RSSTwitter

segunda-feira, 22 de junho de 2015


Who is Barbie?

Loiras, de olhos claros e com roupas de perua rica cor-de-rosa, esse sempre foi o biotipo  empurrado pela Barbie, e outras tantas bonecas, para as nossas crianças. Fazendo com que as mesmas se sentissem confusas e questionassem o fato de não serem representadas por um brinquedo que, supostamente, imitavam humanos.

Mas parece que isso mudou na nova ação da famosa boneca, visse? Pois sua nova campanha vem toda trabalhada na diversidade de raças e estilos, mostrando que até mesmo um ícone  precisa/deve evoluir, não mais se prestando aos valores ultrapassados.


Vídeo: Barbie

9 comentários:

Anônimo disse...

Achei lindas as bonecas, mas esse assunto da ditadura do padrão Barbie já é tão comentado, sei lá, tem boneca de todo jeito e pra todos os gostos. Eu mesma tinha uma boneca índia que era minha paixão, e olha que faz tempo. Acho que em parte, subestimamos a inteligência das crianças determinando que isso é bom, aquilo é maléfico. Tenho filhos, e nenhum deles quer ser igual a Barbie loira de medidas surreais ou as Monsters High, e nem quer correr nas pistas do HotWheels, pois sabem que simplesmente não existem. De qq forma, adorei as bonecas.

Anônimo disse...

Que falta de assunto hein? Eu tive boneca Barbie quando era pequena, a uns 15 anos atrás, que era morena, de cabelos e olhos castanhos.
Alessandro, para de fazer polêmica por bobagens, e na boa, vai escrever sobre moda e entretenimento. Tá ficando chato o blog.........

Anônimo disse...

Continua magra, peituda, perua, cabeluda e "grifada". Só marketing.

Anônimo disse...

Chocada com a turminha barra pesada que aparece pra comentar aqui.

Anônimo disse...

Falta dar uma engordadinha nela ;)

Anônimo disse...

Continua magra, peituda, perua, cabeluda e "grifada". Só marketing. 2

Anônimo disse...

Achei lindas!
Ale, por favor não liga pras chatas azedas!!! Beijos morango!!

Anônimo disse...

olha, também cresci tendo barbies (todas loiras mesmo) e nunca me senti obrigada a nada.
como não tinha Bobs suficientes (antes de ser Ken, o namorado dela era Bob. e eu sou velha), minhas barbies faziam várias surubas lésbicas e nem por isso também quis virar homossexual.
concordo com a anônima acima que disse que parece que subestimamos as crianças.
não é mimimi. Aliás, mimimi é de quem acredita que eles querem abraçar a diversidade agora. Pois já era mais crescidinha, mas minhas irmãs mais novas brincaram com suas barbies morenas.
concordo com quem disse que é marketing.
e também só vou aplaudir essa "diversidade" no dia que fizerem Barbies que vestem de 46 a 52.

Indiasia disse...

Sempre existiu Barbie escurinha!

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs