RSSTwitter

segunda-feira, 20 de julho de 2015


O corpo de uma mãe de verdade

Deve ser extremamente frustrante para qualquer mulher que acabou de parir se deparar com uma dessas musas fitness mostrando suas barrigas chapadas após umas duas semanas pós-parto, já que isso não é bem a realidade de uma recém-mamãe, né? Pois milagres ainda não existem e o corpo demora um 'bocadão' para voltar à antiga forma. Isso é, quando volta...

A blogueira e nutricionista Julie Bhosale, meio que 'puta' com essa fantasia de barrigas negativas expostas nas redes sociais, resolveu fazer diferente e publicou a realidade de um corpo feminino que acabou de dar a luz, após o nascimento de seu segundo filho, que é para quebrar essa ilusão e fazer com que as outras mulheres aceitem, sem frustração, a realidade das mudanças que acontecem em seus corpos pós-parto, pois é algo totalmente normal.





Já o anormal é ficar se preocupando mais em voltar com o corpo de antes do que cuidar do seu baby, né? Não caiam nessa armadilha!

 
Fotos: Reprodução


16 comentários:

Camila disse...

O corpo é o de menos perante uma família tão linda dessa.

Anônimo disse...

Concordo mas depende de genética.minha mae levou um mês e já tava chapada e não fazia exercício. Achobq tem q ter respeito ao corpo. Não entrar na nóia.

Anônimo disse...

Se elas cuidam do filho, eu não sei. Mas que muitas acordam pensando em se exercitar, pra ficar sarada e postar foto no IG... essas mulheres não são referência nenhuma pra mim.

Márcia disse...

Concordo também que é uma questão de genética. Tive neném e voltei super rápido ao meu peso de antes da gravidez. E nem amamentei pois ela não pegou o peito de jeito nenhum. Não fiquei de barriga chapada pq não malho. Inclusive, estou mais magra que antes de engravidar.Acho que ninguém precisa sair correndo da maternidade pra academia. Cinta é um ótimo remédio. Usei por mais de uma mês e super ajudou. Graças a Deus não fiquei com a barriga flácida, ta tudo normal.

Anônimo disse...

Cada corpo é de um jeito, logico que mulher q a maioria das mulheres q não malham demoram mais a voltar.

Mas, só pq a mulher malha ela não cuida do bebe? Se ela sempre malhou o corpo já e mais duro e ainda tem a genetica.

Qual o problema em deixar o bebe por uma hora com o pai por exemplo? A patrulha é sempre com as mulheres.

Ninguem fica ai questionando se o pai cuida ou deixa de cuidar da criança.

Anônimo disse...

A amiga anônima esta certíssima... Podemos sim malhar e deixar o baby com o maridão... Uma alimentação saudável, uso de oleos naturais e consciência corporal são fundamentais na recuperação.
Nada impede vc de colocar o baby em um carrinho e dar uma boa caminhada, nada impede vc de se exercitar em casa ao lado de seu baby... Enfim! Uma mãe bem informada sabe o que fazer sem perder o foco e sem se desligar do baby bem como da nutrição e da amamentação dele.

Anônimo disse...

Se elas cuidam do filho, eu não sei. Mas que muitas acordam pensando em se exercitar, pra ficar sarada e postar foto no IG... essas mulheres não são referência nenhuma pra mim. [2]

Anônimo disse...

Acontece que cada pessoa tem um corpo e a pele diferentes, eu não tenho marcas, estrias, flacidez, e nem varizes por causa da gestação. Só que ninguém vai me dizer que é mais mãe do que eu porque ficou detonada. Pra mim foi um momento feliz e muito particular, o que me leva a pensar porque todo mundo tem que publicar tudo hoje em dia, vivo a minha história e que cada mãe tenha tranquilidade para viver seu momento, do seu jeito.

Anônimo disse...

Linda a iniciativa. Ela é linda. A família dela também.

Anônimo disse...

Bom a criança já está bem grande e ela continua barriguda! Qual é o problema de cuidar do corpo e querer voltar a ser como antes?
Não vejo glória nenhuma em não se cuidar !

Anônimo disse...

Anonimo de 20:20, concordo! hahahahaha
Nóia de emagrecer é um extremo, mas não precisa ir do 8 pro 80 e ser relaxada assim

Anônimo disse...

É o ser humano só preocupado com o aparecer, ao invés de ser! Discussão inútil!

JoPin disse...

Gosto de malhar e quando tentei após sr mãe, meus peitos não paravam de vazar!
Não me adaptei com a cinta apertada e só voltei a me exercitar um ano depois! Nunca mais minha barriga voltou ao normal(fora as estrias); só com lipo mesmo!

kelli disse...

Importante é :
O bebê
A saúde
O bem estar
Cada corpo , uma história , cada cabeça uma sentença ou loucura

Nívea Cruz disse...

Estou grávida de 5 meses da minha primeira filha,e assim que soube da gravidez deixei de controlar a alimentação,como o que tenho vontade mesmo. Mas como nunca fui de comer muito e realmente gosto de legumes e frutas,não ganhei muito peso ainda. Não sei como vai ser o resto da gravidez e nem o pós parto,mas quero sim voltar ao meu corpo de antes da gravidez,só não vou ter pressa e nem encucar com isso,minha prioridade é a saúde e bem estar meu e da minha bebê. Tenho tantas preocupações agora que nem me sobra tempo pra pensar no tamanho da minha cintura.

Anônimo disse...

ieca

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

Vem comemorar a semana do Dia Internacional da Mulher
Caso não esteja visualizando as imagens,acesse aqui
 
 
Duloren
Lançamentos Sutiãs Calcinhas Modeladores Diva Plus Size Cuecas
Frete Grátis
Dia internacional da mulher
Aproveite
Chat Online
Central de Atendimento:
Para realizar qualquer troca de produtos, seja por causa do modelo, tamanho ou cor, não há custo adicional para a 1ª troca e a Duloren oferece um prazo de 30 dias após o recebimento do produto. Caso a nova peça seja de uma referência diferente da peça devolvida, será gerado um crédito no valor do produto a ser trocado para a realização de uma nova compra. Para saber mais, acesse Política de Troca ou Devolução.
Custo e Prazo de Entrega:
O frete é grátis para qualquer lugar do Brasil em compras acima de R$ 120,00. 
Depois que o pagamento estiver confirmado, o envio do(s) produto(s) ocorrerá o quanto antes, mas o prazo depende de sua localidade. Para saber mais, acesse Entrega e Frete
Formas de Pagamento:
As compras podem ser feitas em até 5 vezes sem juros em todos os cartões, com parcela mínima de R$ 30,00.
Trabalhamos também com outras formas de pagamento, como débito, boleto bancário e PayPal.

Sobre a Duloren:

A Duloren, líder de mercado em moda íntima no Brasil, fundada há 53 anos, tem um forte e consistente DNA que está baseado na produção de tecidos altamente tecnológicos com desenhos, rendas e elásticos exclusivos, acrescentado à tinturaria própria e à fabricação dos seus insumos. Para atender as mais diversificadas solicitações do mercado consumidor, a Duloren produz e comercializa hoje as marcas Duloren e Femmina.

Com capital 100%% nacional, produz cerca de 1,2 milhão de peças por mês. A Duloren orgulha-se de ser inovadora e estar na vanguarda da estratégia de mercado. Através de avançados planos de marketing, a empresa é reconhecida como pioneira da moda íntima, lançando coleções simultaneamente

Atenção:  

Preços e condições válidas somente para este e-mail, em compras na loja online da Duloren.
Promoção válida até 08/03/2017.As condições podem se alterar após o envio dessa mensagem.
Confira todas as informações sobre produto, preço, tamanho e cor antes de concluir a compra.
Os descontos são válidos durante o período de divulgação e dependem da disponibilidade de estoque.