinho Trinta, quem gosta de pobreza é intelectual. Mas juro, bem juradinho, que se tivesse passado por esse mesmo perrengue pelo qual ela passou, iria recordar disso e pedir para esse povo trocar essa ajuda para festa pela quantia em dinheiro, para garantir que não teria que passar de novo pelo mesmo aperto. 

Sei que cada um é cada um, porém bem lembro ainda do que uma professora de português, a tia Telma, falou para todos na terceira série: "Para te dar um copo de cachaça, um amigo sempre aparece! Agora vá pedir um prato de comida que não aparece nenhum!"

3 comentários: