RSSTwitter

quarta-feira, 24 de agosto de 2016


O close + que errado da Vogue Brasil

Se a pessoa tem realmente as melhores intenções em fazer campanha para alguma causa que ache importante em ser divulgada, ajudada, etc., comece aprendendo antes de tudo o que não fazer. Como, por exemplo, a campanha "Somos Todos Paralímpicos", criada pela agência África para a revista Vogue Brasil e que, ao invés de fazer algo realmente legal para atrair o público aos Jogos Paralímpicos Rio 2016, evento que será realizado entre 7 e 18 de setembro, achou "mais bonitinho" amputar o braço da Cleo Pires e a perna de Paulo Vilhena para as fotos ficarem, talvez, mais fashion e totalmente fora da realidade...

Jura que vocês acharam que esse era um close certo, dona Vogue Brasil? A tal "visibilidade" que vocês almejam dar para os atletas paralímpicos é fazer com que a deficiência seja vista como mero acessório? Qual será o próximo passo? Colocar alguma celebridade branca pintada de preto para apoiar o racismo? Fritar a Cleo Pires na chapa como hambúrguer para protestar sobre o consumo de carne vermelha? Ou quem sabe colocar um perucão, salto alto, vestido e uns hematomas em Paulo Vilhena para fazer campanha contra o machismo, violência contra as mulheres, estupro ou a transfobia, né?


Apenas vergonha de todos os envolvidos nisso...





Fotos: Divulgação


Na foto acima os atores posam com Bruna Alexandre, paratleta do tênis de mesa que foi referência para a foto da Cleo, e com Renato Leite, do vôlei sentado, que foi a referência para a do Vilhena.


Não teria sido melhor que esses esportistas tivessem estrelado a tal campanha do que servirem apenas de inspiração? Claro, né? Afinal de contas, visibilidade não é e nunca foi maquiagem. Muito menos photoshop...


 

10 comentários:

Anônimo disse...

Além de tudo o que vc (e talvez por isso mesmo) disse ficou muito cafona..

Anônimo disse...

Muito mau gosto...podiam ter usado as pessoas de verdade!!!!! Eles são lindos!!!!

Anônimo disse...

Se fossem os próprios atleta nas fotos duvido se tantos sites estariam falando sobre a campanha.

Anônimo disse...

"Se fossem os próprios atleta nas fotos duvido se tantos sites estariam falando sobre a campanha." É exatamente isso.

Anônimo disse...

Concordo que teria sido melhor com gente normal e suas deficiencias, mas nao achei a campanha má intencionada nao...como disse a Cleo " a maldade e o preconceito esta nos olhos de quem esta julgando a campanha".
Apenas acho que esse mundo politicamente correto de hoje, onde tudo é julgado e condenado por motivos futeis e egoistas ta um saco!

Anônimo disse...

aulas de interpretação não existem mais não?

O mote da campanha é "coloque-se no lugar do outro"

Quando vc vê uma pessoa deficiente, vc sente o que? pena? distância da realidade dela? E se vc pudesse se colocar no lugar dela? O que sentiria? É isso que a montagem quer dizer.

Zero na redação do enem pra todo mundo aqui afff

Telma Gomig Calleja disse...

Achei péssimo também. Hoje a Cléo Pires gravou trocentis snaps, descendo a lenha em quem não gostou. Como se a propaganda não tivesse como obrigação ser positiva e dar sim visibilidade aos atletas, porém da forma correta, exaltando como eles são incríveis, e não sendo tão de mau gosto como foi. Sério melhore povo, não somos obrigados, Cléo Pires, comitê, África, Vogue e anônimo acima, não somos obrigados a gostar dessa coisa horrenda e parabenizalos por uma campanha tão medíocre.

Unknown disse...

A campanha não foi mal intencionada, e creio que conseguiu atingir seus propósitos. Se fossem atletas na campanha nunca que ela teria alcançado tamanha visibilidade e atingido tanta discussão! Vejamos, "colocar -se no lugar do outro" era este o objetivo! Pq será que essa imagem de dois famosos jovens atores incomodou tanto? Ora, a deficiência é sempre colocada num local muito distante, como algo sim existente, mas não tão próximo da grande maioria de nós! Ao utilizar dois atores tão conhecidos a campanha gerou certa reflexão. Pq será é que tão incômodo e até desconfortável vê-los nesta situação? Refletir é sempre bom, que nos livremos das críticas rasas e prontas!

Anônimo disse...

exatamente.
tudo agora tem que ser feito pra agradar as criancinhas sensíveis. Elas não podem parar 2 minutos pra refletir sobre algo, tem que ser dado tudo de bandeja, batido no liquidificador.
Pois eu adorei, espero que continuem.

Anônimo disse...

O ponto de quem não gostou da campanha não é não se colocar no papel do outro e sim, justamente o de se colocar!!! Esses atletas são exemplos de superação, lutam todos os dias não apenas pelo seu esporte mas pela sua qualidade de vida (em especial em um pais que carece de estrutura como o nosso)... então por que nao coloca-los pessoalmente na campanha?

Que essa falha gigante da agencia causou impacto? Claro que sim!
Mas nao vejo ninguem falando sobre os jogos por causa disso, mas só na polemica em si...

Continuo achando que foi de extremo mal gosto!

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

Vem comemorar a semana do Dia Internacional da Mulher
Caso não esteja visualizando as imagens,acesse aqui
 
 
Duloren
Lançamentos Sutiãs Calcinhas Modeladores Diva Plus Size Cuecas
Frete Grátis
Dia internacional da mulher
Aproveite
Chat Online
Central de Atendimento:
Para realizar qualquer troca de produtos, seja por causa do modelo, tamanho ou cor, não há custo adicional para a 1ª troca e a Duloren oferece um prazo de 30 dias após o recebimento do produto. Caso a nova peça seja de uma referência diferente da peça devolvida, será gerado um crédito no valor do produto a ser trocado para a realização de uma nova compra. Para saber mais, acesse Política de Troca ou Devolução.
Custo e Prazo de Entrega:
O frete é grátis para qualquer lugar do Brasil em compras acima de R$ 120,00. 
Depois que o pagamento estiver confirmado, o envio do(s) produto(s) ocorrerá o quanto antes, mas o prazo depende de sua localidade. Para saber mais, acesse Entrega e Frete
Formas de Pagamento:
As compras podem ser feitas em até 5 vezes sem juros em todos os cartões, com parcela mínima de R$ 30,00.
Trabalhamos também com outras formas de pagamento, como débito, boleto bancário e PayPal.

Sobre a Duloren:

A Duloren, líder de mercado em moda íntima no Brasil, fundada há 53 anos, tem um forte e consistente DNA que está baseado na produção de tecidos altamente tecnológicos com desenhos, rendas e elásticos exclusivos, acrescentado à tinturaria própria e à fabricação dos seus insumos. Para atender as mais diversificadas solicitações do mercado consumidor, a Duloren produz e comercializa hoje as marcas Duloren e Femmina.

Com capital 100%% nacional, produz cerca de 1,2 milhão de peças por mês. A Duloren orgulha-se de ser inovadora e estar na vanguarda da estratégia de mercado. Através de avançados planos de marketing, a empresa é reconhecida como pioneira da moda íntima, lançando coleções simultaneamente

Atenção:  

Preços e condições válidas somente para este e-mail, em compras na loja online da Duloren.
Promoção válida até 08/03/2017.As condições podem se alterar após o envio dessa mensagem.
Confira todas as informações sobre produto, preço, tamanho e cor antes de concluir a compra.
Os descontos são válidos durante o período de divulgação e dependem da disponibilidade de estoque.