RSSTwitter

sexta-feira, 9 de junho de 2017


Pijama junino de Victoria Beckham

Amo essa tendência em usar roupa de dormir fora de casa. Mas amo mais por conta de achar que deva ser super confortável sair PORRAí de camisola, pijama, etc., do que realmente por achar que tudo nesse segmento seja cool.

Vejamos o exemplo do pijama enxadrezado que a chiquetérrima Victoria Beckham resolveu dar pinta ontem e constatem que o modelito estaria melhor utilizado em um arraial junino...




E vocês o que acham? É anarriè ou alavantu para esse look da Posh Spice?



quinta-feira, 8 de junho de 2017


Neyde cantando com a própria voz!!!!!

Eu não vou para um show de Madonna para escutar árias de ópera. Eu não vou para um show de Katy Perry para escutar árias de ópera. Eu não vou para um show de Beyoncé para escutar árias de ópera. Eu não vou para um show de Anitta para escutar árias de ópera. Eu não vou para um show de Simone e Simaria para escutar árias de ópera. 

Eu vou para esses shows é para bater cabelo nível pirocóptero e ralar o cooo no chão, meu irmão!!!!!




Então apenas STOP em ficar enchendo o saco que Neydinha Spears, única princesinha do POP e rainha de Vegas, é uma bicha muda, tá? Porque caiu na rede o áudio original do hino TOXIC e ela é, praticamente, uma Adele cantando sem autotune...






And aqui vocês recordam o vídeo icônico com o áudio que foi lançado, para comparação:




sábado, 3 de junho de 2017


Supermodel - Um filme descartável e desprezível

E lá fui eu todo animado com as novidades da Netflix no mês de junho, encontrando por lá um filme que tem um assunto que eu adoro que é moda, mas dei de cara foi com uma tremenda decepção...

Quando vi o título SUPERMODEL nem pensei duas vezes e já cliquei para assistir todo entusiasmado sem sequer saber se prestava ou não. Nem fotos, trailer ou sinopse fui catar! Os créditos foram uma grata surpresa. Pois pareceu ser um documentário legal, onde apareciam imagens de modelos badaladas como Gisele, Cindy, etc., com depoimento de uma senhorinha fashion que parecia ser do métier. Ledo engano...



Assim que findaram esses atrativos créditos, o filme começou e veio a über decepção... Decepção que foi traduzida em uma trama para lá de clichê (moça pobre tentando vencer na carreira de modelo, que ela nem queria, tendo uma mãe problemática a tiracolo), com atores amadores, cenários, ambientação e figurino brega, nada condizentes com o assunto. Nem mesmo a presença do deus grego Tyson Beckford foi motivo suficiente para acompanhar o restante dessa trama brega. Parei na metade e não pretendo continuar jamais! Só queria que alguém me contasse se Tyson aparece pelado...




Portanto, você que preza assistir algo realmente bom e curte o assunto moda, fique bem longe dessa porcaria! Lá mesmo na Netflix, clicando na tag documentários, tem algumas coisas maravilhosas de se ver, como por exemplo IRIS, THE SEPTEMBER ISSUE, CASABLANCAS e outros tantos. Sem precisar que você perca seu tempo com esse engodo.




Mademoiselle Chanel, Saint Laurent, Cristóbal Balenciaga, Jeanne Lanvin, Pierre Balmain, Guccio Gucci e Christian Dior agradecem!