RSSTwitter

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016


Revistas do Fim de Ano

O recesso do final do ano chegando, muita gente pegando a estrada ou o céu para festejar em outros destinos e, of course, para essas viagens você necessita de alguma distração, acaso não tenha um boy fogoso com a mala pronta ao seu lado pra te dar uma boa entretida...

Então, para tanto, o tio Alê irá te mostrar algumas das últimas capas do ânus de 2016, para que você possa escolher a que lhe convém, okay?


Na capa da Glamour, além de ficar toda contente que você poderá ter de volta uma cintura após as ceias, por conta da volta dos corsets à moda, também vai botar reparo que sumiram com os peitos da Maletícia da novela das nove.



Né?

CSI urgente para descobrir onde foram parar as mamas da Isabella!


A linda Fernanda tá super "Baywatch" na capa da VIP e diz que sensualidade é sentir-se confortável. Já eu acho que sensual mesmo é dar todo dia para aquele marido magya....



A pessoa saí da Recópia, mas a Recópia não saí da pessoa, né verdade? Além de ter voltado para a Globo, onde nobody sabia quem era ela e vão continuar sem saber por conta de estar no elenco de Flop Nascente, novela que ninguém sim porta, a mona ainda faz essa capa digna de álbum de figurinhas de "Os Mutantes - Promessas de Amor"...


Apesar de estar com a cara de "se foder, já foi hoje?", achei que a dona e proprietária do JN ficou bem sofisticada realness, assim toda trabalhada nas pérolas.



E falando em Flop Nascente, Antonelli, a atriz que você respeita, mas que vai repensar esse sentimento se ela inventar de trabalhar em mais uma trama cagada, abre o sorrisão sincero Estilo.



Sabe aquela cara de rica que você acha que tem? Agora compare a mesma com a naturalidade e beleza de quem realmente nasceu com a tal cara. Sacou o nadinha que você é, Creuza? Beijos




Momentinho "fãs de Ana Carolina" entre Nanda e Mariana, duas atrizes que já foram consideradas promissoras no século passado e até hoje eu não recordo nenhum personagem de ambas...




Achei a cor da Coutinho esquisita nessa capa.



Pra fechar com estandarte de ouro, temos o samba de Taís, eleita, com louvor, como "Mulher do Ano" da GQ, já que em 2016 o preconceito contra as negras, nesse país de sangue negro, infelizmente, reinou. E não tem melhor opção do que esse monumento de mulher se mostrando muito nua e muito cabelão crespo na capa. Pra mim, foi a melhor dessa leva de dezembro. D.I.V.A.


 

6 comentários:

Kelli disse...

Tirando a Camila todas estão bonitas mas Taís e Fernanda estão Divas

Anônimo disse...

O que falar da Aline e da Taís?
Cara, que mulheres!!

Cl. TL. disse...

Ai Ale que bom que vc leu meu post do face sobre os comentarios que estavam presos aqui rsrsrs.... e concordo com vc, Taís sambou com classe.

Alessandro Araújo disse...

Claudia Telles, eu que te agradeço novamente por me avisar. Beijos

chocolícia disse...

Cabelão à la Diana Ross ficou beautiful!
As duas abraçadinhas ficaram com os cabelos estranhos!
Colocaram uma boneca na capa da CLAUDIA?

Anônimo disse...

Alinne Moraes e Thais...que belas!!!Dá vontade de bater nas 2 de tao lindas...rs.Brinks!A capa da Antonelli ficou legal tb...minhas favoritas.A Fernanda Lima emagreceu demais depois q foi pra Globo.Na MTV,ela tinha um corpo mais curvilíneo.E ela mudou os dentes..tá c dentes de Willy Wonka.Maior decepção!!! :(

Postar um comentário

Apimente bem gostoso com o seu comentário, gostando ou não do que foi publicado, mas tente ao menos ser coerente e educado na opinião dada, visse? Eu não sou obrigado a escutar desaforos no meu espaço e te devolvo o baile com gosto de gás! rsrsrsrsrs