RSSTwitter

segunda-feira, 15 de junho de 2015


Tylenol lança campanha em favor das famílias LGBT

"Quando foi a primeira vez que vocês foram considerados família? Quando se apaixonaram? Quando se casaram? Quando tiveram filhos? Quando foi a primeira vez que vocês lutaram para serem considerados uma família?". Essas são as questões mostradas na nova campanha #HowWeFamily dos analgésicos Tylenol lançada, hoje, na TV norte-americana e que se mostra super favorável às famílias LGBT.

Já a tradicional família brasileira pode, desde agora, começar a passar febre, dor de cabeça, dor muscular, artrite, dor de dente, sem precisar usar Tylenol e ficar esperando um milagre ungido acontecer para sanar essas dores, né? rsrsrsrs


Fotos e Vídeo: Divulgação



Família não é definida por quem você ama e, sim, como...


 

24 comentários:

Anônimo disse...

Ninguém precisa sentir dor ou febre por boicotar o Tylenol. Há inúmeros outros analgésicos/antitérmicos inibidores da cox. Para isso existe a liberdade de pensamento e de expressão. Boicote é um ato totalmente legítimo. E veja só: qual a diferença entre voce debochar e humilhar as tais 'famílias tradicionais e alguém dizer que não se sente bem vendo casais gays na sala de sua casa? Existe muita gente que é religiosa de boa-fé, que acredita no seu deus e em seus princípios religiosos. No Brasil, elas têm o direito de boicotar o que e quem quiserem, ao contrário de Cuba, da China, da Russia e das ditaduras islamicas. Lá, voce é gay e quer expor essa condição, eles te prendem e, não raro, fuzilam. Me diz: qual é o 'milagre ungido' que a turminga espera em Cuba ou na China? Qual a religião ali? E não, eu não faço parte da 'família tradicional ungida'. Sou agnóstica e vivo com um judeu. Mas defendo a liberdade de todos, inclusive desses que voce ridiculariza.

Alessandro Araújo disse...

Querida, o deboche é que a pessoa tomar conta do rabo alheio é ridículo! O boicote por conta disso é ridículo! E outras tantas coisas que o povo insiste ainda em cima da sexualidade alheia é ridícula e não tem justificativa! E acho que esse povo precisa cair em si de quanto são ridículos em dar importância à uma sexualidade que não lhe pertence. Simples assim

Anônimo disse...

Família LGBT não tem filhos! Só podem ter filhos os heterossexuais, que são inclusive os pais dos gays. Não tentem vender essa ideologia barata de gênero, que não cola mais.

Rita disse...

A primeira anonima mandou mui bem! Parabéns pelo comentário.

Anônimo disse...

Que essa campanha chegue logo ao Brasil! Dá uma dor de cabeça ler esse mímimi familia tradicional..

Anônimo disse...

Anônima 1 parabéns pela coerência no seu argumento.

Anônimo disse...

Parabéns, Anônima 1. Muito bem argumentada sua opinião. Alessandro tem uma mania muito desagradável de defender uma "classe" ofendendo outra. Se você quer ser respeitado, tem que respeitar também.

Alessandro Araújo disse...

Querida, não desrespeitei ninguém aqui nesse post. Onde tá eu falando algo sobre X ou Y? Estou ironizando o conceito da tradicional família brasileira que se acha no direito de fiscalizar o rabo alheio. Se elas não fizessem isso, que isso sim é um desrespeito, já que cada um tem que cuidar de sua própria vida, não teria o que se criticar. E desagradável é a mania de alguns acharem que o rabo dos outros é da sua conta :)

Anônimo disse...

Boicote porque o cara da o cu?? Ahhh gente faça-me o favor de ter um argumento melhor do que "boicote é um ato totalmente legítimo" pq um cara gosta de outro? Ser tradicional é uma coisa, agora boicotar pq o cara da o cu?? Gente, deixa eu explicar: não é o seu cu é o do cara, pq cada um não vive feliz da maneira que achar melhor? Acredito que haveria muito, mas muito mais amor nesse mundo!!!
Desculpa o desabafo intempestivo Alê, sou mulher tenho namorado, mas sou ser humano sem preconceitos, tenho amigos pelo coração e vejo constantemente um casal de amigos gays com um coração tão lindo, ser massacrado pela sociedade só pq se amam e ofendem a "família tradicional".

Anônimo disse...

Anonima 1, é uma via de mão dupla e provavelmente é isso que gera o mimimi: do mesmo jeito que muitos tem o direito de se sentir ofendido com a existência de casais de gays, boicotar empresas por apoiarem a causa e se acham no direito de julgarem, as vezes com ofensas sérias; outros tantos também tem o direito de discordar dos primeiros e tentar "boicotá-los", assim como também se acham no direito de julgarem os primeiros podendo ser tão agressivos quanto. A sua defesa é aplicável aos dois lados.

No fim das contas o sensato é não ser agressivo com quem discorda da sua opinião e, principalmente, não interferir na vida de pessoas que não estão cometendo nenhum ato de violência e nem desrespeitando nenhum direito alheio, sejam gays, heteros, ateus, católicos, judeus...

Anônimo disse...

Fiscal de cu alheio realmente é uma função que não faz o menor sentido e não tem a menor utilidade. Assim como os fiscais da opinião alheia.

Anônimo disse...

Arrazou Anonimo 1... Concordo em genero, numero e grau.
Não adianta defender um grupo que alega ser vitima de preconceito, atacando o outro da mesma forma, que discorda daquele.

Alessandro Araújo disse...

Gente, parem para analisar o quão ridículo da coisa que é vocês compararem preconceito com a sexualidade alheia com o fato das pessoas acharem que vocês não tem direito em julgar o rabo de ninguém, já que ninguém tá julgando o vosso! Ninguém aqui tá sendo preconceituoso quando fala que vocês precisam é cuidar das próprias vidas! Agora vocês estão sendo preconceituosos quando se acham no direito de cuidar da vida dos outros e sem permissão dos mesmos! Não escondam o preconceito por trás de opinião discordante. Isso é incoerente! Pensem um pouco, não dói e é de graça

Anônimo disse...

Arrasou é com S não Z. Preconceito e burrice em um paragrafo só, é dose.

Anônimo disse...

O homem vira Deus e molda a realidade e a verdade a seu gosto. Então, na medida em que a realidade à nossa volta não é mais um dado original que nos precede e que nos dá significados, nós pretendemos redefinir também a diferença sexual.

Alessandro Araújo disse...

Olha, tudo bem expressar suas opiniões, agora falar besteira aqui é outra coisa! Quero ver você mostrando algum post que falei sobre PT aqui? Quero ver algum post falando de comunismo também? Melhor pararem de vomitar mentiras, porque aí vou ser ditador e começar a deletar comentários absurdos! Sempre evitei posicionamentos políticos aqui no Pimenta porque sei que aqui não é espaço para isso e não vou permitir achismos de gente anônima me chamando de comunista ou de defender o PT, quando nunca fiz nada disso por aqui. Chegou aquela hora que a coisa já tá partindo para as ofensas e repito que não irei permitir isso a partir desse comentário ridículo feito, ok? E não entra na minha cabeça quem é contra gay e continuar vindo aqui num blog que é escrito por um!

Anônimo disse...

"Não escondam o preconceito por trás de opinião discordante". Usarei pra vida <3

Jeff Oliveira disse...

Sair no Anonimato ninguém quer!!!

Anônimo disse...

Saco cheio de gente intolerante que exige tolerância em relação à sua própria intolerância!! Que gentinha...

Anônimo disse...

Falei num contesto geral, não apenas sobre este post.
Cada um tem que cuidar da própria vida sim, mas é quase impossível não escolher um "lado". As pessoas têm o direito de defender o que acredita. Não é fiscalização de rabo alheio, é não concordar com o comportamento. Não acho que eles estejam certos, porém eles podem fazer o que quiserem. Inlusive boicotar! (Acho uma besteira isso, todavia acredito que se não há proibição legal, é válido.

Anônimo disse...

O que acreditam*
Inclusive**

Anônimo disse...

Adoro sas gay

Anônimo disse...

E eu de saco cheio desse discurso lgbt.

Noveleira do D.F. disse...

Cê viu na novala das 8, que depois virou 9 e agora é dez? As senhoras lesbicas brigaram, depois e fizeram as pazes e...não se beijaram! Achei ridículo, ficou faltando alguma coisa...

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

Moda com preços incríveis você encontra aqui!
Moda com preços incríveis você encontra aqui!

Não quer mais receber nossos e-mails? Cancele aqui
Não consegue visualizar o e-mail? Acesse este link

Adicione conteconosco@posthaus.com.br aos contatos
 
 
Até 5x sem juros Troca e Devolução Grátis Atendimento 47 3331-6666 | 11 4062-5476
Posthaus
Feminino Plus Size Infantil Calçados Masculino Lançamentos Promoções
Vestidos Blusas Macacões Saias Camisas Calças Marcas
 

Estas ofertas são válidas até 09/02/2017 ou enquanto durarem os estoques.
Frete Grátis (Entrega Normal) nas compras acima de R$ 199,99 para as regiões Sul e Sudeste do Brasil.
Parcele as suas compras em até 5x sem juros. A parcela mínima é de R$ 29,90.
Caso haja divergência de preço ou descrição do produto entre este e-mail e o site, a condição válida a ser praticada será a do site.

Você recebeu esta mensagem porque se cadastrou na nossa loja e optou por receber e-mails promocionais.
Respeitamos a sua privacidade e caso não queira mais receber nossos e-mails
acesse aqui.
Sentiremos a sua falta :(                                                       Veja a política de privacidade do Posthaus.com

Central de atendimento disponível de segunda à sexta-feira das 8h às 20h, e sábado das 9h às 18h.
Quer falar com a gente?
conteconosco@posthaus.com.br ou 47 3331-6666 | 11 4062-5476
Endereço: Rua 7 de Setembro, 1069, 1º andar - Sala 10A - Centro - 89010-207 - Blumenau - SC - Brasil

Não consegue ver a imagem? Clique aqui.