RSSTwitter

terça-feira, 4 de agosto de 2015


As Lolitas Muçulmanas

Se na maior parte do mundo o nome Lolita é associado à safadinha ninfeta personagem do romance homônimo de Vladimir Nabokov, onde, inclusive, deve ter saído a inspiração para que o escritor de novelas Walcyr Carrasco criasse a trama de Angel da atual “Verdades Secretas”, no Japão a coisa muda totalmente de figura, não tendo nada a ver tal nome com a adolescente sexualmente precoce, já que Lolita por lá é como se chama aquela tendência mega fofa baseada nos estilos vitoriano, rococó e barroco, onde as adolescentes mais parecem verdadeiras bonecas de carne osso, sempre vestidas em trajes elaborados, mas sem nenhum apelo sexual, pois as meninas se vestem dessa forma super encantadora em encontros entre elas, cujo intuito é se divertirem e mostrarem suas roupas umas às outras.

E se o estilo eu já achava gracioso por demais nas japa girls, agora existem motivos para cair de fofura mais ainda! É que duas Lolitas muçulmanas, Noor e Alyssa, super fãs dessa moda, resolveram casar seus hijabs com a tal tendência e estão fazendo o maior sucesso por onde moram! Conseguindo várias seguidoras por conta do resultado super lindo. Cata:
















Fotos: Reprodução 





Lindinhas demais, né?





9 comentários:

Anônimo disse...

para mim está claro que elas queriam usar as roupas da moda como todas as outras meninas das idades delas mas não podem por causa da religião,é legal vê-las se esforçando mas ainda é triste e graças a Deus eu nasci em um país em que posso escolher o que fazer da minha vida.

Sissi disse...

Na verdade eu vejo q elas gostariam de usar roupas da moda como as outras meninas.. Pera ai.. elas estão usando...

Capricho disse...

fiquei até com calor!

Anônimo disse...

Não tem a ver com o país, mas com a religião. Os vestidos estão legais, alguns um pouco exagerados na infantilidade. Mas gostei delas todas enfeitadinhas.

Anônimo disse...

Que horror! ao inves de causar encanto, me causou foi pena.

*Já sei que as politicamente corretas dirão que sou pobre de espirito por sentir pena e bla bla... e nem vou gastlçrogprkgçrovdidozzzzzzzzzz zzzzz

Anônimo disse...

Olha, não gostei não....

Anônimo disse...

Não curti...

Anônimo disse...

Se eu fosse elas não ficava tão exposta assim não... Os homens muçulmanos são meio imprevisíveis e lunáticos.

Me lembro, uma vez, de estar no metrô de Berlim, aí tinha uma moça muçulmana toda linda, super bem vestida, segurando um montão de sacolas da Hermès, Dior e Louis Vuitton.
Aí ela resolveu retocar o batom.
Coisa simples mesmo, nada vulgar ou chamativo.
Eu observei ela tirar da bolsa (Balenciaga) um batom e de forma bem discreta passar nos lábios...
O homem que estava com ela, franziu o cenho e falou bruscamente com ela.
Rapidamente ela guardou o batom e ficou quietinha, quietinha.

E eu fiquei pensando... pra quê que serve estar linda, produzida, cheia de coisas legais (e caríssimas) mas viver desse jeito?!
Mesmo levando em consideração meu olhar ocidental e estereotipado, cheguei na conclusão que uma mulher pode até ser feliz nessa cultura, mas livre...? Não mesmo.




Anônimo disse...

Alê, queria te contar uma coisa: na verdade, a Lolita do nabov (o autor), não era uma adolescente safadinha, era uma criança que foi vítima de pedofilia, mas como o narrador da história é o próprio pedófilo, ele dá sua visão da história. É triste. Não to querendo pagar de professora que sai corrigindo todo mundo não, mas é que toda vez que ouço falar na lolita como uma adolescente sensual eu fico com a sensação de que a personagem foi injustiçada e um tema tão sério como esse do abuso infantil, cai num cliché que culpabiliza a vítima...

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

Moda com preços incríveis você encontra aqui!
Moda com preços incríveis você encontra aqui!

Não quer mais receber nossos e-mails? Cancele aqui
Não consegue visualizar o e-mail? Acesse este link

Adicione conteconosco@posthaus.com.br aos contatos
 
 
Até 5x sem juros Troca e Devolução Grátis Atendimento 47 3331-6666 | 11 4062-5476
Posthaus
Feminino Plus Size Infantil Calçados Masculino Lançamentos Promoções
Vestidos Blusas Macacões Saias Camisas Calças Marcas
 

Estas ofertas são válidas até 09/02/2017 ou enquanto durarem os estoques.
Frete Grátis (Entrega Normal) nas compras acima de R$ 199,99 para as regiões Sul e Sudeste do Brasil.
Parcele as suas compras em até 5x sem juros. A parcela mínima é de R$ 29,90.
Caso haja divergência de preço ou descrição do produto entre este e-mail e o site, a condição válida a ser praticada será a do site.

Você recebeu esta mensagem porque se cadastrou na nossa loja e optou por receber e-mails promocionais.
Respeitamos a sua privacidade e caso não queira mais receber nossos e-mails
acesse aqui.
Sentiremos a sua falta :(                                                       Veja a política de privacidade do Posthaus.com

Central de atendimento disponível de segunda à sexta-feira das 8h às 20h, e sábado das 9h às 18h.
Quer falar com a gente?
conteconosco@posthaus.com.br ou 47 3331-6666 | 11 4062-5476
Endereço: Rua 7 de Setembro, 1069, 1º andar - Sala 10A - Centro - 89010-207 - Blumenau - SC - Brasil

Não consegue ver a imagem? Clique aqui.