RSSTwitter

terça-feira, 13 de setembro de 2016


A professora mais sexy dos Estados Unidos

A americana Patrice Brown, assim como qualquer outra mulher na face da terra que tenha acesso às redes sociais, gosta de postar seus looks do dia que usa para trabalhar. A única diferença entre Patrice e muitas outras dessas moças para que mereça destaque em um post? É que algumas odiosas pessoas acham que a jovem mulher, por ser uma professora primária em Atlanta, não tem o direito algum de ter bunda, pernas, peitos, quadril...

Porque onde karalho tá a indecência nas roupas dessa criatura para que mereça ler merdas como: “Ela não daria aula pros meus filhos vestida assim…", "Existe hora e lugar apropriada para tudo e a sala de aula não é um deles", "Tirar selfies no meio da sala de aula”, “A pior professora da América”????


Sério que essas mentes tacanhas acham que mulheres curvilíneas precisam andar de burca ou algo parecido, para que cabeças doentias se sintam melhor? Tomem no olho do c...!!!!














Fotos: Reprodução/Instagram 




E que o título que lhe foi dado de "A professora mais sexy dos Estados Unidos", seja porque ela realmente é uma gata e não por conta de curvas. Porque suas roupas não tem absolutamente nada de indecentes!

 

46 comentários:

Anônimo disse...

Lindíssima e com um corpão mesmo!Também não vi nada demais nas roupas dela, na minha opinião tá ok para sala de aula.

Anônimo disse...

Gente, agora bom senso e elegância viraram tema para as ridículas feministas? Onde está escrito que é elegante uma mulher ir trabalhar com as marcas da calcinha e do soutien aparecendo? EM QUALQUER PROFISSÃO, TEM QUE TER BOM SENSO!
RIDÍCULA ESSA PROFESSORA! Se ela não sabe como se comportar no trabalho, imagina o que vai ensinar aos pobres alunos!
Daqui a pouco ela vai suja de sangue de menstruação, porque é machismo usar absorvente! ME POUPEM!

Anônimo disse...

Queria conseguir ser prof e usar salto ao mesmo tempo!

Anônimo disse...

As roupas justas não são legais para trabalhar, nem para quem trabalha com moda. Se usar pra sair, fica perfeito, pq ela tem realmente um corpo muito bonito.

Kelli disse...

Ale ela é bonita e as roupas até estão ok,o que me pareceu estranho foi ela posar no espelho da escola, sei lá ..... dá a impressão que tirar foto é a coisa mais importante ali, e na verdade não é, local de trabalho deve ser preservado em qualquer situação e profissão

Mariah disse...

Olha achei as roupas da moça bem inadequadas sim! Obviamente nada que faça jus á tantos comentários nada respeitosos. As roupas não são curtas, mas são extremamente justas e apertadas, delineando todas as formas da moça! Creio que o ambiente de trabalho, ainda mais uma escola não seja local apropriado para essas vestimentas, infelizmente somos julgados sim, pelo que vestimos, e não devemos ser hipócritas e negar que o estilo de uma pessoa nos diz sim muito sobre ela! Creio que roupas não podem representar mais do que nós somos, não podem chamar mais atenção do que nossa própria personalidade e essência! Ainda mais no ambiente do trabalho!

Anônimo disse...

Aposto que quase todos os comentários são das mães.

Marcia disse...

Olha, medo dessas pessoas que acham indecente qualquer imagem do corpo feminino. Tirar foto dura, no máximo, 10 segundos. Dá para tirar várias e ainda trabalhar a manhã toda dando aula. Não vi alunos nas fotos, então acho que ela não usa o horário de trabalho para tirar selfie. E se usasse? Como se professor não tivesse jornada de trabalho em casa não pago... Sou professora e tenho colegas que usam salto, outras vestido colado, outras andam de roupa formais, e ainda há quem venha dar aula de jeans. Eu sou riponga assumida, e adoro cores vibrantes, modelagem ampla e make colorida. E sabe o que diz da qualidade da minha aula? Porcaria nenhuma com coisa alguma. Vai ter muito feminismo da minha parte até uma mulher ser julgada pelo seu intelecto e competência e não pelo corpo que tem. E, sobretudo, por se orgulhar dele.

Anônimo disse...

Independentemente de chamar atenção pro corpo ou não, está tudo inadequado e brega,
A cafonice também tem a ver com inadequação: a roupa estaria boa pra OUTRA OCASIÃO (no caso aí) ou para outra época kkkkkkkk. Parecer q se esforçou demais, que passou horas se montando, maquiagem pesada, penteado com laque, se equilibrar num saltão pra dar aula p criancas... É simplesmente cafona

caru disse...

Cheia desse povo q se acha liberal, os alunos de hj ja nao querem nada com nada, ainda aparece profas q so querem se mostrar, a vaca vai pro brejo mesmo!!Sou das antigas, acho q pelo menos na sala de aula se deve ter respeito.Ta indecente sim!!Vamos colocar um jaleco aiiii!!!

Anônimo disse...

é bonita sim
pode se expressar como quiser sim, mas...
não podemos esquecer que roupa é um signo (no sentido de sinal e não de astrologia, viu rs), se vc usa roupa para se expressar então SAIBA que as pessoas recebem a mensagem. Vivemos em sociedade, não estamos sozinhos no mundo e se ADEQUAR não significa ser submisso, apenas significa que vc tem SENSO de COLETIVIDADE e entende as regras operacionais e comportamentais que cada atividade e evento requer, para que tudo transcorra dentro de uma normalidade, quando estamos em SOCIEDADE. Dress code não é frescura.
Ou seja, se expresse sim, mas também se adeque. Existem 1000 maneiras de ser sexy sem ser cafona. Ela não usa roupas curtas, mas cercas coisas, como aquela primeira calça jeans, são sim vulgares e não estão apropriadas para a mensagem que ela DEVE passar para os alunos e colegas de trabalho. Ela pode muito bem ser linda, montada, moderna, divertida, sexy, extrovertida no trabalho. O que ela precisa é largar de ser CAFONA!

Alessandro Araújo disse...

As roupas não estão inadequadas quando se imagina alguém magra, sem seios e sem quadris dentro delas. Afinal. não tem nada de decotado e tão justo em nenhuma peça! O problema é que a mulher tem corpão e sempre quando é alguém assim, acaba sendo julgada como vulgar ou sexy demais. Esse julgamento é ridículo! Ridículo! Ridículo!!!!!!!!! Depois são as próprias mulheres que reclamam de ditadura do corpo, imposição de padrões, quando elas mesmas criticam mulheres que tem curvas e se aceitam assim. Nenhuma roupa aí tá curta demais, decotada ou extremamente justa. Estamos apenas diante de uma mulher com bunda, peito, quadril e pernas.

raquel dos anjos disse...

Chega a ser ilógico ver esses comentários. Principalmente vindos de mulheres.
A única coisa que eu imagino, é se não é desconfortável. Mas ela se sente bem assim.
Eu não vi crianças nas fotos, logo, ela deveria está sozinha, ou no horário do intervalo, ou sei lá.
O que importa é que as roupas não estão curtas, nem vulgar.
Não tem roupa marcando a calcinha, como foi citado acima.
A qualidade da aula não é inferior a de ninguém por causa da roupa da professora.
Francamente né?
Meu ensino médio inteiro tive professoras que usam transparências, vestidos curtos (acima do joelho) e nunca me senti incomodada por isso.
Da mesma forma que tive professores que usavam calças arroxadas que saltavam os órgãos genitais.
Nossa cultura é tosca e a deles também. Não vi nada demais nas fotos. Está bonita sim, cafona deve ser a pessoa que chamou e vulgar é só recalque por medo de perder o marido.

Anônimo disse...

Essa falácia de "estão com inveja", "cafona e quem falou", " quero ver a tua cara", "recalcada", pelo amor de Deus , já deu! Isso é mimimi de quem quer fazer valer sua lei e desqualificar quem discorda. Eu achei feio, cafona, é tudo isso poriepareve sim desconfortável estar toda montada assim. tambem discordo da opinião do Alessandro, pois acho q quem é magra pode errar a mão e ficar desconfortável e inadequada também, não precisa ter corpão! Se eu fosse um aluno e visse essa figura dando aula só pensaria: "stop trying sohard"

Anônimo disse...

"As roupas não estão inadequadas quando se imagina alguém magra, sem seios e sem quadris dentro delas. Afinal. não tem nada de decotado e tão justo em nenhuma peça! O problema é que a mulher tem corpão e sempre quando é alguém assim, acaba sendo julgada como vulgar ou sexy demais. Esse julgamento é ridículo! Ridículo! Ridículo!!!!!!!!! Depois são as próprias mulheres que reclamam de ditadura do corpo, imposição de padrões, quando elas mesmas criticam mulheres que tem curvas e se aceitam assim. Nenhuma roupa aí tá curta demais, decotada ou extremamente justa. Estamos apenas diante de uma mulher com bunda, peito, quadril e pernas."

Melhor comentário Ale, é exatamente o que eu penso!Se fosse a Victoria Beckham, por exemplo, com as mesmas roupas será que diriam que está vulgar?Com certeza não, porque a Victória é extremamente magra e o corpo dela não chamaria a mesma atenção que o corpo da moça do post chama.

O problema não é a roupa, é o corpo da mulher, e esse não deveria NUNCA ser o problema.Mas é aquilo né, as pessoas que pensam assim(maioria composta por mulheres também, infelizmente) não enxergam que é o homem que tem que aprender a respeitar a mulher, e assim controlar seus impulsos sobre o corpo feminino.

Isso que é fod@, pensar que a mulher, que por ter mais peito, bunda ou curvas generosas (característica que não se escolhe, simplesmente se nasce assim em muitos casos) é que tem que andar praticamente toda coberta, roupas largas ou sei lá o que, pra não provocar os homens.Triste esse pensamento viu!Assim fica difícil evoluir!

...

Anônimo disse...

Ainda que magra, roupa colada mostrando o desenho da periquita não é bonito. Sou autônoma e posso me vestir do jeito que eu quiser para trabalhar, não tenho chefe. Mas as roupas justas e curtas - eu gosto - fora do ambiente profissional. Oras, meu namorado é professor universitário e não usa bermuda, nem camisetas coladas ou regatas, para o curso que ele leciona se usa terno. Ela está inadequada.

Anônimo disse...

Alessandro não entendeu foi nada

... disse...

Eu não achei inadequadas não... Não vi nada de indecente. Ainda mais que se trata de uma professora de crianças. Mas agora professora de Ensino Médio, possa afirmar que é impossível ir vestida assim! Não porque está indecente, mas porque adolescente qualquer legging que vê já vira no bicho! Aí sim seria inadequado. Eu vou dar aula parecendo um mendigo, infelizmente eles não respeitam e acham no direito de te fotografar em qualquer pose ou te assediar indiretamente.

Caru disse...

O problema nao e o corpao, as roupas, etc... O problema e q e uma sala de aula, nao um baile funk!! Gente! vams usar do bom senso. Cada um no seu quadrado.

Anônimo disse...

Gente, eu trabalho em colégio e acho que ela está inadequada sim. A última coisa que precisamos é de aluno com ereção! rsrsrsr Falando sério, a roupa de um professor deve ser discreta... os alunos são sempre tão distraídos, que o professor ser mais uma fonte de distração é contrassenso total.

Anônimo disse...

... Continuando

E outra coisa, sinceramente gente, vcs precisam refletir mais hein!Cérebro está ai pra ser usado. Vi anônimo escrever que "Se ela não sabe como se comportar no trabalho, imagina o que vai ensinar aos pobres alunos!" Pqp escrever isso!

Poxa a mulher é PROFESSORA, o que diz que ela é apropriada para dar aula ou não é a sua formação acadêmica, seu currículo, didática... O que tem que estar em jogo já que queremos julgar uma professora é a capacidade dela de passar os conteúdos inerentes as turmas que ela assume, o controle dos alunos em sala de aula (senão a sala fica uma zona, imagina 20 crianças fazendo o que querem, por exemplo), o que ela faz para se aperfeiçoar profissionalmente( cursos extracurriculares ou uma coisa mais efetiva como um mestrado por exemplo) e coisas do tipo, não a roupa da mulher né gente!


Se ela estivesse de mini saia, barriga de fora, com um super decote... ai sim, realmente ela estaria errada, porque em uma ambiente de trabalho formal não da pra ir assim, por ser uma convenção social ( assim como não dá pra ir de biquíni num enterro, mesmo se estiver fazendo 40° por exemplo).

Se bem que eu prefiro uma professora que seja um gênio, mesmo usando uma mini saia, do que uma professora que se veste formalmente mas que é burra(existem inúmeras) dando aula para um filho ou sobrinho meu!

Alessandro Araújo disse...

Vou exemplificar algo que vivenciei na adolescência. Tinha três professoras minhas de estilos e corpos diferentes. Uma era magra e alta, fazia o estilo riponga. Outra era mignon+ para magra, fazia o estilo despojado. A terceira era peituda, bunduda, cadeiruda e fazia o estilo mais clássico. No verão todas elas se vestiam de forma mais leve. A riponga ia de capri e camiseta estilo baby doll. A mignon ia de macaquito. A encorpada vestia saia lápis com blusas de mangas curtas. Adivinha quem era criticada das 3? A que tinha corpão, é claro! E isso porque ela se vestia mais coberta do que as outras duas. Mas como não podia cortar os peitos, a bunda e o quadril, era considerada a que se vestia de forma mais sexy, mesmo não sendo. Portanto, deixemos de hipocrisia. Mulheres com corpão assim sempre são vistas com preconceito, principalmente por outras mulheres. E isso é ridículo!!!!!!!! Ridículo!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Vc falou uma coisa agora Ale que eu ia comentar, porque o povo não entende o cerne da questão: a solução então para mulher com corpão, tipo a Kim Kardashian ou Nicki Minaj para dar exemplos, é cortar um pedaço do peito, da bunda, do quadril... ? Porque se a mulher é corpulenta ela pode colocar a roupa que for, em 90% das vezes que ela se vestir ela vai chamar atenção pelo tipo de corpo que tem.

Poxa, mulheres assim tem que se vestir como então?Elas tem que colocar uma burca e só andar de burca porque o corpo delas é inapropriado?

Essa moça tem corpão gente, ela não tem como esconder isso, e nem deve!Errado seria se ela estivesse com um micro short(tipo aquele que a lady Gaga ta usando num post que o Ale postou esses dias), um decotão... Mas ela está usando roupas normais e é vaidosa, só isso!

Anônimo disse...

Eu acho inadequada tambem a escolha de roupas dela... ela tem corpão sim mas nao é so elaque é asim; conheço e vejo muitas com o mesmo biotipo e nao parecem assim tão sexys... A professora aí nao e vitima do corpo dela nao... pelo contrario ela se ama pq o excesso de selfies mostra isso, entao o foco dela ao se vestir é sim, chamar a atenção pois ela tem a auto-estima dela la em emcima e quer saber, ta mais que certa... so que ela tem que rever o que vestir quando esta indo pra escola dar aula pra crianças. Como disseram acima, as ocasiões exigem um dress-code e tem que se respeitar isso principalmente quando se trata de etica profissional.

Anônimo disse...

Sabe?!
Todo mundo curte a foto da sua atriz, escritora, amiga ou seja la quem for que vc goste, e tudo bem. Né?
Comentamos, comentam e tb curtem as nossas.
Pq a professora não pode? Se ela fosse uma seca, vesga, com um óculos lentes fundo de garrafa e um narigão ninguém falaria nada.
Mas qdo vc é bonita, isso quer dizer, para as mentes perturbadas, sexi, vc é oferecida, puta e por ladeira abaixo vai...
Tão ignorante isso...
Tão triste quando uma mulher não dá o direito a outra de ser bela sem ser vulgarizada.

Como eu disse; Se fosse feia não teria repercussão.

Anônimo disse...

Nossa impressionada com os criticos de moda.
A moda caminha com a cultura, ela fala da cultura...
Cafona? Quem é tu o cocô de pombo pra ficar ditando o que é cafona? Seja lá de quem for, cada um veste o que quiser e jamais deve ser medido por isso. As pessoas já não interagem mais por causa disso, deixam de conhecer pessoas maravilhosas, por as julgarem por causa de roupa e o qto do corpo aparece.
Vc quer respeito mulher, mas não conta até três para virar uma juiza imparcial, ignorante e maliciosa.
Vai viajar e libertar teu espirito e deixar de julgar as pessoas.
Vc só é feliz quando deixa o outro ser.

Nanda Freitas disse...

Tô passada com os comentários desse povo. Quanta hipocrisia gente... medo, muito medo!!!! Ainda colocaram o feminismo na questão.:/

Anônimo disse...

Essa mulher tá pagando mico, é olhar e ver. Vamos parar de fingir q não tem q ter equilibro , bom senso e adequação pra os diversos ambientes q frequantamos. Não vamos pra escola como quem vai pra balada, nem pra balada de pijama, nem pro trabalho com roupa de ginástica, ou pra ginastica de terninho. Lição de moral guarda pra você, q chama os outros de cocô.

Anônimo disse...

Meu deus, nem sei mais o que comentar, que povo machista e nem sei mais o que...Quanto julgamento a mulher!Sendo que, escrevendo mais uma vez: ela não está de short curto, mini saia, decote... E falam como se ela estivesse vestida de forma ultrajante, quando ela não tá!Tem hora que não sei mais onde vamos parar.Eu desisto!Boa sorte a vcs.

andrea gomes disse...

Vulgar. Parece uma daquelas moças que roda bolsinha, nunca com professora. Imagina numa sala de adolescentes, vão bater punheta o tempo todo pensando nela. PFF!

Anônimo disse...

Alguns comentarios dizem que as críticas sao como se ela usasse short curto, decotao, "como se fosse ultrajante" (usaram essa palavra!)... No entanto, eu nao acho nada disso e ainda assim acho apenas que esta inadequado, fora de contexto, beirando o ridículo essa montaçao pra dar aula.
Magra ou boazuda, nao importa, tá forçado.

Anônimo disse...

Me pergunto o que leva a pessoa a ficar se fotografando no espelho. Seria vontade de se autocomer?

Alessandro Araújo disse...

Não tenho mais nada a comentar, a não ser NOJO DA FALTA DE EMPATIA DE ALGUMAS! NOJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Mariah disse...

Gente quanta falta de tolerância nestes comentários. Quer dizer que se eu não comungo da mesma opinião que vc eu estou errada Alessandro? Que isso! Acho que um espaço para comentários deve ser local onde podemos nos expressar. Dar nossa opinião SEM PRECISAR OFENDER NINGUÉM! Seja qual for a conclusão a que cada um de nós chegar! Não te julgo apenas por pensar de modo diferente. É extremamente contraditório falar em empatia e dizer que tem "nojoooo" de pessoas, apenas por elas se posicionarem contrariamente a suas colocações! Posso veementemente discordar de voçê, mas defendo seu direito de dar sua opinião seja qual for! Por mais TOLERÂNCIA!!!

Alessandro Araújo disse...

Volto a dizer: NOJO DA FALTA DE EMPATIA! Tudo bem a pessoa não gostar dos looks da mulher, pois ninguém é obrigado mesmo. Agora a falta de empatia e machismo julgando a mulher por conta do corpo dela é inadmissível, e isso é NOJENTO SIM! Isso não é ter opinião! Isso é apenas preconceito com o corpo de uma mulher! Isso é asqueroso julgar a criatura de vulgar, sexy e outras coisas, apenas por ela ter curvas! Não tenho que tolerar esse tipo de preconceito não, fia! Beijos e desculpe se a carapuça lhe serviu

Anônimo disse...

Mas Alê, eu sou uma das que não gostou, mas não julguei o corpo ... nem disse que estar inadequada pra certa ocasião significa estar vulgar.
Se vestir pra uma balada ou pra fazer ginastica, por exemplo, ou até estar de biquíni, não é estar vulgar, necessariamente. Mas os que não gostaram da forma q ela está são jogados no mesmo balaio e vc tem noooooojooooo de quem criticou, mas veja, nem tudo é machismo ou preconceito.... Os q gostaram dos looks dela já vem taxando assim quem pensa diferentemente

Alessandro Araújo disse...

Então. O nojo é sobre a falta de empatia e de machismo, mas não para quem apenas comentou não gostando dos looks

Anônimo disse...

eu hein.

Anônimo disse...

Se a escola não possui um critério estabelecido no que se refere a vestimenta dos professores, como uniformes por exemplo, cabe a pessoa ter bom senso na hora de escolher as roupas que irá usar para trabalhar. Estou estudando para ser professora, e com certeza EU jamais usaria roupas coladas e vestidos que possam gerar algum desconforto durante uma atividade com meus alunos. Sendo sincera, adoraria lecionar usando o bom e velho jaleco por cima da roupa, assim como meus professores usavam! Numa escola ou numa sala de aula, gostaria de me destacar não por conta do meu corpo ou beleza e sim por conta das minhas habilidades intelectuais e capacidade de transmitir conhecimento; beleza física e elegância são coisas tão secundárias, enfim... Ninguém tem o direito de julgar esta mulher, mas ter uma opinião contrária também é saudável num ambiente de discussão. A professora mencionada na matéria é quem tem que lidar com a repercussão que suas fotos geram e se ser reconhecida como "sexy" a afeta de alguma maneira dentro da profissão que ela escolheu. No final das contas, ninguém muda o fato de que somos diferentes e nossos pontos de vista são baseados conforme nossa própria realidade e experiência de vida.

Anônimo disse...

GENTE DO CÉU, a menina tá vestida da cabeça aos pés!Não há nadica de nada de indecente nela e ele é lindíssima sim!!
Agora essas super moralistas aqui me poupe!
Sou curvilínea e é mega difícil quem tem esse corpo usar algo que não pareça cair no "vulgar", as que estão reclamando devem ser muito insatisfeitas com seus próprios corpos... tsc tsc ou se acharem melhores por terem biotipo diferente...

Anônimo disse...

Tem nada a ver com indecência mesmo não. Tá tudo é em excesso, maquiagem, roupa, enfeites, saltão, desconforto e breguice.

Gabi disse...

Não achei a professora vulgar, achei as roupas inadequadas para uma prof de primário apenas pelo fato de que: quem consegue se abaixar para conversar com um aluno ou sentar no chão para ler uma historinha com aquele jeans da primeira foto ou saias? Agora, que ela tava sensualizando no espelho da escola, isso ela tava, sim.
O Ale anda nessa vibe de somente ele poder julgar, não tem um post dele sobre a Sabrina Sato que não tenha a palavra vulgar ou até mesmo piriguete, mas se você quiser considerar alguém vulgar, você é machista. Nojo dessa sua hipocrisia atualmente, Ale, sério, tá chato pacas.
Eu sou curvilínea também e não acho que as pessoas tenham achado a moça vulgar pelo corpo dela, mas sim por COMO as roupas ficam no corpo dela, o povo procura pelo em ovo só para conseguir usar suas palavras preferias: machismo, empatia e blá blá blá.

Anônimo disse...

Falo td Gabi!!! Já vi o Ale chamar muitas de piriguete, vulgar, etc, por causa das roupas, agora tá defendendo uma piriguete nata, com unhas e dentes??? Não entendi!! E realmente se a gente discorda da opnião dele, ele corta a gente na cara!!

Anônimo disse...

Nem achei vulgar, nada de indecente, como mencionaram. Ta muito é brega, excessiva no salto, na maquiagem, nos enfeites, no cabelão, nas roupas coladíssimas... Isso pra dar aula? Desconvortavel, desnecessario, desproposital.
Alê, fala a verdade, se tu ta em casa e a tua irmã passa desse jeito pra ir pra escolinha, tu nao ias dizer: vc vai assim mesmo?

Anônimo disse...

Eu acho roupa muito sexy. Gurizada nem presta atenção na aula.

Schmetterling disse...

Mil anos depois vou comentar, rsrrss.

Achei que ela esta linda com os looks. Considerei apenas dois como inapropriados pra sala de aula, a legging jeans com blusa curtinha e um vestido no meio da coxa. O resto esta bem OK.
melhor que muitas profs das minhas filhas que vão parecendo que estavam no meio da faxina e lembraram de dar aulas...
Eu tenho o mesmo biotipo dela e me visto assim. Chama a atenção? Claro. Mas os homens precisam aprender a serem respeitosos, educados e manterem o pinto quieto, isso se chama auto controle...

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs

As melhores peças com os menores preços para você.
Caso não esteja visualizando as imagens,acesse aqui
 
 
Duloren
Lançamentos Sutiãs Calcinhas Modeladores Diva Plus Size OQNV
Frete Grátis
Meu guia de lingeries
Chat Online
Central de Atendimento:
Para realizar qualquer troca de produtos, seja por causa do modelo, tamanho ou cor, não há custo adicional para a 1ª troca e a Duloren oferece um prazo de 30 dias após o recebimento do produto. Caso a nova peça seja de uma referência diferente da peça devolvida, será gerado um crédito no valor do produto a ser trocado para a realização de uma nova compra. Para saber mais, acesse Política de Troca ou Devolução.
Custo e Prazo de Entrega:
O frete é grátis para qualquer lugar do Brasil em compras acima de R$ 120,00.
Depois que o pagamento estiver confirmado, o envio do(s) produto(s) ocorrerá o quanto antes, mas o prazo depende de sua localidade. Para saber mais, acesse Entrega e Frete.
Formas de Pagamento:
As compras podem ser feitas em até 5 vezes sem juros em todos os cartões, com parcela mínima de R$ 30,00.
Trabalhamos também com outras formas de pagamento, como débito, boleto bancário e PayPal.

Sobre a Duloren:

A Duloren, líder de mercado em moda íntima no Brasil, fundada há 53 anos, tem um forte e consistente DNA que está baseado na produção de tecidos altamente tecnológicos com desenhos, rendas e elásticos exclusivos, acrescentado à tinturaria própria e à fabricação dos seus insumos. Para atender as mais diversificadas solicitações do mercado consumidor, a Duloren produz e comercializa hoje as marcas Duloren e Femmina.

Com capital 100%% nacional, produz cerca de 1,2 milhão de peças por mês. A Duloren orgulha-se de ser inovadora e estar na vanguarda da estratégia de mercado. Através de avançados planos de marketing, a empresa é reconhecida como pioneira da moda íntima, lançando coleções simultaneamente

Atenção:
Preços e condições válidas para a loja online da Duloren. As condições podem se alterar após o envio dessa mensagem.
Confira todas as informações sobre produto, preço, tamanho e cor antes de concluir a compra.
Caso haja diferença nos preços entre este e-mail e a loja online da Duloren, a condição válida e praticada será a da loja online. Os descontos são válidos durante o período de divulgação e dependem da disponibilidade de estoque.