RSSTwitter

quarta-feira, 13 de julho de 2016


O close certo de Luana Piovani

Não sei se vocês estão por dentro do assunto, mas a atriz Jennifer Aniston fez um extenso desabafo escrito para o Huffington Post, intitulado de "For The Record" (Para Constar), acerca dessa perseguição da mídia de fofocas em cima de uma suposta gravidez sua, assim como padrões de corpos exigidos por essa indústria, isso porque ela foi fotografada com uma barriguinha saliente dia desses e a imagem foi parar mês passado na capa da In Touch Weekly, onde sua manchete dizia que ela estava, enfim grávida, como se o fato de uma mulher sem filhos não seria completa, ou totalmente feliz.




A carta na íntegra, se você fez a Sasha alfabetizada em "ingrêis", pode ser lida aqui, mas os principais pontos de Jennifer no tal texto foram as seguintes:

"Eu não estou grávida. O que estou é farta. Estou farta do escrutínio feito quase por esporte e dessa exigência com o corpo dos outros feito com a desculpa do jornalismo, da Primeira Emenda e das notícias de celebridade."

- "A forma como sou retratada pela mídia é simplesmente um reflexo de como nós vemos e retratamos as mulheres em geral, todas medidas por um padrão de beleza torto."

- "O mês passado em particular me trouxe luz sobre o quanto a gente define uma mulher com base em seu status matrimonial ou maternal. Somos completas com ou sem um companheiro, com ou sem filhos. Não precisamos ser casadas ou mães para ser completas. Nós que determinamos nosso próprio 'felizes para sempre. Somos nós quem temos que decidir, por nós mesmas, o que é bonito quando o assunto é nosso corpo. A decisão é nossa, e só nossa. Vamos tomar essa decisão por nós mesmas e pela jovens mulheres neste mundo que nós veem como exemplo."



Aqui no Brasil, a também atriz Luana Piovani fez um vídeo falando sobre o assunto. E não é que a "musa", que é mais conhecida por seus closes para lá de errados, dessa vez arrasou no texto?

Cata:




 

11 comentários:

Drica Amorim disse...

Foi direto na ferida, perfeito seu raciocínio.
Basta da cobrança da perfeição!

Telma Gomig Calleja disse...

Temos nossa parcela também né, porque se vende tão bem é porque tem gente que consome todo esse lixo que nos empurram. Me incluo tá. Exemplo fácil, quantas mulheres de tamanhos e curvas maiores vemos por aí se apertando pra caber dentro de uma roupa? Acho uó, sou tamanho 50, 52 na tpm e detesto entrar em uma loja e constatar que o " tamanho especial" que dizem ter é ref ao padrão plus size da China😤. Não compro, cansei de me submeter. Tem um outlet muito famoso aqui onde moro que tem 5367707878 de lojas e não tiveram o cuidado de colocar lojas dedicadas a cliente plus, pra eles plus é um 44 transformado em 48 com muito sacrifício, não compro em mais nenhuma loja desse lugar. Vos boicotar gente! Estamos como Jennifer, fartas, mortas com farofa de saber que somos enganadas pela mídia que nos vende um mundo que pra ser gente tem que ser igual a Ana Rickman, gente que aguenta? Eu não aguento. Vamos fazer nossa parte.

@calmacarol disse...

infelizmente, Jen colhe o que plantou em todos os seus anos de celeb passando a imagem da perfeita, da magra, bronzeada, peitos em pé, jovial. ela vendeu a própria imagem e tá todo mundo comprando até hoje. obviamente as pessoas evoluem, aparentemente a nossa amada Rachel evoluiu tb, mas a mídia está é cagando pra isso e quer sensacionalismo.. o quanto couber.

estamos com Jen <3

C. Santos disse...

Além da cobrança ensandecida e absurda para que as mulheres tenham filhos, né?Tenho amigas que reclamavam dessa cobrança e agora que são mães, fazem a mesma coisa com as que não são. Acho uma falta de respeito! Primeiro pq a decisão da mulher em ter filhos ou não é exclusivamente DELA e NINGUÉM tem absolutamente nada a ver com isso. É invasiva e indelicada a pergunta "e aí? quando vai ter os teus?", já pressupondo que a mulher não só VAI TER, como será mais de um. WTF?! E ai de quem se atreva a responder q não pretende reproduzir! Qual o problema dessa opção, meodeos? Como muito bem colocou Jen: "Não precisamos estar casadas nem sermos mães para nos sentirmos completas. Nós determinamos o nosso próprio ‘e viveu feliz para sempre”. Bj, sociedade!

Anônimo disse...

Luana falou muito bem.
Temos que admitir - somos hipocritas!
pq estamos todas defendendo e falando que sim, Jen esta certa, Luana esta corretissima... porem, amanha haverá uma Kim Kardashian que engorda e um post dela usando uma roupa que ressalta os kilos extras, e estaremos todas aqui falando " nossa querida, que falta de noção! para de comer e ve se emagrece um pouco ne" kkkk

Anônimo disse...

arrasou bicha!!!!!

é uma triste verdade, ou seria uma doce mentira?

A coitada da mulher é vista como um pedaço de carne, tem que ser bela e magra, sem defeitos, com o cabelo tal, vestindo tal roupa e vivendo tal vida. porem acho que o homem tb sofre, e muito...
Enfim, humanos.
Enfim, sociedade.

esse assunto é longo............ ...... .....

Holi Heinrich disse...

Culpa e de quem aceita e compra essas revistas e depois ficam SE comparando.

Anônimo disse...

Ah, sei lá, todo esse tititi porque a mulher tá com uma barriga estranha? Tá certo, há muita cobrança, até porque sempre haverá a comparação com a Jolie que tem pencas de filhos, contudo, seria mais honesto da parte dela, Jennifer, se ela falasse na lata, não gosto de crianças, nunca me vi como mãe e tenho todo o direito de chegar aos 50 mais cheinha.
Ela deve ter ficado traumatizada com a mãe, durante muitos anos elas não se falaram, rolou um drama, lembram que ela nem convidou a mãe pro casamento com o Brad Pitt? Parece que ela é rancorosa, ambas lavaram roupa suja na imprensa. Enfim, ela está sendo desonesta quando foge do ponto principal: não querer filhos. O que é um direito dela. Embarangar é quase certo que irá, não há como fugir da velhice.

apensas franca! disse...

Quem tem piscina em casa vai fazer o que na praia? Ser fotografada pelos papparazzis!
A Playboy da Luana tava de arder os olhos de tanto photoshop! Por que a bunita permitiu? ah, vá!!!...

Anônimo disse...

A mulher sempre foi linda, magra, gostosa, de repente me aparece com essa barriga estranha, normal o pessoal comentar. O povo so vai parar de falar qdo morrer ou quando o mundo acabar, isso e fato!!

Anônimo disse...

A barriga parece de grávida mesmo,mas feia mesmo tá a bunda.Murcha e caída.
Mas engraçado mesmo é a Luana dar pitaco,usando a situação pra aparecer.

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

Vem comemorar a semana do Dia Internacional da Mulher
Caso não esteja visualizando as imagens,acesse aqui
 
 
Duloren
Lançamentos Sutiãs Calcinhas Modeladores Diva Plus Size Cuecas
Frete Grátis
Dia internacional da mulher
Aproveite
Chat Online
Central de Atendimento:
Para realizar qualquer troca de produtos, seja por causa do modelo, tamanho ou cor, não há custo adicional para a 1ª troca e a Duloren oferece um prazo de 30 dias após o recebimento do produto. Caso a nova peça seja de uma referência diferente da peça devolvida, será gerado um crédito no valor do produto a ser trocado para a realização de uma nova compra. Para saber mais, acesse Política de Troca ou Devolução.
Custo e Prazo de Entrega:
O frete é grátis para qualquer lugar do Brasil em compras acima de R$ 120,00. 
Depois que o pagamento estiver confirmado, o envio do(s) produto(s) ocorrerá o quanto antes, mas o prazo depende de sua localidade. Para saber mais, acesse Entrega e Frete
Formas de Pagamento:
As compras podem ser feitas em até 5 vezes sem juros em todos os cartões, com parcela mínima de R$ 30,00.
Trabalhamos também com outras formas de pagamento, como débito, boleto bancário e PayPal.

Sobre a Duloren:

A Duloren, líder de mercado em moda íntima no Brasil, fundada há 53 anos, tem um forte e consistente DNA que está baseado na produção de tecidos altamente tecnológicos com desenhos, rendas e elásticos exclusivos, acrescentado à tinturaria própria e à fabricação dos seus insumos. Para atender as mais diversificadas solicitações do mercado consumidor, a Duloren produz e comercializa hoje as marcas Duloren e Femmina.

Com capital 100%% nacional, produz cerca de 1,2 milhão de peças por mês. A Duloren orgulha-se de ser inovadora e estar na vanguarda da estratégia de mercado. Através de avançados planos de marketing, a empresa é reconhecida como pioneira da moda íntima, lançando coleções simultaneamente

Atenção:  

Preços e condições válidas somente para este e-mail, em compras na loja online da Duloren.
Promoção válida até 08/03/2017.As condições podem se alterar após o envio dessa mensagem.
Confira todas as informações sobre produto, preço, tamanho e cor antes de concluir a compra.
Os descontos são válidos durante o período de divulgação e dependem da disponibilidade de estoque.