RSSTwitter

quarta-feira, 13 de julho de 2016


Selinho em criança, pode ou não pode?

Apesar de não ter filhos ainda, considero meus 6 sobrinhos como tais, já que ajudei/ajudo a cuidar deles e consegui entender um pouco a polêmica que tá rolando em torno do selinho que Victoria Beckham deu em sua filhinha Harper de 5 anos, cujo registro do mesmo foi postado em sua conta no Instagram, por ocasião do aniversário da criança.

O fato é que discordo de alguns comentários postados acerca da sexualização de tal ato, julgando a Victoria como se estivesse cometendo algo pecaminoso ou erotizando a infância da filhota, mas não acho legal, na minha leiguice, que isso seja benéfico em termos de saúde. Estou errado? Realmente não sei. Porém imagino que os lábios de um ser adulto podem conter bactérias, mesmo que seja alguém higiênico e saudável, passando as mesmas ao darem selinhos em suas crianças. Fora que também esses adultos também podem ter hábitos como fumar, beber, coisas nocivas para eles e ainda mais para os pequeninos.


 Reprodução/Instagram



E vocês, o que pensam acerca do selinho em crianças?


 

9 comentários:

Anônimo disse...

Bom... não faço isso c o meu de 8 meses. Desnecessário p mim, mas não a recrimino, cada mãe sabe o melhor p se filho.

Unknown disse...

Dou selinho na minha filhota... Amo, ela ama!

Anônimo disse...

Abomino esse hábito.

Anônimo disse...

Eu também acho uó. Não acho erotizado, nada disso, só nojentinho e acho que crianças não tem que beijar lábios de adultos. É esse aíé um dos piores q eu já vi, virando até a cabeça pra encaixar, eca!!! Se manque

Anônimo disse...

Eu nao tive esse costume com os meus mas nao acho tambem o fim do mundo ja que criança poe coisas ate mesmo sujas na boca... os anticorpos foram dados por Deus pra isso tambem.

ô Mundo esse chato esse que estamos vivendo, cruzes!

Dissilábica disse...

não sei!

Anônimo disse...

Qdo meu filho era pequeno, mas não bebê, a gente tinha esse costume. Ele não fazia isso com outros adultos, não ficou tarado, nem pervertido, nem pegou doenças nem me passou doenças. Era um beijinho de despedida geralmente, quando ele ia sair de casa sem mim, não tem nada a ver com beijo de casal, erótico. Quem vê isso é que é doente. Depois não quis mais, acabou, ele nem lembra mais.

Anônimo disse...

É estranho , é nojento

Anônimo disse...

Inadequado e totalmente desnecessário

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

toptherm
Top Therm
Top Therm
Top Therm
Top Therm